Falta comida em Cuba e escassez assume proporções controversas

A foto é da agência EFE, publicada pelo jornal.


O jornal Clarin, Buenos Aires, publica a reportagem sobre Cuba, tudo para mostrar como é que o País maneja sua economia neste período de pandemia do coronavírus.

Eis o relato:

A pandemia e o fechamento do turismo desde março agravaram a crise que já passava devido à diminuição da ajuda de sua aliada Venezuela. E a falta de câmbio forçou uma redução nas importações de alimentos.

A falta de câmbio forçou a importação de alimentos (Cuba compra no exterior 80% do que consome), enquanto por razões que ninguém consegue explicar, os produtos agrícolas também não chegam aos mercados, cujas paletes mostram um quadro sombrio, especialmente em Havana.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

32 comentários:

Anônimo disse...

Manu não curtiu isso. É matéria paga pelos opressores yankes!

Marcelo R. disse...

Os produtos agrícolas produzidos em Cuba não chegam aos mercados porque seguem direto para a mesa dos apadrinhados dos Castro.
Ou alguém acha que existe racionamento para a cúpula do partido e seus familiares?

Renato disse...

Fui a Cuba em 1990 e ainda estava encantado com o socialismo,mas quando começei a andar pelas ruas de Havana junto ao povo percebi que era ilusão eram pessoas simpaticas ,alegres mas em geral muito simples. Muitas delas foram acostumadas pelo sistema a não querer mais. O que poderiamos chamar de restaurantes para o povo onde a comida era mais barata era uma burocracia,os pratos vinham prontos de outra localiade e sempre faltava comida para as pessoas na fila. Agora se você pagasse em dolar poderia ter aceso aos restaurantes gourmet do governo onde cubano comum não comia. E o que tinha de europeus lá só velhos a ilha era um paraiso para turismo sexual,o goveno sabia e ate´p incentivava gerava dolares. As pessoas eram proibidas de ter qualquer atividade privada. Claro isto mudou hoje a ilha é mais liberal do que foi no passado,mas tambem bão é facil virar o leme em um pais onde há 50 anos uma ideia violenta foi imposta,leva tempo mas uma hora a casa cai.

Anônimo disse...

Também, com sessenta anos de governo comunista, não produzir nem tratores agrícolas, nem ferramentas, nem carrinho de mão, tudo é carregado no lombo os escravos, nem mesmo parafusos, nada para comer, é proeza só para comunistas mesmo! Em termos de comida, de obter alimentos para viver e sobreviver até os indios brasileiros dos tempos de Cabral dão de trezentos a zero nestes açougueiros comunistas de araque! Comunista só tem conhecimento mesmo é de DESGRAÇAS, de como fabricá-las, além de ROUBAR TUDO, como ocorre em Cuba, cujo povo é escravizado a SESSENTA ANOS, os cubanos já estão iguais aos bois acostumados na canga, que é o sonho de Manuela para os brasileiros!!!

Anônimo disse...

desejo a todo esquerdista.
salario de cuba;
A liberdade da Coreia do norte;
A fartura da venezuela;
A justiça da china.

José Corrêa disse...

Para quem acha que Cuba e a Podrezzuella são exemplos!!!

E a Argentina caminha para isso!!!

Anônimo disse...

ESSA MERDA DEVE ACABAR EM BREVE!

CUBA NÃO TEM MAIS PAI E NEM MÃE!

TRUMP VAI VARRER A DITADURA CUBANA.

Anônimo disse...

Escapamos disso em 1964, sem contar que os médicos cubanos não estão fazendo nenhuma falta. Tem imbecil que ainda clama por um regime castrita mais equalitario.

Anônimo disse...

Conversa véi...
Intriga capitalista.
Cuba é uma fartura.
Farta tudo.
Para o povo.
Já para a elite do partido...
Igual a todo lugar.

Anônimo disse...

Que façam uma nova revolução!!!! Desta vez capitalista!!!!

Anônimo disse...

QUAL É O ESPANTO? Tudo muito normal.

Tarciso disse...

Nada expressa melhor o comunismo do que Cuba. Um país onde não há industria e tampouco agricultura. Onde está o MST que não vai até lá explicar aos cubanos como produzir alimentos ao menos oara o consumo próprio?
Comunismo é apenas engodo.

Anônimo disse...

Falta comida e vergonha na cara.

Anônimo disse...

Países Comunistas não produzem, são homens coletores ou extrativas tas, vivem a custa dos outros que produzem, a URSS não deu certo exatamente por isso, não produziam ou produziam o insuficiente para que todos vivessem com certa dignidade.Os cubanos, PCC, Partido Comunista Cubano inventaram o tal de Foro de São Paulo para que a Capital ficasse em Havana, Cuba, com isso os habitantes da Ilha viveriam nababescamente as custas do trabalho de todos países da América Latrina, vejam que todas Capitais de países têm maior IDH, vide Brasília ou DF, que as demais cidades do país, isso porque centralizam os impostos dos demais Estados ou Cidades, ou seja, comunista são chupins ou parasitas, vivem as custas dos hospedeiros.

Anônimo disse...

Se não tem pão, comam Brioches.

Anônimo disse...

Coitados dos cubanos. Que regime massacrante

Anônimo disse...

incrivel que mesmo com todas essas provas de fracasso e de miseria ao redor do mundo ainda seja permitido que haja em atividade um partido comunista no Brasil...

obvio que a existencia dessa excentricidade politica nao se trata de democracia...

é uma praga de resultado sabido e anunciado e que deveria ser contida pela propria democracia...

Anônimo disse...


Esse é o futuro do Brasil com as manuelas da vida ...

Anônimo disse...

Deve ser mentira. Cuba é um exemplo do sucesso do regime comunista. Sua economua é uma das mais forte do mundo.

Anônimo disse...

Os comunistas cubanos preocupadíssimos com o meio ambiente e com a segurança alimentar estão com uma estratégia econômica inovadora, reciclar a merda enriquecida por variados alimentos consumidos pelos turistas, tratá-la através de envelhecimento como se obtêm matéria orgânica e incentivar e forçar seu consumo pela população. A preocupação é que vai faltar merda no Pais, mesmo juntando as enormes cagadas de todo o governo junto. Perda de tempo, tudo seria mais fácil se tivesse um capim tenro a vontade, aos moldes de uma alface cumpanhêra, capim produz mais de dez mil quilos a até mais de cinquenta mil quilos por hectare (área de 100 X 100 metros). Lembrando que qualquer capim consome adubo para crescer e sem repô-lo fica igual aos potreiros da alemoada gaudéria com zilhões de cabeças em uma areazinha mixuruca , mais rapado que a careca do Moraes e os animais mais secos que os cubanos mortos de fome!

Eduardo disse...

Em seguida teremos argentinas se prostituição no rgs por 20 reais

O BAGUAL disse...

comunismo ,nada mais é, que um regime ditatorial, onde o mais forte e desgraçado, explora, mata e mutila os seres humanos que estão sob seu chicote.

Unknown disse...

O comunismongera pobreza e saber se o ser humano. Só.miseria. Cuba é veb3zuela.mostram.bem como foi importante a eleição de Bolsonaro. Que Cuba conheça o capitalismo e vença a miséria.

Anônimo disse...

Pior notícia: Manuela lidera pesquisa pra prefeitura.


Mas, tambem lidera a pesquisa de maior rejeição.

Marcelo R. disse...

Alguém sabe se a ativista comunista chilena Caroline Cox ainda está em Cuba aproveitando as maravilhas da justiça social na ilha?
Será que os Castro deram a ela uma estadia nas confortáveis prisões cubanas por expor ao mundo a abundância em que vivem?
Não se publica mais nada sobre ela desde o episódio em que postou o vídeo na internet.

Anônimo disse...

Sistema patético...

João Antônio de Souza Filho disse...

Políbio. Fui a Cuba cinco vezes, não para turismo, e sim para levar socorro humanitário, como medicamentos, que eles nem sempre dispõem, dinheiro e roupas. Os cubanos passam o dia de sacola na mão à procura de alimento. Em Moa, onde estive duas vezes sequer encontrei carne de frango e batatas nas vendas do governo. Tudo lá é comprado através de "agentes" do governo que adquirem o produto e o vendem clandestinamente. Carne de gado? Nem pensar. Somente nos hotéis cinco estrelas onde cubano não é permitido entrar, a menos que seja um escravo cubano em trabalho! E recebo notícias, sempre, de meus amigos contando as dificuldades que enfrentam para conseguir um ovo ou arroz para comer.

Anônimo disse...

Argentina caminha para isso.
Por mais ruim que possam achar Bolsonaro, nos livramos de ir por esse mesmo caminho.

Anônimo disse...

Vivem pior do que em nossas favelas.

Ultra 8 disse...

Em breve, no país do socialista Bolsonaro, acontecerá a mesma situação.

Anônimo disse...

A situação do vírus em Cuba, pelo jeito, exige que o turismo para lá seja suspenso por no mínimo uns 2 anos, aí os esquerdistas voltarão a ir para sua peregrinação a sua "Meca religiosa" e poderão visitar os cadáveres pútridos do resto da "Revolução Cubana" (lá não teve Górpi!"), o outro mundo possível.......kkk

Anônimo disse...

Para o progresso da ilha-presídio temos aqui no RS um especialista em fábricas de carroças. Ouvi falar que até já tem lá uma "montadora" de ferraduras com um funcionário e que este nunca fará greve, pois senão será fuzilado.....kkkkk