TJ-RS abre mão de R$ 1 bilhão de juros dos depósitos judiciais usados pelo Governo

Além disto, o governo vai propor a elevação de 85% para 95% o total possível de saques de depósitos judiciais, o que lhe permitirá botar a mão em R$ 1 bilhão suplementar.- 

Conforme informou ontem o editor, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul aprovou a proposta pela qual abrirá mão de 50% do excedente dos juros dos depósitos judiciais sacados pelo governo nos próximos quatro anos. A medida deverá auxiliar o Governo do Estado a enfrentar a crise financeira, com a possibilidade de obter mais recursos para pagar salários de servidores e manter a máquina pública.

Os desembargadores que integram o Órgão Especial iniciaram a sessão extraordinária por volta das 18h desta quarta-feira.

Serão R$ 190 milhões este ano; R$ 296 milhões em 2017; R$ 265 milhões em 2017 e R$ 293 milhões em 2018.

O projeto irá para a Assembléia. 

11 comentários:

Anônimo disse...

VIU, TUDO PARA NÃO PRECISAR "ABRIR" AS CONTAS COMO PEDIU O DR. DA CAMINO.

Anônimo disse...

Caro Políbio > tens o resultado da grande operação contra "sonegadores" efetuada ontem ?

Anônimo disse...

Políbio,

Estão pensando única e exclusivamente no "seu" no dia 30 de cada mês.

Estão contribuindo para perpetuar os erros acumulados nos últimos 40 anos.

O nome disto é:

RISCO MORAL - continuar no erro que causou prejuízo no passado.

Antídoto para RISCO MORAL: - Sabe quando o Gerente do banco NEGA a rolagem da dívida?? O devedor fica furioso, mas começa a corrigir seus erros!!

Parabéns ao Judiciário por "enterrar" o RS mais um pouquinho!!

JulioK

Anônimo disse...

Bom dia Políbio,
Cláudio Humberto. Diário do Poder.
PERGUNTA NO GOVERNO
Por que a Marcha das Margaridas, bancada com quase R$ 1 milhão do contribuinte, pode ocupar a Praça dos Três Poderes, o Estádio Mané Garrincha e o plenário do Senado, mas os protestos contra Dilma, não?

A resposta é: já vivemos numa DITADURA PETISTA BOLIVARIANA. Mas vai demorar um pouquinho para tomarmos consciência disso.

Anônimo disse...

Vamos esperar que a Assembléia Legislativa faça algumas ações para ajudar o Executivo nessa difícil situação financeira. Exemplos: Eliminar a quantidade de CCs; Diminuir as viagens de deputados em missões em qualquer parte do mundo, incluindo-se o Mercosul; Reduzir as verbas de gabinetes, evitando pagar funcionários sem o respectivo trabalho ou repasse de valores para outros que não sejam os CCs.....e por aí vai.....Talvez não salve o RS, mas já representa muita vergonha na cara.....

Anônimo disse...

Algo está errado. O dinheiro dos depósitos judiciais que não pertence ao Judiciário são emprestados pela taxa Selic. É muita audácia do Judiciário com a complacência dos vagabundos e incompetentes deputados que aprovaram em 2004 esta lei. Agora o Judiciário banca o bonzinho com um dinheiro que não é seu abrindo mão de 50% da taxa Selic (14,25%). É muita audácia e nada se faz. Vamo bora gauchada incompetente e covarde!!!

Anônimo disse...

Sou um crítico deste Judiciário nababo,Nabucodonossor,Nabopolassar,e algos mais,que nunca está contente,semelhante ao filinho de papai rico,
que abastece sua insaciedade com dinheiro público com 'AUXÍLIOS'isso e aquilo,os títulos mais diversos,que envergonha Yussef do Petrolão.
Mas hoje pego na caneta para elogiar e reconhecer a nobre atitude do Judiciário.O que aconteceu?acho que foi o clamor da sociedade.Eles ficaram com vergonha,acredito.Afinal eles moram na torre do castelo,e por certo houviram algum grito.
Esperemos agora,que a Assembléia faça o mesmo,crie vergonha na cara assim como fez o Judiciário,e reduza as vergonhosas facilidades e transações obscuras.

Lucaspsb disse...

QUE VERGONHA, UM ESTADO QUE SÓ PAGA SALÁRIOS! PARABÉNS TARSO GENRO, OU, MENINO MIMADO DO RJ!

CHEGA DE SUSTENTAR BARNABÉS E MARAJÁS, DANDO VIAGEM TODO FIM DE ANO PARA A DISNEY, EUROPA E O ESCAMBAU, ENQUANTO FALTA EDUCAÇÃO, INDÚSTRIAS, INFRAESTRUTURA, SAÚDE E SEGURANÇA PARA QUEM SUSTENTA ISSO!

BASTA! Queremos um estado enxuto e eficiente, SEM PARTIDOS COMUNISTAS EM NADA, colocamos o gringo lá para plantar uma semente de mudança, isso aí vai aumentar a dívida do Estado com o Estado! Vamos garantir o peixe para as prefeituras ano que vem boicotando essa gente.

VOLTA YEDA E AOD!

Anônimo disse...

isso ai ajuda por uma lado e toma pelo outro ,ou seja,esta grana vai acabar retornando ao judiciário via aumento do gasto fixo,espertos,mas esta gauchada é muito trouxa,quer tudo publico ,tudo estatal,elege historicamente estes governos gastadores,e acha que o serviço publico tem custo zero e que são os ricos que devem pagar esta conta.

Anônimo disse...

Interessante.
Quando no judiciário,se recebe valores depositados,esses são pagos corrigidos pelo IGP-M.
Mas eles emprestam o mesmo dinheiro (o dos depósitos judiciais)ao governo,corrigidos pela Taxa Selic.
Quem recebe a diferença?por que não pagam Selic também para o credor,o
verdadeiro dono do dinheiro?
isso faz-me lembrar do juiz Barbosinha,que denunciou financiamento de moradias para juízes,inclusive na praia,com dinheiro das partes,a juros módicos,e foi "aposentado".
Só psiquiatra resolveria definitivamente a moradia do judiciário agora com o auxílio.

Anônimo disse...

BAH! E eu pesava que os RENDIMENTOS deste dinheiro de litígios privados tivesse dono?

NOSSA, tem gente da lei me roubando, ou não?!