Artigo, Percival Puggina - Até quando, senhores da CNBB ?

Sei que o texto transcrito a seguir parece escrito com o cotovelo, mas era preciso ser fiel ao trabalho de seus redatores. Trata-se de um trecho do documento Análise de Conjuntura, referente a março de 2014, preparado pela assessoria da CNBB para a 83ª reunião do Conselho Permanente da entidade, ocorrida entre os dias 11 e 13 deste mês em Brasília. "Em análises anteriores da conjuntura econômica foi assinalado o discurso alarmista da imprensa e o alarmismo de analistas econômicos, não sem contradições na análise da realidade. Está bem presente um viés ideológico que perpassa todas as análises evidenciando um conluio entre a imprensa e os donos do dinheiro no país. O tom das análises reflete rancor, raiva e oposição ao governo atual, com parcialidade tal que perde o sentido de objetividade. A chave de leitura é uma oposição visceral do mundo financeiro e empresarial ao governo da presidente Dilma, ampliada com o horizonte das eleições em outubro deste ano." Por indicação de um leitor, retornei ao site da CNBB em busca desse documento. Havia onze anos que eu não perdia meu tempo lendo as análises mensais de conjuntura preparadas pela assessoria da CNBB. A entidade, na ocasião em que questionei o tom petista militante que caracterizava os textos, informou que os mesmos não eram "dela", CNBB, mas elaborados "para ela". Com tal afirmação, os senhores bispos supunham desobrigar-se de um volumoso conjunto de documentos que, estranhamente, levam o timbre e estão disponíveis no site da entidade que os congrega. Entre minha visita anterior e esta, transcorreu toda uma década, mudou o mundo, mudou o Brasil, mas os assessores da CNBB continuam derramando seu fel ideológico sobre cada frase. A orientação persiste: defesa insistente do petismo e seus parceiros de aquém e de além mar. O texto acima, por exemplo, é parte de um trecho bem maior, dedicado à situação nacional. Ao longo dele algo, ao menos, fica bem claro: os peritos que socorrem a CNBB com sua visão da "conjuntura" já têm candidata a "presidenta" para 2014. O documento deve ter cerca de 5 mil palavras. De início, para desvendar sua eclesialidade, procurei ver quantas vezes apareciam nele a palavra Cristo e seus derivados. Usando o instrumento de busca, digitei as letras "crist" com o que abrangeria todos os vocábulos com essa raiz. Houve apenas três ocorrências.

CLIQUE AQUI para ler tudo.
Leia outros artigos em www.puggina.org.br

23 comentários:

Anônimo disse...

E desde quando a igreja vale para alguma coisa ????

Anônimo disse...

polibio,. os Bispos vermelhos Comunas,, não estão nem ai para o fim da Família, pois o que os petralhas mais querem e destruir a Família, berço de toda Sociedade, por isso cada vez mais a Igreja Católica está ficando menor.

Anônimo disse...

a igreja ta preocupada com os interesses dela e o faça o que eu digo mas nao faça o que eu faço , e maria vai atras ta do lado de quem estiver no poder , quando da ditadura deu amem a tudo o que aconteceu dos 2 lados ficou em cima do muro para ver quem vencia amanha se trocar o governo ela vai ta la jurando amor eterno corja de sangue sugas

Anônimo disse...

A Igreja se queima estúpida, inútil e inocentemente quando dá guarida a elementos que se dizendo cristãos fazem defesa clara de uma ideologia que quer a destruição do judáico-cristianismo . Só porque digo que me preocupo com os pobres não quer dizer que sigo os dez mandamentos da Bíblia, aliás as esquerdas querem mais é a censura, o banimento e a morte dos defensores do cristianismo. Na África há quase diariamente massacres de cristão por muçulmanos que foram incitados, quando da guerra fria, para combaterem o ocidente que é fundamentalmente judáico-cristão. Portanto padre comunista tem que ser jogado no olho da rua da Igreja, Cristo expulsou os vendilhões do templo e a Igreja atual tolera-os! É melhor ter poucos pastores , mas fiéis e confiáveis, do que unir-se a lobos sedentos de sangue, mas em pele de cordeiro e que querem ardentemente a sua morte. Será que ser padre não comunista é ser burro, ignorante e negar a Bíblia?

j disse...

O pior é que defendem aqueles que nem acreditam na existência Divina. Não da para entender petralhas não acreditam em Deus e a CNBB defende de unhas e dentes esta turma, O negócio é virar crente mesmo.

Anônimo disse...

Esses religiosos da CNBB estão alimentando a fera que irá devorá-los, e rasgar o Livro Sagrado. É por isso que as Igrejas evangélicas crescem cada vez mais no Brasil, os católicos estão com um inimigo dentro da Igreja, é o Marxismo do Frei Lonardo Boff. O padre Paulo Ricardo de Azevedo fala sobre isso no vídeo "26 - Parresía: O poder paralelo dentro da Igreja", em:
http://www.youtube.com/watch?v=D3bgyw0nRFA

Anônimo disse...

BANDO DE PEDÓFILOS!!!!

Anônimo disse...

onde está o cabo reformado (por invalidez) Kirk para defender a Santa Madre igreja?

Kirk, que é da mesma linha politica do militar Pujina, digo, puxa saco do regime militar, digo, beneficiário do regime militar, tipo conseguiu CC, depois nunca mais.

Anônimo disse...

Não tenho procuração para tal e talvez esteja sendo pretensioso, mas os que atacam o Almirante Kirk mostram uma argumentação tão pobre, amoral e intelecto-cognitivamente hipossuficiente que certamente nunca conheceram seus pais de verdade e a mãe vivia em um bordel, à moda periguete de esquerda!

Justiniano disse...

A CNBB está colocando a corda no pescoço, depois serão os primeiros a serem presos e poderão até ser fuzilados.

Comuna usa padre para enganar os trouxas do povo e depois são primeiros a fechar igrejas e prende-los.

Até o famoso frei Beto viu a fria do PT e tirou o time de campo.

Anônimo disse...

Até o PP do Puggina tá lá no governo mamando e ele enganando quem? Tão na teta e fingem de são santos e colocam Deus no meio..que feio.Se juntam com a petezada e fazem farra durante a semana em Brasília e no final de semana vem pro RS fingir oposição.

Anônimo disse...

RESPOSTA AO anticatólico e comunista "Anônimo", às 20:35:

A CNBB não é a Santa Madre Igreja!

De mais a mais, até Nosso Senhor Jesus Cristo padeceu a traição de um dos seus discípulos! A Santa Madre Igreja sobreviveu, sobrevive e sobreviverá aos deletérios e perversos ataques dos inimigos de Jesus Cristo, tanto dos inimigos internos como dos inimigos externos! A propósito disto, eis o que disse o FUNDADOR da Santa Igreja Católica Apostólica Romana disse a Pedro, o primeiro papa:

"E eu te declaro: Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a Minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu te darei as chaves do Reino dos céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus" (Mt 16,18-19).

Estas palavras de Jesus são claríssimas, e só não as entende quem não quer. Não há como distorcê-las e manuseá-las.

Almirante Kirk

Anônimo disse...

RESPOSTA AO "Anônimo", às 15:11:

A Santa Igreja católica Apostólica Romana é a maior e mais antiga organização caritativa e civilizacional do mundo, sendo a construtora da Civilização Ocidental de moral judaico-cristã, a patrona da Ciência, a protetora das Artes, a responsável pela criação das Universidades, entre inúmeros outros contributos!

Sobre a CARIDADE:


"Igreja Católica a Maior Instituição de Caridade do Mundo!

Nos seus 2.000 anos de história a Igreja Catolica foi a instituição que mais fez caridade neste mundo.
Se a Igreja não existisse provavelmente o mundo ocidental nem conheceria o sentido da palavra caridade. Essa é uma palavra que surgiu na Igreja, no sentido de ajudar, sem querer nada em retorno, essa idéia para os povos antigos, como os gregos e romanos, seria um absurdo! Essa virtude surgiu depois que o mundo ocidental se tornou católico.

-São milhares de Obras Assistenciais da Igreja Católica espalhadas por este mundo.

- Na época em que a lepra foi um grande mal, na Europa e Ásia haviam 3000 leprosários católicos.

- Em muitos paises africanos as escolas e hospitais são matidos pela Igreja Católica.

- A Igreja educou mais crianças do que qualque outra instituição educativa ou religiosa.

- 25% das obras que cuidam de aidéticos em todo o mundo são mantidas pela Igreja Católica.

- Incontáveis hospitais, sanatórios, escolas para crianças carentes, asilos, creches etc espalhadas em todo o mundo!

(Continua...)

Anônimo disse...

(Continuação de "Igreja Católica a Maior Instituição de Caridade do Mundo!")



- Durante 2000 anos, 20 séculos de existência, ninguém como a Igreja socorreu tanto os pobres, órfãos, viúvas e doentes, como ainda hoje fazem, por exemplo, as irmãs de Madre Teresa de Calcutá.

- É inegável, nenhuma instituição no mundo ocidental fez e faz tanta caridade como a Igreja Católica, infelizmente isto parece não ser importante para os insistem em difamar a Igreja.

Em Portugal:

- Até ao século xix, num contexto antecedente à legislação de política social, a assistência social baseava-se em instituições de caridade privada (maioritariamente ligadas à Igreja e às ordens religiosas), directa ou indirectamente financiadas pela casa real, sendo sublinhada a não intervenção do Estado na sua actividade. Somente a partir do sec. XX é que começaram a desenvolver-se as instituições de assitência social do Estado.

- A Santa Casa da Misericordia surgiu de uma iniciativa conjunta da Coroa Portuguesa e a Igreja Católica.
- A Cáritas Portuguesa é uma instituição oficial da Conferência Episcopal Portuguesa, vocacionada para a promoção e dinamização da acção social da Igreja. Visa a assistência e também a promoção, o desenvolvimento e a transformação social. Luta por uma sociedade mais justa, com a participação dos que são atingidos por qualquer forma de exclusão ou emergência, sem olhar a crenças, culturas, etnias ou origem.

(Continua...)

Anônimo disse...

(Continuação de "Igreja Católica a Maior Instituição de Caridade do Mundo!")

- Os Centros Sociais Paroquiais, os Centros Paroquiais de Bem-Estar Social ou outras congregações religiosas, fortemente ligadas à Igreja Católica, são as segundas IPSS mais antigas, denominadas antes de 1983 por Institutos de Assistência. A Igreja é a instituição que em Portugal mais atenção prestou e de um modo mais persistente à acção social. A Igreja sempre foi um agente determinante e uma força fundamental na gestão das pessoas e dos meios relacionados com a solidariedade social. Para esta a acção social “... trata-se de um agir eficaz em ordem à edificação do Reino de Deus, contribuindo para a melhor ordenação da sociedade humana, a partir de comunidade cristã,...”.,De notar que 25% dos Centros Sociais Paroquiais são presididos por um sacerdote.

[(...)]

Livros:
UMA HISTÓRIA QUE NÃO É CONTADA – Prof. Felipe Aquino – Editora Cleófas
CIÊNCIA E FÉ EM HARMONIA – Prof. Felipe Aquino – Editora Cleófas"

Mais aqui: http://temaspolemicosigreja.blogspot.com.br/2011/01/igreja-catolica-mae-da-civilizacao.html

Almirante Kirk

Paulo disse...

A CNBB toma um pau geral na net como socialista, apoiadora do PT. Aliás, se não fosse o apoio de comunistas sacerdotes na Igreja católica, como o Boff e sua esquerdista TL e de até alguns bispos, desde D Hélder, D Arns etc., hoje D Demétrio etc., os comunistas do PT não estariam no poder e as CEB, CPT, CIMI, CBJP etc. estão infestadas de marxistas sacerdotes, comportando-se como os neo Judas versão século XXI!

Anônimo disse...

Te decide: almirante ou padre?

Anônimo disse...

Ainda bem, ALMIRANTE KIRK, que a Igreja Católica Apostólica Romana não é este bando de comunistas fantasiados de padres!

Se não assim, estão dentro de roupa de camaleões!

Henoc disse...

Muitos acreditam que as crises que acontecem na Igreja católica faz com eles passem para as seitas protestantes - é cair no mais absoluto relativismo de dezenas de milhares de seitas pelas esquinas, umas combatendo as outras vizinhas - e nunca conferem as prenúncios de N Senhora para os séculos XX e XXI, ainda em sequencia, em que muitos da Igreja se aliariam aos seus inimigos, vendo hoje como a CNBB com sua banda vermelha impostora se mantém relativista, apoiando a foice e martelo de fundo vermelho e apoiando as doutrinas da prisão agrícola penal WC Cuba, depois de + de 50 anos de comunismo mais se parece um cortiço.
Na cabeça de um revolucionário comunista só tem titica; nunca têm planos de governo, só de poder, entrando sempre por fraudes!

Anônimo disse...

"Anônimo", às 07:45, evitemos as generalizações, faz favor!

Eis um excelente, porque esclarecedor, texto sobre os patrióticos e bravos militares brasileiros, responsáveis, entre outros bravos e lúcidos abnegados, por livrarem o Brasil, em 1964, de um perverso e democida-genocida regime comunista:

É interessante notar que após Costa e Silva, a “canalhice” tomou conta do país com a invasão da pornografia, do divórcio que foi implantado, das novelas da Globo, enfim, uma verdadeira “revolução cultural” anticatólica, que dura até os dias de hoje. A “ditabranda” perdeu uma grande oportunidade de por a casa em ordem e fazer o Brasil rumar os caminhos de um verdadeiro país cristão.
.

Nesse tempo tivemos vários Vultos católicos:

D. Geraldo Proença Sigaud, que enfrentou o comunismo, o início da TL, os erros de D. Helder, o progressismo, o modernismo, os excessos do movimento litúrgico, a má interpretação do Vaticano II.

D. Antonio de Castro Mayer, que enfrentou as mesmas coisas aí de cima.

D. Eugênio Cardeal Sales, idem.

D. Fr. Boaventura Kloppenburg, OFM, que, além de enfrentar os erros aí de cima, desmascarou a maçonaria e o espiritismo.

D. Fr. Alano Pena, OP, que resgatou a solenidade da liturgia em vários locais do Estado do Rio, e combateu os mesmos erros já listados.

D. Manoel Pestana Filho, idem em Goiás. "

(Continua...)

Anônimo disse...


(Continuação de "Golpe Militar de 1964 - O dia em que o Brasil disse: Não! aos comunistas")

D. Aldo Cilio de Pagotto, que está se destacando em sua luta contra a TL.

D. Christiano Krapf, árduo combatente contra os que não aceitam a historicidade e literalidade dos Evangelhos e contra a invasão da teologia liberal protestante no catolicismo.

D. Antonio Carlos Rossi Keller, grande pastor de almas, fidelíssimo ao Magistério da Igreja, e que luta contra tudo isso aí de cima, e incentiva o latim na Missa grandemente e tudo que há de belo no culto litúrgico.

D. Rafael Llano Cifuentes, um dos maiores mestres em teologia moral e sexualidade, sempre fiel ao ensino da Igreja, sem inventar nada.

D. Fernando Arêas Rifan, herói do rito romano tradicional, com um enorme coração e uma excelente formação intelectual e doutrinária, combatente dos mesmos erros.

D. Osvino Both, grande inimigo do comunismo e da infiltração esquerdista no clero. Formador de padres realmente fiéis.
.


Eu entendo quando os leitores dizem que “é difícil ler essa defesa ao Regime Militar”
.
Mas... Dê-se uma chance.

É difícil mesmo ler artigos que defendem a contra-revolução e o governo dos militares.

Eu sei disso. Todos sabemos.

Afinal, quase todos nós passamos a infância e adolescência inteira sendo doutrinados por professores de esquerda, geralmente os de ciências sociais, história e geografia, e ocasionalmente até os de português e matemática.

É dífícil mesmo, de repente, pela internet, descobrir que existem milhares de pessoas no Brasil que têm o vislumbre de uma outra versão da história.

De uma versão que, aliás, quando apresentada a qualquer estudante honesto. Que não dependa, por exemplo, da defesa da esquerda terrorista daquela época para defender algum trocado (como é o caso de muitos jornalistas).

Íntegra aqui:

http://www.tradicaoemfococomroma.com/2012/03/golpe-militar-de-1964-o-dia-em-que-o.html

Almirante Kirk


Anônimo disse...

"- Durante 2000 anos, 20 séculos de existência, ninguém como a Igreja socorreu tanto os pobres, órfãos, viúvas e doentes, como ainda hoje fazem, por exemplo, as irmãs de Madre Teresa de Calcutá.

- É inegável, nenhuma instituição no mundo ocidental fez e faz tanta caridade como a Igreja Católica, infelizmente isto parece não ser importante para os insistem em difamar a Igreja." (Mais aqui: http://temaspolemicosigreja.blogspot.com.br/2011/01/igreja-catolica-mae-da-civilizacao.html )

Almirante Kirk

Anônimo disse...

"Não é com surpresa que faço estas constatações e escrevo estas linhas. A CNBB parece não se importar com as demasias praticadas sob o guarda-chuva de seu nome e logomarca, nem com sua instrumentalização para fins políticos e partidários. Pode chocar a você, leitor, saber que esse suposto desinteresse coloca a instituição a serviço de quem, inequivocamente, tem entre seus objetivos o de acabar com o pouco que ainda remanesce de valores cristãos e de presença da Igreja na sociedade brasileira. Mas isso não causa o menor constrangimento à CNBB.

Há muitos lobos no meio das ovelhas que lhes confiou o Senhor. Às avessas da recomendação evangélica, os mansos como as pombas não parecem ser prudentes como as serpentes. E os prudentes nada têm de mansos. " (Percival Puggina)

Os bispos não mancomunados com a ideologia de esquerda - os quais são a maioria dos membros da CNBB - têm de entender que não adianta eles ficarem só rezando para que seus pares larguem a perversa Teologia da Libertação ideologia, cabendo, isso sim, uma chamada pra uma conversa franca, aberta, honesta, corajosa etc com esses bispos auto-excomungados!

Almirante Kirk