A marca da ruína imposta pelos governos do PT na Petrobras vai durar

Transformada em braço do partido , instrumento de política econômica e foco de corrupção, a empresa resistirá à gestão petista, mas vai demorar para recuperar a excelência.

. É o que escreve hoje a revista Veja. 

. Leia a reportagem de capa:

DEU NO QUE DEU - A refinaria, no Texas, e o ex-presidente Gabrielli: análise do TCU revela que a diretoria não calculou custos básicos embutidos no negócio, assumiu todo o risco sozinha e pôs a estatal nas mãos dos belgas    
DEU NO QUE DEU - A refinaria, no Texas, e o ex-presidente Gabrielli: análise do TCU revela que a diretoria não calculou custos básicos embutidos no negócio, assumiu todo o risco sozinha e pôs a estatal nas mãos dos belgas      (Sérgio Lima/FOLHAPRESS)

Mais que um retrato a óleo do Brasil, a Petrobras sempre foi o orgulho de todos os brasileiros. Não apenas mais um daqueles símbolos ufanistas sonoros e coloridos, de aves que por aqui gorjeiam e verdes inigualáveis, mas como ponta de lança do progresso, exemplo de meritocracia, laboratório de alta tecnologia, carreira dos sonhos dos jovens mais brilhantes e indutora do crescimento econômico. Há onze anos essa complexa e bilionária estrutura funciona sob o comando do PT, partido no governo, que detém o controle executivo e gerencial da empresa. Nem o mais ardoroso militante petista pode, em sã consciência, afirmar que a Petrobras está em melhores condições agora do que antes de 2002. Não há lente ideológica capaz de produzir hoje uma imagem animadora da Petrobras.

O consenso dos analistas da indústria petrolífera é que a Petrobras está soçobrando sob a bateria de abusos de que vem sendo vítima. É consenso também que o potencial da Petrobras é tão grande que, deixada em paz pelo governo, em pouco tempo retomará a trajetória que fez dela, no auge, uma das empresas petroleiras mais valiosas do mundo. Mas abusaram do aparelhamento político da Petrobras, transformando-a em uma fonte de escândalos de corrupção. A Petrobras foi feita de ferramenta para tentar corrigir erros absurdos de política econômica, sendo obrigada a amargar prejuízos bilionários para segurar os preços do diesel e da gasolina nas bombas e, assim, mascarar a inflação. O resultado é desastroso para a empresa e para o Brasil. Se não tivesse sido submetida a esse sacrifício, teria cumprido seu bilionário plano de investimentos, responsável por 1% do PIB brasileiro. As reportagens que se seguem narram histórias relacionadas a essa lenta demolição — que precisa ser estancada logo.    

O PLANO ERA ENRIQUECER
O vice-presidente da Câmara, o petista André Vargas, e o doleiro Alberto Youssef, operador da quadrilha que atuava na Petrobras, associaram-se para fraudar contratos no governo — e, juntos, ganhar uma fortuna
O CLUBE DOS CORRUPTOS
Para fazer negócios com a Petrobras, empresários precisavam pagar pedágio que variava de 300 000 a 500 000 reais
AÇÃO ENTRE AMIGOS
Em depoimento, o mensaleiro Marcos Valério revelou que a Petrobras foi usada para financiar negócios do PT
FEITO PARA DAR ERRADO

Documento do TCU mostra que o contrato de aquisição da refinaria de Pasadena..

CLIQUE AQUI para ler mais. 

7 comentários:

Anônimo disse...

Falei e vou falar novamente: o que vcs esperavam do pt, afinal?

Anônimo disse...


42 milhões nada, Astra pagou quase US$ 500 milhões por Pasadena

Miguel do Rosário

As coisas vão ficando mais claras.

As últimas informações de que dispomos já nos permitem uma avaliação mais precisa sobre o montante investido pela Astra para iniciar suas operações na refinaria de Pasadena. Alguns dados já eram de domínio público. Mas faltavam algumas peças no quebra-cabeça. Por exemplo, quanto a Astra havia pago pelos estoques de Pasadena, quando iniciou o processo de aquisição da refinaria, em meados de 2004?

- US$ 42,5 milhões pelas ações da companhia (fonte: relatório da NPM/CNP).
- US$ 55 milhões pelos estoques (fonte: consultora Jefferies & Cafezinho).
- US$ 300 milhões na Astra trading (Valor).
- US$ 84 milhões em investimentos em maquinários (fonte: Globo).

Total: US$ 481,5 milhões.

Quase todos os links acima são abertos, com exceção do Valor, de maneira que reproduzo um trecho da matéria que fala dos US$ 300 milhões investidos pela Astra na trading de Pasadena.

“Conforme o acordo de acionistas, ao qual o Valor teve acesso, o prêmio de 20% valeria tanto para os 50% restantes do ativo refinaria, avaliado em março de 2006 por US$ 378 milhões, como para a trading, que tinha preço de referência inicial de US$ 300 milhões, que era o “capital comprometido” pela Astra no negócio até a assinatura do acordo.”

Esses números nos levam a duas conclusões: 1) nenhuma empresa investiria quase meio bilhão de dólares numa “sucata”. 2) Tome sempre muito cuidado com o que lê.

E olha que nem estou considerando possível incorporação das dívidas da refinaria pelo novo dono.

Aliás, o blog da Petrobrás, até então parado qual um cadáver, parece ter mexido um dedinho do pé, como uma pessoa em coma que tenta mostrar que está vivo. Postagem de ontem revela que as refinarias no Brasil controladas pela estatal bateram um novo recorde mensal de produção, processando 2,151 milhões de barris. O volume foi 12 mil barris superior ao recorde, anterior, de julho de 2013.

Agora precisamos saber a produção, o faturamento e o lucro de Pasadena nos últimos dois anos. Reportagem da Folha apurou que ela registrou boas margens de lucro no período. O ex-presidente da Petrobrás, Sérgio Gabrielli, também afirmou que a refinaria dá lucro. A própria Graça Foster, presidente da estatal, que geralmente é lacônica em tudo que se refere a dados da empresa, já declarou que Pasadena está processando a pleno vapor. Queremos conferir isso direitinho, preto no branco. Até porque a imprensa agora começou a somar gastos de Pasadena com serviços e obras ao custo de aquisição, o que é um delírio total, servindo apenas para fazer sensacionalismo. Começam a surgir notícias do tipo: “custo de pasadena pode ter sido ainda maior”, etc.

Pasadena tem faturamento bruto talvez superior a US$ 1 bilhão. Suas despesas, naturalmente, são altas, mas devem ser abatidas de seu faturamento. Isso é óbvio. Quanto mais rápido, a Petrobrás trazer dados, evitará a consolidação de ideias preconceituosas, baseada em informações distorcidas, contra a estatal.

Outra coisa que está ficando mais clara é a natureza estratégica da localização de Pasadena, no canal de Houston. Agora que a China começou a construir uma outra passagem oceânica no Panamá, ligando Atlântico e Pacífico, a região do Golfo do México ganhará uma importância geopolítica ainda maior. Um relatório recente de uma agência de energia do governo americano diz que as margens das refinarias no país cresceram muito nos últimos meses e devem continuar crescendo durante bastante tempo, impulsionadas pelo aumento da demanda interna e pelas novas fontes de suprimento no Texas e no golfo.

Não seria uma ironia curiosa se Pasadena, pintada como sucata, inútil, mau negócio, de repente se tornasse um dos ativos estrategicamente mais importantes da Petrobrás no exterior?

Anônimo disse...

O mesmo aconteceu com a PDVSA nas mãos do hugo chaves, que o diabo o tenha. será daí que saiu a grana prôs petralhas comprarem aptº de 7 milhões como o do palloci...??? será daí que saiu a grana prá comprar APTº TRIPLEX DE COBERTURA PARA O 9DEDOS, O BARBA AGENTE DO DOPS. DA PETROBRÁS SAIU A GRANA PRÁ TORNAR MILIONÁRIO O LULLINHA ...??? todos os petralhas tão ricos. SERÁ QUE O SGARBI TB TÁ CHEIO DA GRANA...???

IL DUCE BRASILIANO disse...

O POVO, INCULTO E ANALFABETO, NÃO ENTENDE ISSO, E VAI REELEGER ESSA FRENTE POLÍTICA DA PATIFARIA, DO PT/PMDB.

O BRASIL NÃO ESTÁ PREPARADO PARA A DEMOCRACIA.

Anônimo disse...

Obrigado anônimo de 05/04/14 das 13:25hs pelos esclarecimentos!
A Astra pagou 500 mi e a Petrobrás pagou 1,3 bi, então o nosso prejuízo foi só de 800 mi e não de 1,258 bi. Ufa! Eu já estava começando a desconfiar que os PeTralhas estavam fazendo negócio sujo e embolsando grana para eles e o partido!

Anônimo disse...

Se a Dilma ganhar as eleicoes vou me mudar pra China, la o Comunismo ta indo pro fim.
Aqui ja iniciou.
So aeroporto salva.

Anônimo disse...

Além de Pasadena há outros três casos rumorosos em vista na Petrobrás.Propina de empresa Holandesa,Venda de uma refinaria novinha da Petrobrás para parente da Cristina Kichenner na Argentina e o valor do Gasoduto de Urucu até Manaus.Como diz o Datena,"Me ajuda aí ô".Os Petistas diziam que o FHC queria privatizar,será que eles querem falir?