Opinião do editor - É correto deixar claro que você não quer falar com alguém

É correta a decisão do Uber de criar uma categoria especial para passageiros que não querem conversar com o motorista. O serviço começará em novembro na cidade de Porto Alegre e custará mais caro.

É algo que poderá ser estendido também para motoristas de táxi, onde falastrões existem em maior número.

São vários os serviços que deveriam adotar a prática.

Em Gramado, banners fixos em pontos centrais da cidade, advertem que propagandistas não podem falar com as pessoas que passeiam pelas ruas da cidade, porque lei municipal foi promulgada e está em vigor.

Em todo o Brasil, os consumidores já podem deixar claro quando não querem falar pelo telefone com vendedores de serviços bancários, telefônicos ou de vendas de assinaturas.

É isto.

E está correto.

Existem opções enormes para quem não se incomoda em ser abordado.

11 comentários:

Anônimo disse...

É isso?! Tá louco editor? Então tenho que pagar mais cara pelo direito de ficar calado? Se grama muda de cor jornalista morre de fome!

Anônimo disse...

que palhaçada, pego uber e o motorista nem conversa comigo, e nem eu com ele, é uma viagem normal, sem sobressaltos.....................nunca peguei uber que o motorista ficasse parolando comigo.......................

BERNARDO

Cris disse...

Vou me sentir a Rainha da Inglaterra!
James ,leve-me por favor a tal lugar... ( em silêncio!)...
Pensando bem poderiam exigir quepe e traje cinza dos pés à cabeça,além da obrigatoriedade de descer do carro e abrir a porta para a madame...
Agora falando sério... como saber quem tem chance real de ganhar uma eleição sem a pesquisa boca a boca dos simpáticos taxistas , sempre cavalheiros e muito bem informados (praticamente sobre qualquer assunto)...

Mordaz disse...

Mas vai cobrar mais caro por isto?

Anônimo disse...

O editor ficou feliz da vida quando acabaram com as vagas de estacionamento gratuito no aeroporto salgado filho.

Tem coisas que nem Freud explica.

João Paulo da Fontoura disse...


Desculpe, mas acho isso de uma arrogância sem par! Acho que um ser humano, qualquer um, que não goste de conversar, está a passos da porta do consultório de um psicólogo, ou - pior - de uma psiquiatra! Vão se tratar, doentes!!!!

Anônimo disse...

Sou uber e tem coisas que ocorrem tipo, o passageiro para quebrar o gelo diz: bom dia, como ta o serviço.
Isso é o suficiente para o motorista fazer um bla bla bla.
O motorista nao sabe fazer a leitura da prosa.
Tambem tem o passageiro mal intencionado, pergunta sobre o governo e o infeliz do motorista fala bem, é o suficiente para o bandido baixar a nota

Anônimo disse...

Grande bobagem, quem não quiser "papo" que diga, com educação, que quer ficar em silêncio e boa viagem.

Anônimo disse...

Óbvio que cueca não vai puxar assunto contigo meu amigo... Com mulher é diferente. Tem muito motorista abusado.

Anônimo disse...

PIADINHA - Os "vagabas" dos 4 primeiros comentários, não precisam descer do salto (rodar a baiana); vocês podem continuar falando merda (no uber normal); é o motorista (igual ao editor desse blog) que não vai de dar "credibilidade".

Cris disse...

Mas bah !!!
Temos um estagiário entre nós!!!
Boa tentativa ...
Mas o pessoal por aqui não anda de Uber não , cidadão...
Quando quer dar uma de nova iorquino chama um carro de aluguel com uma cor diferenciada , e símbolos claros que está acompanhado de um completo estranho, para se por ventura acontecer alguma coisa "estranha"... poder sair da saia justa com maior rapidez e segurança...
Trinta anos de praia... em piadas... e em andanças por este mundão lindo feito por Deus...