União arrecada no RS o dobro do que arrecada o governo do Estado

O governo federal arrecadou R$ 4,9 bilhões em julho no RS.; O valor representa o dobro do que arrecada o governo estadual para si mesmo.

7 comentários:

Anônimo disse...

E DAI O GOVERNO ESTADUAL COMEÇOU UM CAMPEONATO COM AUMENTO DE IMPOSTOS PARA PASSAR A ARRECADAR MAIS QUE O GOVERNO FEDERAL ??????

OS CUSTOS DO GOVERNO FEDERAL SE ASSEMELHAM AOS CUSTOS DO GOVERNO ESTADUAL ????

ISSO É PARA SATISFAZER O EGO, E MANIPULAR PARA PASSAR OS AUMENTOS PROPOSTOS NA ASSEMBLEIA ESTADUAL.

AUMENTA LOGO SARTORI > MAS PENSE BEM, NÃO VENHA DEPOIS DIZER QUE O CAIXA ESTÁ ZERADO E QUERER PROPOR MAIS ALGUM AUMENTO. O GOVERNO ESTÁ APENAS COMEÇANDO, ESPERAMOS QUE AS "CONTAS" ESTEJAM CORRETAS.

BEM ISSO DEVEMOS VER NO ANDAMENTO DO PEDIDO DO DR. DA CAMINO. > ESPERAMOS <

Anônimo disse...

OK, PERFEITO > AGORA POLÍBIO ABRAS AS RUBRICAS DESTA ARRECADAÇÃO.

SE TENS OS VALORES, TENS TAMBÉM OS CÓDIGO DE RECOLHIMENTO.

ENTÃO PASSE PRA NÓS, LEIGOS, PARA PODERMOS ENTENDER PRA ONDE VAI O DINHEIRO.

Anônimo disse...

Tem alguma coisa errada nessa calculo porque o imposto mais caro do Brasil é o ICM, ou seja, imposto dos Estados. Os impostos arrecadados pela União é para garantir, por exemplo, a aposentadoria das pessoas com mais de 65 quw nunca contribuiraram, ou para os agricultores, que também nunca contribuíram, ou para os dementes, que também nunca contribuiram, no último caso, constado que a pessoa tem problema mental é aposentando, independente de idade. E por fim, a União garante a aposentaria de todos os trabalhadores regido pela CLT. É muita gente.

Lucaspsb disse...

LACRA 13! DILMÃE MOSTRANDO SEU "AMOR" PELO RS CAPENGA!

SE passar o aumento de impostos, vamos proibir novos concursos! Chega de inchaço, concurso apenas para substituir servidores exonerados ou aposentados.

Emmanuel disse...

E é assim no país inteiro, inclusive nos estados de produção mais modesta.
Não se trata de questão envolvendo governos de Estados e União - porque, a rigor, ambos querem e enfiar as mãos nos bolsos dos contribuintes -, a questão central é que está mais do que na hora do povão brigar para acabar com esse verdadeiro Estado Absolutista de que se traveste a União, Estados e Municípios, arrancando tudo o que podem do contribuinte e, de regra, levando para Brasília e capitais, onde o critério de distribuição e a conveniência e a subserviência.
Em resumo: o Brasil precisa de uma revolução ... também contra os tributos, seja, federais, estaduais ou municipais.
Sem que isso seja feito, por certo que muita gente vai querer deitar a mão nesses cofres ....

Anônimo disse...

IR,IOF,IPI,FINs,COnfins e mais uns 48 impostos vão para Governo Federal,ou seja,em torno de 60%de tudo que é arrecadado no país. Agora, tem Estados que arrecada muito pouco para Uniao e rece até dez vezes mais para seu desenvolvimento e tem Estados que recolhem muito Imposto para p Governo Federal,União e recebe muito pouco de retorno,ex:Sao Paulo que envia em torno de 300 bilhões anuais para a União e recebe em torno de 20 bilhões de volta.

Anônimo disse...

Errado anonimo das 11:43 o IR do Funcionário público Municipal fica no município, do Funcionário público Estadual (judiciário, MP, Legislativo, TC, etc) fica com o Estado, inclusive SP. Com a união ficam o IR de seus funcionários públicos da União e CLT. Muitos impostos arrecadados pela união são distribuídos para os Estados e Municipios.