Artigo, Elmar Nascimento, Poder360 - É preciso diferenciar narrativa e fatos sobre o Chile

(...) Vejamos se o oportunismo da esquerda brasileira encontra algum respaldo na realidade. Frases como “o povo chileno está se levantando contra os efeitos do neoliberalismo” e “trabalhadores chilenos se insurgem contra desigualdade social” podem ser encontradas facilmente nas páginas do PT, Psol e assemelhados. Afirmam também, em tom de alerta, que o Brasil caminha para ser o Chile de amanhã.

Começando por um indicador de riqueza, vale traçar um comparativo entre o PIB per capita chileno e o nosso. PIB per capita nada mais é que a soma de todos os bens e serviços finais produzidos por um país, num dado período, dividida pelo número de habitantes. Pois bem, de acordo com o dado mais recente do Banco Mundial, de 2018, o PIB per capita chileno é 80% maior que o nosso. Isso mesmo, quase o dobro! Em dólares correntes, eram US$15.923 contra US$8.920 aqui no Brasil.

Mas pode-se argumentar que esse dado não diz muito, pois a riqueza no Chile pode ser mal distribuída. Aí entramos no quesito distribuição de renda. 

CLIQUE AQUI para ler tudo.

8 comentários:

Mordaz disse...

Um texto primoroso que no final mostra a monstruosidade: a previdência no Chile não existe, assim como a assistência médica. Portanto a renda é melhor mas o serviço público não existe.

Mordaz disse...

A carga tributária do Chile é a metade da do Brasil: 34 a 18. Pois o Chile não tem assistência pública para a população. O povo não se beneficia da riqueza.

adilson disse...

Os comunas são profissionais.Fazem o que fazem à decadas a fio,sempre com mesmo objetivo,a arte da enganação,do engodo,do ardil,da malicia,e se continuar,qualquer um se descobre um cristão,suplentes do capeta,concluo.Pra mim,o que ocorreu no chile foi o mesmo que aqui.Os comunas querem mudar algo na constituição e provocaram o medo necessario e justificativa.E como tá todo mundo saco na lua,a coisa sai do controle.Banditismo sob comunas é a regra que distingue.Então,vendo o fogo,todo mundo se lembra de afeganistão,iraque,libia,siria,venezuela,esta logo ali.E ocupa o espaço,apagando o fogo.Assim penso!Os cominas só tem para oferecerem o ressentimento,o destruir,a separação.Não constroem absolutamente nada,tudo o que prometem é para o futuro,mas o quebra quebra é no presente.

Anônimo disse...

Excelente artigo do Dep.Federal Elmar Nascimento sobre o CHILE, sobre os fatos e a narrativa.
O CHILE faz parte da OCDE e seus índices economicos e sociais sao superiores aos de muitos paises europeus.!! Tia Glória.

Anônimo disse...

E não é só isso. Podemos afirmar que eletrodomesticos são mais baratos. Os juros da casa própria estão em 3,9%, os nossos em 9,9, em alguns casos, 8,5%. Os imóveis possuem mesmo valor daqui. O salário mínimo é quase o dobro. Vc compra uma tv tela plana, de 32" por 350,00 reais. Só exemplo de conversa sem maiores profundidades. É mito dizer que não existem escolas públicas. Nem hospitais públicos. É só puxar imagens de ambos e ficarão todos surpresos. Nada demais, porém de qualidade na média, acima dos nossos. Remédios, os preços equivalem. Comida também, exceto talvez a carne bovina. Enfim, talvez os chilenos queiram mais, é direito deles, mas em nenhum momento querem se equiparar aos padrões brasileiros, que são vergonhosos, pela pujança do Brasil. O Brasil é um gigante, os brasileiros é que ainda não descobriram isso. É preciso ter cautela, existem muitos interesses, atrás das convulsões sociais, que as vezes vão mais além que o necessário.

Renato disse...

O Chile pode não ser um paraiso mas esta em melhores condições que o Brasil. Quem começou e ajudou na destruição de algumas coisas lá foi a presidanta Bachelet e o atual Pineira. Este cara é como um antigo produto vendido no Brasil que se chamava denorex não me lembro se era shaampoo ou anti caspa,ou seja parece uma coisa mas é outra.Em geral a renda é muito desigual nos paises latino americanos e cada pais tem suas particularidades mas isto nem a esquerda resolveu no Chile tampouco no Brasil.A esquerda é aquela que semeia ventos para colher tempestades que destroem e depois diz que tem a salvação.

Anônimo disse...

E ainda tem um despudorado velhaco chamado LFV que acha que conhece a situação do povo chileno. Este comuna só conhece, e mal, Porto Alegre e Paris.

Anônimo disse...

Concordo com a sua análise. Foi Bachelet , socialista, quem começou a driblar a receita liberal da economia chilena, dos Chicago Boys. Agora culpam o liberalismo. O atual é um Denorex, remédio contra a caspa, que parecia shampoo. Ficou marcada a frase publicitaria : " Parece , mas nao é"... KKK...