Mudança do indexador das dívidas dos Estados com a União passa em comissão do Senado

Estamos muito próximos de uma grande vitória para o Rio Grande do Sul", destacou o governador Tarso Genro nesta quarta-feira, após um dia inteiro de negociações no Senado Federal. Em função de um acordo estabelecido entre governadores, senadores e o Governo Federal, as Comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado derrubaram todos os entraves que emperravam a votação do projeto de renegociação das dívidas dos estados com a União.


. Aprovado por unanimidade, a proposta está pronta para ser apreciada no plenário e ser encaminhada para a sanção da presidenta Dilma Rousseff

Um comentário:

edsonworld disse...

A previsão de votação no plenário do Senado é para, após o 2º turno, se houver, das eleições. Ou seja, na pior das hipóteses, nenhuma novidade deste assunto até a primeira quinzena de novembro. Outras hipóteses que podem imperrar esta votação: aumento da inflação, manifestações populares, resultado da eleição e até mesmo, há quem aposte nisso, a derrota da seleção brasileira na copa do mundo.