Reportagem de capa de Veja diz que governo Dilma ameaça o Plano Real

A reportagem de capa de Veja deste final de semana, intitulada "As ameaças ao Real em seu vigésimo aniversário", avisa que a derrota da hiperinflação reordenou a economia brasileira e foi o pontapé inicial de uma nova fase de prosperidade. Duas décadas depois, no entanto, esse avanço corre riscos

. Leia a reportagem a seguir do repórter Giuliano Guandalini:

As ameaças ao Real em seu vigésimo aniversário

. Em 1994, a seleção brasileira entrou em campo, na Copa dos Estados Unidos, sob o estigma de nunca ter vencido um título mundial desde 1970. No dia 17 de julho, com a vitória suada sobre a Itália, nos pênaltis, o time provou que era possível conquistar a taça novamente, mesmo sem ter Pelé vestindo a camisa 10 — afinal, todas as outras conquistas haviam sido obtidas com a ajuda decisiva do melhor jogador de todos os tempos. Mas as atenções dos brasileiros não estavam, na época, concentradas apenas nos gols de Romário e Bebeto. No dia 1º de julho de 1994, entrou em circulação o real, a nova moeda brasileira. Para o futuro do país, havia então um estigma extremamente mais importante a ser superado. O desafio era derrotar, de uma vez por todas, a hiperinflação, o maior mal pelo qual passou a economia brasileira em sua história.

. Os prognósticos de sucesso do Plano Real, que completa agora vinte anos, não eram dos melhores

LEIA MAIS, clicando no link. 

18 comentários:

Anônimo disse...

Alguém aí ainda acredita na Veja?

Anônimo disse...

Comparem os indicadores de um governo com o outro e me digam qual é o melhor. Essa eleição será a mais fácil dos últimos tempos. O jogo já está jogado. E será uma goleada.

Anônimo disse...

Infelizmente o PT liquidou com todas as conquistas alcançadas ao povo brasileiro.Fora governo Dillma!

Anônimo disse...

O maior azar do Brasil foi ter caído nas patas dos petralhas logo após a estabilização econômica. Lembro que havia um grande clima de otimismo no fim da era FHC, quando diziam que seríamos o Canadá da América do Sul. E podíamos ter sido, mas vieram os sindicalistas, pelegos, bandidos e outros membros da religião marxista/bolivariana e a única coisa que fizeram foi dividir o país em classes antagônicas, aparelhar estatais e roubar/superfaturar enlouquecidamente. Agora vem a conta e a ressaca dos 12 anos perdidos nas mãos desses canalhas. Tempo desperdiçado em que as oportunidades surgidas com a crise internacional não foram aproveitada para criar aqui um polo industrial e exportador que aliado com a facilidade para a produção agrária teria gerado grande riqueza para distribuir a todos os cidadãos via mercado, e não esmolas estatais. Assim como um cavalo que quebrou a perna, o Brasil nunca irá se recuperar plenamente da era da mediocridade capitaneada por Lula e seus comparsas, infelizmente.

Anônimo disse...

a direita bagaça está desesperada e eu aqui rindo do desespero só esperando ganhar mais uma eleição...e ver a úlcera deles babando de raiva ehehehe coxinhas, coxinhas ehehe

CARLOS SGARBI disse...

E a revistinha do Cachoeira traz alguma ipiniaosinha do Arruda? Poia vc lembra, ne edior, que a revistinha do Cachoeira "vendia" o Arruda, do DEMOs, como o GESTOR do Brasil? Entao, ja que nao colou o APAGAO, nao colou NAO VAI TER COPA, nao colou o CAOS NOS AEROPORTOS, enfim, nao colou nehuma destas besteiras que vcs escrevem, seria bom OUVIR E LER O ARRUDA.

Anônimo disse...

Atá. Ameaçou o plano Real com a inflação sob controle, sem dívida no FMI, crescimento na média de 2,5% ao ano, ém tempos de crise mundial?

Na crise Mundial, a época de FHC a inflação passou dos 2 dígitos, o Brasil não crescia e vivia fazendo empréstimo no FMI.

Anônimo disse...

FOX fez um pessimo governo desnacionalisou ainda mais a economia .Somente uma elite com baixa autoestima e sem projeto propio pode gostar do Fernando Henrique .

Anônimo disse...

Se os petralhas continuarem no governo, com certeza, mais adiante eles tentaram acabar literalmente com o Real, eles não suportam ouvir falar mais em plano Real e que a moeda vingou e prosperou! Depois que o País for comunizado de vez, vão propor outra moeda para o Brasil, provavelmente o peso Bolivariano com a estampa do Fidel fumando charuto, para transforma-la na moeda forte (putz) da América Comunista Bolivariana! Não duvidem!

Anônimo disse...

Esse idiotas patrulheiros petralhas nunca vão entender que a economia funciona a médio e longo prazo. Também, isso já é é pedir demais para um bando de débeis mentais desclassificados como alguns dos comentaristas acima.

Anônimo disse...

Ironico, e tragico, é que um dos criticos petistas do plano real é hoje o ministro da fazenda da contabilidade criativa.

Anônimo disse...

Só para lembrar os elementos do blog, o Brasil não é um oasís, a crise é mundial, mesmo assim o Brasil está suportando graças as estatais (para controlar preços) que não deu tempo para FHC, do PSDB de aécio, alkmin, serra e yeda PRIVATIZAR.

Anônimo disse...



O DESMANCHE DA ECONOMIA NO BRASIL COMEÇOU COM O ALI BABÁ, NÃO PRECISAMOS DIZER MAIS NADA.

Anônimo disse...

VAMOS CONVOCAR OS "ANÔNIMUS" PARA FAZER UM GRANDE PROTESTO NACIONAL NO ÚLTIMO DIA DA COPA, 11/JULHO, CONTRA A CORRUPÇÃO,
IMPUNIDADE,
INSEGURANÇA
E INCOPETÊNCIA
Roberto Pereira

Anônimo disse...

O ANONIMO DAS 16:53 É ignorante OU ptralha, ao dizer aqui que não temos divididas. Também não sabe o que é o FMI e seu trabalho junto aos países.


Anônimo disse...

Sempre desconfiei que a ultra direita está por tras dos bleck bocó anonimo das 12:52, mas vão apanhar quenem bixo da PM, em especial a de SP, cujo Comandante Chefe é o Geraldo Alkmin, do PSDB de aécio, fhc, serra e yeda.

Anônimo disse...

A alemanha, eua, uk e outros paises tambem passam a crise bem por causa das estatais...

Anônimo disse...

Incopetência em Português também vale?