Veja diz que processo de Yeda é "caso encerrado"

"Caso encerrado", escreve Lauro Jardim no site de Veja de hoje.


O jornalista Lauro Jardim, Veja, na sua coluna de hoje do site, Radar, postou esta informação, com direito a foto e legenda dizendo "Fim de caso":

Acaba de ser arquivada na Justiça do Rio Grande do Sul a ação criminal que quase provocou o impeachment da ex-governadora Yeda Crusius (PSDB). O juiz Loraci Flores de Lima, da 3ª Vara Federal de Santa Maria, encerrou hoje o processo que apurava fraudes na contratação de empresas prestadoras de serviços ao Detran gaúcho.

.  A revista Veja, junto com a RBS e o MPF, promoveu linchamento moral da governadora na época da Operação Rodin. 

CLIQUE AQUI para ler o capítulo 27 do livro Cabo de Guerra, no qual o editor conta em detalhes como foi a entrevista dos procuradores, detonando o governo Yeda e com isto favorecendo a convocação da CPI Rodin. Agora, um dos procuradores do caso diz que do ponto de vista criminal não foi nada do que disse o grupo do MPF na ocasião. 

COMPRE O LIVRO CABO DE GUERRA
Se você quiser receber um exemplar do livro que conta toda a história do enfrentamento de Yeda com o Eixo do Mal, 499 páginas, R$ 75,00, peça pelo e-mail polibio.braga.com.br Versão e-book R$ 39,50, está disponível para download no site www.albuka.com.br

26 comentários:

Anônimo disse...

Quem foi condenado e está cumprindo penitência por esta canalhice contra a governadora Yeda é o povo do RS, ao ver o descalabro deste governo dos "nossos" do Tarso Genro. Entregaram o butim aos piratas. Orçamento no RS começa pelas despesas e o equilíbrio orçamentário que se f*!

Anônimo disse...

POR OUTRO LADO, NA PAPUDA EXISTEM VÁRIOS PETISTAS DE ALTA PLUMAGEM PUXANDO CANA, COMO ZÉ DIRCEU, GENOÍNO E OUTROS CRIMINOSOS.

CARLOS SGARBI LEVA MARMITA COM AFETO DIARIAMENTE PARA ELES.

Anônimo disse...

Não caberia a ex-governadora agora acões de reparacão de danos morais contra quem a caluniou?

Anônimo disse...

Será que os mercenários da rbs vão informar o povo bovino desta terra?

Anônimo disse...

O MP tão atuante naquela época agora só se preocupa com abobrinhas e ideologices onanísticas, isto é uma justiça imparcial?

Luiz disse...

É sempre assim:
Quem tem monte de dinheiro para pagar os melhores advogados, nunca vai preso.
Eu queria ver a chefe dos ladrões do Detran pelo menos uma noite no imundo Presídio Central, mas não deu.

Anônimo disse...

Olívio por sua vez foi a redenção de Collares, ou seja, estamos indo ladeira abaixo, sem freio.

Anônimo disse...

Disparado a pior pessoa que já governou esse estado.

Anônimo disse...

Estelionato eleitoral, esse é o nome da eleição do tarço.

Anônimo disse...

Justiça seja feita a Ex Governadora YEDA foi perseguida diutunamente pelo PT de Tarso Genro e tbém pela filha destrambelhada, luciana Genro.Hoje Tarso faz um governo corrupto e pífio.

Luiz Vargas disse...

Tem gente que confunde ser Procurador com ser Prevaricador.
Esta ação foi uma legítima tentativa de "assassinato de reputação".
Pelo visto parece que nesta o peremPTório embu$teiro e seus Prevaricadores ame$trado$ não levaram a melhor.
Há elementos que safadamente confundem e utilizam órgãos e instituições de Estado como aParaTos e aparelhos de ParTido PolíTico.

Anônimo disse...

Pelo que se sabe, ela foi excluída do proceso criminal. A ação de improbidade administrativa, que tem natureza civil, continua.
Sandeman

j disse...

Logo vem o FHC com sua benevolência com os petistas dizer que as denuncias deveriam ser investigadas pois isto faz parte da democrae pedir desculpas públicas para ex-governadora.

João Coragem disse...

Plenamente de acordo com o anônimo das 10:40. Yeda foi uma grande governadora, com todo o bullying, obstrução e desonestidade cometida contra ela, seu governo deixou legado de realizações aos gaúchos MUITO maior que este estelionato eleitoral que e' Tarso! Quem está pagando por este crime, esta imoralidade suja de Tarso e PT somos nós.

Alberto/NH/Aqui tem fábrica de coca prá Copa disse...

...quantos políticos já foram punidos na Pátria Tupiniquim? Todos são "inocentes"! Até o Zé Otávio 'injustiçado' Germano se safou.

Anônimo disse...

Arquivado por serem consideradas provas ilegais, podem até ser provas ilegais, mas são provas morais. Provas que refletem a imoralidade de vários segmentos de nossa sociedade !

Anônimo disse...

Tô pra dizer que o tal de sandeman é pai do sgarbi, que por sua vez é irmão do tal de Luiz... Tudo vassalo de primeira.

Anônimo disse...

A petralhiedade em pânico acusa sem provas e está aqui fiscalizando o blogue e dizendo abobrinhas sem um fundamento. só acusam. Cade o medíocre policial aquele que ganhou um cargo de prêmio pra dar base a toda esta falcatrua? O cara aquele que seus colegas chamavam de Inspetor Closeau? Ao que se sabe, ganhou como prêmio um cargo com salário em dolar, como embaixador de P.Nenhuma, em Buenos Aires. E a RBS que acusou junto, como ficam?

Anônimo disse...

Fizeram com a Governadora Yeda Cruzios mais ou menos o que fizeram com o Ibsem Pinheiros.

Anônimo disse...

A pergunta que ñ quer calar, os meios de comunicação que destrataram, lincharam a reputação da governadora darão o mesmo espaço se retratando?

Anônimo disse...

CHUPA PETRALHADA! UHUUUUUUUUUUU!!!!!

Anônimo disse...

O Luiz, as 11:07, deve ser o representante da RBS e do MPF.

Nós quereremos ver no Presidio Central a tua corja toda, Luiz, não só aqueles que já estão na PAPUDA, mas também o teu paizão LULA!


Anônimo disse...


JÁ TEM CONDENAÇÕES CONTRA ALGUNS Q INJURIAM A YEDA.
MAS A PIOR CONDENAÇÃO, FOI DADA A EX-GOVERNADORA, COM INJÚRIAS, CALUNIAS E ARMAÇÕES FEITA PELO ATRAS DO GENRO, ATRAVÉS DA FEDERAL, INCLUINDO-SE DOSSIES FORJADOS, E HOJE PAGAMOS CARO, COM OS ATRASOS NO CRESCIMENTO DO RS, INFELIZMENTE.

Anônimo disse...

A Justiça Federal de Santa Maria negou nesta quinta-feira o pedido de suspensão do processo criminal da fraude do Detran. A solicitação havia sido feito pela defesa de Denise Nachtigall Luz após o Supremo Tribunal de Justiça (STJ)considerar ilícitas as provas envolvendo quebra de sigilo.

Só serão retiradas as provas que envolvem quebra de sigilo fiscal (Receita Federal), as demais provas continuam valendo, e servirão de base para a decisão judicial.

Não se sabe quanto e quem terá alívio com esta decisão.

Luiz Vargas disse...

Um exercício de imaginação:
imagine que a ponte sobre o rio Jacuí, em Restinga Seca, tivesse ruído durante o governo do peremPTório embu$teiro.
Imagine quantas comissões a cumpanherada PeTralha teria criado. Primeiro uma comissão para ver os motivos pelo qual a ponte caiu, depois uma outra comissão para tentar responsabilizar o FHC ou o Antonio Brito pelo ocorrido, após mais uma outra comissão para avaliar quais as medidas tomar para amenizar o "probrema", a seguir uma outra comissão para tratar da "licita$$ão" para escolha da empre$a de con$ultoria encarregada da modelagem da "licitassão" da nova PonTe e após comissões e mais comissões o peremPTório anunciaria que a PonTe ficaria PronTa até o final de 2018. Neste meio tempo os MPs não tossiriam e nem mugiriam.
Enquanto isto os caminhonheiros teriam que atravessar o rio Jacuí a nado puxando os caminhões com uma corda presa aos dentes.
Por incrível que pareça, para sorte dos botocudos, este acontecimento ocorreu durante o mandato da GOVERNADORA Yeda Crusius. Quem tem capacidade e competência consegue fazer uma ponte em seis meses.
Sugiro que a gerentA tome algumas aulas com sua ex-professora sobre este tema e em vez de PromeTer construa, assim como Yeda Crusius fez no rio Jacuí, esta PonTe de promessas que faz quanto a PonTe do Guaíba.
Os botocudos tinham uma Ferrari e a trocaram por um peremPTório Lada ultrapassado, podre ferrugem e com os quatro pneus arriados.

Anônimo disse...

Tive que comentar novamente: Muito bom Luiz Vargas!