Tarso vai a Farroupilha para anunciar retomada das praças de pedágio de dois Pólos Rodoviários

Depois de ter afundado o Estado em dívidas em apenas três anos, saindo de uma situação de ajuste fiscal para um cenário de desordem financeira, e também asfixiado por paralisia enervante ("O Estado está travado", disse esta semana o novo CEO da RBS, Duda Melzer) Tarso foi para Farroupilha em busca do seu cavalo de batalha para 2014: a destruição do modelo de concessões privadas de rodovia, o mesmo que o governo Dilma usa para viabilizar a manutenção das BRs, a prestação de serviços aos motoristgas e  novos investimentos em estradas.

Decidido a tirar o máximo proveito da extinção da praça de pedágio da ERS-122 em Farroupilha e do levantamento provisório das cancelas das demais praças da rodovia estadual, o governador Tarso Genro foi com comitiva para a região as 9h desta sexta-feira.

. Univias e Sulvias informaram que saíram de quatro praças do pólo de c}axias e cinco de Lajeado.
. As comemorações do governo e do PT ignoram que os pedágios voltartão a ser cobrados, embora com redução, e também não contam para a população que os serviços não serão mais oferecidos aos motoristas e nenhum novo investimento será feito, à exceção da manutenção. As quatro praças em rodovias estaduais que serão repassadas à Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) deverão retomar a cobrança de pedágio na quarta-feira. Até lá, o Daer terá de fazer um inventário do patrimônio rodoviário. E a EGR terá de assinar um contrato emergencial para contratar empresas de recolhimento, guarda e transporte de valores.

. Os atos de hoje resultam de decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), proferida na quarta-feira, que no entanto não estipulou data de encerramento do contrato, limitando-se a negar um pedido das empresas de extensão da concessão enquanto não fosse paga pelo Estado uma suposta dívida. O ato acabou derrubando liminares que as autorizavam a permanecer até dezembro. O fato levou o Piratini a anunciar a retomada. As concessionárias devem ingressar nas primeiras horas da manhã com recursos no TRF4 ou no Superior Tribunal de Justiça (STJ). A Justiça Federal de Porto Alegre já foi acionada.

16 comentários:

Anônimo disse...

Tasso Genro se for competente como foi como ministro da justiça o Rio Grande do Sul está em maus lençóis.

Anônimo disse...

Pagar menos é bom, mas com supressão de serviços é um engodo para os usuários. A bagunça que vai virar nessas estradas fará os motoristas sentirem saudades da Univias.

Anônimo disse...

Tarso reeleito

Surfista Prateado disse...

O povo não está nem aí com o estado da estrada, se tem ou não serviço, só quer economizar uns trocados. Acidente, estragar o carro no buraco, este tipo de coisa, só acontece com os outros... :-)

Anônimo disse...

As concessionárias cobravam o olho da cara e não investiram nada. Então que volte para o Estado.

Anônimo disse...

E O CONTENCIOSO, como irá ficar?

Anônimo disse...

Quem disse que o pedágio acabou? Zero Hora deveria informar que agora todos pagarão pedágio e até mesmo os que não tem carro.

Anônimo disse...

Este é o estado-caranguejo ... só anda pra trás, bem ao gosto da RBS, pois aí eles só vendem futebol, que não precisa nem de jornalista !!!

Quero ver a pangarezada de bombacha, se orgulhando de ser gaúcho, quando ficarem no meio de uma estrada deserta de madrugada e precisarem de socorro mecânico ou de ambulância ...

Bem feito, gaúchos, só um conselho : reforcem o estoque de KY, pois o talagaço lá na frente vai doer !!!

Anônimo disse...

Políbio,

É bom que aconteça isto!!

Assim, quando os defensores dessa maluquice, do PT, voltarem a pagar (nem que seja R$ 1,00) vão sentirem-se enganados!!

Quando os acidentes começarem a ocorrer e não tiver guincho e ambulância, quero ver o que a RBS vai fazer!!!

Chegou a hora de conhecermos nossos inimigos!!

JulioK

Anônimo disse...

O Zé povinho esta gostando desta notícia. Sem dúvida ela é boa mas só isso. O pessoalzinho bolsa-familia não pensa e não sabe o que virá. Já estou vendo o Governo Estadual anunciando pedágio de graça para idosos, depois em alguns feriados e meio pedágio para estudantes.hahahaha

Luiz Vargas disse...

O correto é EPR: Empresa PeTralha de Rodovias. EGR é o nome fantasia.

CARLOS SGARBI disse...

Vou REPETIR. Como vc não passa pelo pedágio de Farroupilha, diariamente, vc acha normal aquela BARREIRA PRA EXTORQUIR pessoas. Na verdade vc e o Brito, ne? Porque vc não foi ate Farroupilha, hoje, DIZER para aqueles idiotas que aumentaram a fortuna do Brito, que aquele pedágio era aceitável? Faltou culhao?

Anônimo disse...

é isto ai , só para lembrar os contratos encerram em 2013 ,portanto dr tarso não acabou com os pedágios , simplesmente os substituiu , alias enganou mais uma vez os botocudos

Anônimo disse...

Carlos Sgarbi! Aqui não é São Paulo, terrinha de teu instituto lula.

Pergunte ao Brito, hoje trabalha bem perto de ti em sampa, apesar "fortuna".


Anônimo disse...

Coube ao Tarso limpar a "m..." que o brito (com "b" minusculo) fez botando pedágio em todas as saídas (e entradas) de Caxias do Sul.

Anônimo disse...

Políbio,

Esse seu Sgarbi deve ser cumpanheiro do onanista e do galo missioneiro. Diz a lenda que o excesso de masturbação leva a demência e ao retardo mental.