RS contabiliza 145 novos óbitos e passa de 23 mil mortes pelo vírus chinês

O Rio Grande do Sul registrou 145 novos óbitos em decorrência do vírus chinês nas últimas 24 horas. Com os novos casos, o Estado passa a contabilizar 23.121 mortes por Covid-19, desde o início da pandemia. Os óbitos divulgados hoje ocorreram em 63 municípios entre os dias 28 de fevereiro e 16 de abril. Os casos são de pacientes com idade entre 21 e 92 anos. 

O boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) ainda informou a inserção de 4.910 novos infectados. Ao todo, são 920.426 casos confirmados em solo gaúcho - sendo 96% destes de pacientes recuperados. Até este sábado, 13 municípios ainda não registravam mortes por Covid-19.

 Acompanhando uma tendência de lenta redução, a taxa de ocupação de leitos de UTIs registrou 87,3%, no início da tarde deste sábado. De acordo com os dados estaduais, são 2.952 pacientes em 3.383 leitos para casos graves.

4 comentários:

Anônimo disse...

Agora vemos pessoas cada vez mais jovens falecendo. Uma tristeza. E Bolsonaro irresponsal sem mascara provocando aglomeração. Trump deve ter enviado a Pfizer pra ele. Mas o povo não tem acesso nem a UTI. Um genocida mesmo. Só os fanaticos não emxergam

Anônimo disse...

Rio Grande do Sul: 2,10/100.000 habitantes. Santa Catarina: 1,77/100.000 habitantes. Quase tudo está aberto na terra em que a governadora respeita a vontade dos eleitores.

Anônimo disse...

E daí??? Não sou coveiro!!! Chega de mimimi!!! Vão chorar até quando???

Anônimo disse...

Rio Grande do Sul: 2,10/100.000 habitantes. Santa Catarina: 1,77/100.000 habitantes. Quase tudo está aberto na terra em que a governadora respeita a vontade dos eleitores.

É muito fácil mandar abrir quando se manda os catarinenses se tratarem em outros estados.
SC mal e mal tem leitos de UTI (e quase sempre estão acima de 100%, diferente do RS que caiu para menos de 90% de ocupação).