Governo Dilma transformou o RS em praça de guerra. PRF, PF e FNS prendem e arrebentam grevistas no Estado.

O governo federal do PT transformou o RS numa praça de guerra e repressão, usando violência extrema, como se vê na capa do Correio do Povo de hoje (ao lado). Está na hora do governo Sartori retirar suas tropas da Força Nacional de Segurança, usada ao lado da PRF e PF para prender e arrebentar grevistas, o que não fazem quando MST e black blocs quebram tudo nas estradas - O governo do PT não defende mais a tese de que greve não se resolveu à bala, porque ontem a noite usou a força bruta, inclusive armas de fogo e algemas para prender grevistas em Camaquã, que virou praça de guerra, algo jamais visto na cidade. Apesar da repressão, os protestos de caminhoneiros ainda ocorrem no Rio Grande do Sul pela segunda semana consecutiva. Na manhã desta terça-feira, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) contabiliza 15 pontos onde são registradas manifestações da categoria nas rodovias federais do Estado. A PRF informou que em seis locais não há interdição da pista, apenas a presença de manifestantes. 

Nessa segunda-feira, subiu para 20 o número de pessoas detidas em protestos de caminhoneiros nas estradas do Rio Grande do Sul

Em Camaquã, após carreata pacífica à tarde com participação de agricultores pelo Centro do município, o confronto começou no entroncamento da BR 116 com a avenida Loureira da Silva. O tráfego foi interrompido por duas vezes e o local virou cenário de enfrentamento, que seguiu até as 21. No local, duas pessoas foram presas. 


Com os ânimos exaltados devido a presença da tropa de choque da PRF, manifestantes atiraram pedras e foguetes e os policiais mandaram balas de borracha e gás lacrimogênio. Os manifestantes acusaram os soldados de terem iniciado as agessões. "

34 comentários:

Anônimo disse...

Eu sempre ouvi dizer que este tipo de repressão era coisa da ditadura!

Anônimo disse...

e esses coxinhas vão apanhar mais ehehehe

Carlos Flávio disse...

Para o PT, movimento social, é aquele sob seu jugo, qualquer outra forma de protesto, configura crime contra o Estado de Direito. O exemplo do MST, é o mais categórico. Passou da hora de darmos um basta a este movimento bolivariano.

Anônimo disse...

Caro Políbio: é muito fácil ficar sentadinho em casa, na capital, apoiando a causa destes baderneiros. Agora, vai ficar sem gasolina no teu carro, sem alimento na tua casa, sem gasolina na tua cidade, e quero ver o que tu acharias disto. E o pior: vai negociar com quem? Quem é o líder? Pacífica? A manifestação é tão pacífica que um caminhão "furou" a manifestação, e o pessoal, de Jetta, saiu atrás dele. Vem para o interior e veja o que o pessoal que precisa trabalhar e estudar está passando.

Anônimo disse...

PaTifarias só contra os outros.
A favor da canalha todas as benesses e nenhuma repressão.
UM DIA A CASA CAI.................E VAI CORRER SANGUE DE TODOS OS LADOS.
A história ensina que só desta maneira se resolve uma merda deste tamanho

Anônimo disse...

Esta FNS (Força Nacional de Segurança) é um istrumento de repressão própria dos regimes totalitários. Trata-se da mesma concepção da FNB (Força Nacional Bolivariana) da Venezuela que recentemente assassinou um estudante de 14 anos.
Isto faz parte do Projeto de Poder do PT (partido Totalitário). Tudo começou com o desarmamento da população. Na sequência a criação desta FNS.
O que eles ainda não conseguiram foi, sob o falso argumento de melhor combater o crime, juntar sob um comando único nacional as polícias estaduais. Quando isto acontecer estaremos completamente subjugados.

Anônimo disse...

Vejam este link. Aí, na capital, com tudo, fica fácil apoiar o movimento: http://gaucha.clicrbs.com.br/rs/#noticia-aberta/aulas-sao-suspensas-em-3-municipios-do-sul-do-rs-por-falta-de-combustivel-131812.html

Chega, vamo trabalhar!

Anônimo disse...

Isto faz parte do Projeto de Poder do PT (partido Totalitário). Tudo começou com o desarmamento da população. Na sequência a criação desta FNS.
O que eles ainda não conseguiram foi, sob o falso argumento de melhor combater o crime, juntar sob um comando único nacional as polícias estaduais. Quando isto acontecer estaremos completamente subjugados.

Clóvis A. Cervi disse...

Por quê será que aqueles que são contra o movimento se identificam como 'anônimos'? Por quê não escrevem seu nome? Medo de alguma coisa? Vergonha de defender um governo sujo como este? Por quê? Por quê? Quando a baderna é3 feita pelo MST, Cut et caterva, qual a atitude do governo? Tratamento com luvas de pelica. Quando é o povo trabalhador, ferro (e bala) neles, não é?

Anônimo disse...

Polibio isso esta virado numa palhaçada. Varri na internet os sindicatos de caminhoneiros e surpresa, tem mais sindicatos do que piranha na volunta. Um fala mal do outro, uns são filiados a Cut. Um diz que fulano não representa a "catigoria". Ou seja uma esculhambação. Tem um monte de "lideranças" que não se entendem entre si. Afinal o que ele querem? nem eles sabem.
joel

Anônimo disse...

Para o anônimo BOBALHÃO DAS 9:17HS.

Não sou caminhoneiro, mas se fosse usaria o cavalo mecânico em minha defesa.

Você chama de coxinha branca, quem trabalha, mas quem rouba milhões do Brasil são teus comparsas do políticos, principalmente teu chefe LULA, um "BOSTA" que não se deu conta que não é e nunca foi nada na vida (vira-lata ele é) e que ameaçou colocar o exército do MST com seu General Stélide, na defesa dos interesses do PT.

Olhe o besteirol que o LULA falou na ABI.

Anônimo disse...

A manifestação foi de toda a sociedade camaquense não somente de grevistas e caminhoneiros o comercio fechou as portas!!! o sentimento de ser extorquido por um governo corrupto, gastador e improdutivo as custas do trabalhador deve ser enfrentado infelizmente tem gente que ainda da sustentação a toda esta podridão deste governo...

Anônimo disse...

Anonimo petralha Rambo dos teclados 09:17 estou em SP, sou coxinha e quero apanhar de petralhas... Vc esta a fim de me encarar? Ou a mortadela serve so pra coisas online?

Palhaco.

Anônimo disse...

Mas não é o governador quem deve pedir a força de segurança nacional, será que pediu e não falou para a população.
Pode ter combinado tudo n`aquela inauguração eólica lá. Será ?

Anônimo disse...

Eu sou contra o movimento, sou contra o MST, não sou partidário, muito menos petista. Sou trabalhador e anonimo. E daí? Posso ser anomino neste espaço. Posso! E daí caro Clovis Cervi, o que tu tem que ver com isto?

Anônimo disse...

Dilma e policias são 'machos' com os camioneiros e cidadãos. A covardia aparece de forma clara quando surge MST, MSTS, CUT. Por que essa turma pode, mesmo sendo sustentada/vivendo às custas de impostos, depredarem e serem acariciadas por policiais e governo. Falta vergonha na cara de ambos!

Emmanuel Carlos disse...

Venho alertando que isso aconteceria, e não é de hoje!
O sonho do governo é ter uma força nacional; bem por isso, é bom que os governadores da oposição retirem já os policiais de seus estados envolvidos com a FNS; e mais, esses governadores precisam desautorizar a presença da milícia em seus estados: é um acinte ao regime federativo.
Por oportuno: o senhor Luiz Inácio fez apologia à violência e precisa ser denunciado, de verdade! É um instigador do crime e da violência, e precisa responder por isso; CLARO ... SE O PT e o MST AUTORIZAREM AS AUTORIDADES A FAZÊ-LO.

Anônimo disse...

Sou a favor do desbloqueio de qualquer via pública, não interessa se é tratoraço de agricultores, manifestação de sem-terras ou protesto de caminhoneiros. A história desse movimento está muito mal contada. O aumento nos custos vai estourar no consumidor final, ou eles vão arcar com o prejuízo sem repassar os custos? Na minha opinião, a grande revolta deles é com a limitação no número de horas na direção.
Sandeman

Anônimo disse...

Podem me chamar do que quiserem, mas eu jamais pararia em uma estrada deserta se fosse ultrapassado por um carro e um desconhecido abrisse os braços no meio do caminho. Lamento pelo rapaz que morreu, mas o motorista tinha todo o direito de achar que era um assalto, ou que seria vítima de violência. Defendo o direito de manifestar-se tanto quanto o de não participar do movimento.
Sandeman

Anônimo disse...

Parece que apedrejaram mais caminhões tanque na BR 392 em Rio Grande. E as cidades paradas! Fora baderneiros!
PS: Posso ser anomino neste espaço, e não apoio o MST e nem o PT.

Anônimo disse...

A Força Nacional de Segurança não é milícia, é formada pelas tropas mais preparadas das Polícias Militares, portanto são militares, com uniforme e patente, portanto força auxiliar e reserva do Exército (Constituição Federal, art. 144).
Sandeman

Anônimo disse...

Estamos sob ditadura, obrigado Lulla, obrigado Dilma e a todos os canalhas e idiotas que colaboram para isto

Anônimo disse...

Obrigado as esquerdas "libertárias" pela ditadura. Vai e na Rua, no super a todo petista conhecido, principalmente se for político!

Anônimo disse...

Clovis A Cervi, é isto que tu apoia: http://gaucha.clicrbs.com.br/rs/#noticia-aberta/caminhoes-de-combustivel-sao-apedrejados-na-br-392-no-sul-do-rs-131916.html. Pelo jeito tu é que é ptista apoiador do MST: gosta de baderna!

Anônimo disse...

Clóvis Cervi, eu sou anônimo mas luto contra a quadrilha do PT. Quem tem c_ tem medo. A perseguição feita pôr estes meliantes é rasteira. Estes caminhoneiros estão levando nossas esperanças nas costas.

Anônimo disse...

tem um individuo desesperado porque não tem gasolina para colocar no carro...ahaha

é o fim da picada...

o país pode explodir e ser roubado aos montes, só não pode é faltar gasolina no tanque do carrinho dele...

esse é o país do bloco do "eu sozinho"...

por isso é essa imensa m...que se vê.

Anônimo disse...

Correto Sr. Sandeman as 11:20, mas devemos lhe clarear os fatos.

Os superiores desta Força Nacional de Segurança são da QUADRLHA!

Quando esta Força Nacional for ativada da mesma forma contra o MST, Sindicalistas e outros arruaceiros, então mudaremos de conceito sobre Ela.

Também seu comentário das 11:17 está equivocado. A estrada não estava deserta e o matador sabia que iria ser novamente pedido para parar, pois que o veiculo do motorista morto ultrapassou o caminhão com sinais e buzinaço.

Anônimo disse...

Dia 15 de março tenho certeza que o Sartori vai colocar o mesmo policiamento que colocou no grenal para proteger seus eleitores contra as milícias petistas. Tem que revistar todos que tiverem mochilas ou volumes.

Anônimo disse...

É obrigação de todo democrata vaiar políticos de esquerda onde estiverem para tirá-Los da zona de conforto, afinal se eles ppodem até nos roubar, o mínimo que devemos fazer é vaiá-los.

Anônimo disse...

No protesto em Pelotas a maioria das pessoas presas, acusadas de vandalismo não eram caminhoneiros. Já apareceram os infiltrados tipo "black block" pra fazer baderna e queimar a legitimidade do movimento.

Anônimo disse...

O raciocínio do amigo das 12h47 é o mesmo de quem diz que corrupção sempre existiu. Só porque foi feito errado em outro momento, devemos persistir no erro? Sou totalmente a favor da utilização das forças repressivas contra movimentos que intefiram com o direito de ir e vir da população. Protestem, buzinem, estacionem onde queiram, mas deixem passar quem quiser passar, mesmo que seja outro caminhoneiro. Sempre fui contra piquetes. Se a greve não vier da consciência do grevista, qual o sentido? Parar porque está sendo obrigado, muitas vezes de forma violenta? Tem gente botando gasolina na fogueira que vai se arrepender logo ali adiante. Esperem para ver. Aliás, pelo que vejo os caminhoneiros estão defendendo as suas causas. Por mais legítimas que sejam, não justificam tratá-los como heróis (talvez heróis de sua categoria, admito) nem autorizá-los a violar a ordem e impor a violência. Sou contra a baderna, venha de onde vier, seja contra quem for. Só quem sofre é a população comum.
Sandeman

Anônimo disse...

Libera o rebite e a direção com chinelo de dedo que eles voltam a trabalhar.

Anônimo disse...

Essa notícia não é da Venezuela?Será que já chegou aqui.

Anônimo disse...

No comentário das 12:47 não disse ou raciocino sobre corrupção histórica, estais equivocado novamente, Sr. Sandeman!

Estamos falando da atualidade.

A população não foi bloqueada, sua passagem foi permitida, os caminhoneiros bloquearam apenas os seus colegas. Pressão é válida, se passa um passa o resto, do contrário a greve não existirá. Afinal, SINDICATO no portão da fábrica também faz piquete.

O resto do seu texto mistura tudo, quanto a frase que concordo, mas que tenha que ser DITA PARA A DILMA e o PT/LULA:
"Só quem sofre é a população comum"

Caminhoneiro vem desta "população comum", que saibamos não faz concurso, apenas prova para dirigir veiculo e assim sustentar sua família.
Saudações! Ao Sr. Sandeman