Opinião do editor - A verdade está com Carlos Bolsonaro


Ao reagir às declarações de Carlos Bolsonaro, segundo as quais pelas regras democráticas atuais não dá para empurrar para frente o Brasil, disse o vice Hamilton Mourão: “Democracia é fundamental. São pilares da civilização ocidental. Sem isso, a civilização ocidental não existe".

Há controvérsia.

A democracia que rege a vida da sociedade e dos governos ocidentais e boa parte do restante do mundo, registra vários tons de cinza.

O que existe atualmente no Brasil é uma democracia corrompida, portanto fraturada, e que desde o início da Lava Jato e do expurgo dos governos do PT, reage ferozmente às tentativas de fazê-la retornar aos seus verdadeiros fundamentos.

É a isto que se refere Carlos Bolsonaro.

É isto que pessoas sensatas percebem há muito tempo, desde que saíram para as ruas em 2015.

Sem a refundação da República, o Brasil não terá vida republicana e nem vida democrática - portanto não terá futuro além das trevas. 

80 comentários:

Anônimo disse...

Saindo do armário ditador! Sempre desconfiei..

Anônimo disse...

Afinal, que diabos significa "refundação" da República? Isso é um papinho mole de golpista. Não quer dizer absolutamente nada.

Anônimo disse...

Democracia com um congresso podre e, com um STF que vende HC ??? Só abrindo o saco de risadas ! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

No Brasil, não vivemos numa Democracia, da mesma forma que nunca fomos capitalistas.
Isto aqui está mais para Monarquia ( com sua nobreza ) do que qualquer outra coisa.

Luciano disse...

Exatamente Políbio. E ainda acrescento que o que Carlos Bolsonaro fez foi um desabafo que muitos eleitores estão fazendo. Que as mudanças que queremos não virão na velocidade que desejamos. Entendo que isso ocorre por causa do modelo de democracia que temos no Brasil hoje (e não por causa do conceito de democracia), com leis feitas para manter um sistema injusto onde um deputado com 85 mil votos tem mais poder que um presidente eleito com 57 milhões de votos. Grande parte da culpa disso recai na carta de 88 feita por muitos daqueles que atentaram contra a soberania nacional no passado. Carlos não falou contra a democracia, apenas constatou um fato. Há muita histeria contra a frase dele e pouca interpretação de texto.

Anônimo disse...

Políbio,

Concordo com o filho de Bolsonaro.
É o mesmo caso de um médico que pesquisa um sintoma e encontra o organismo tomado por um câncer. É só fechar e avisar aos parentes, não tem o quê fazer!
A corrupção não é uma exclusividade nossa, as metástases estão aí pelo mundo todo.
Para instalar um regime de tolerância zero no Brasil precisaríamos de alguém ao mesmo tempo corajoso e de alto nivel intelectual e este ultimo atributo não é encontrado no presidente atual.

Anônimo disse...

DEMOCRACIA de VERDADE seria um PLEBISCITO consultando os eleitores sobre:
A) Nova C.F. uma curta, simples, garantindo os direitos individuais de TODOS e não de uma CASTA/CORJA de sanguessugas.
B). Diminuição do congresso
C) Diminuição dos poderes e forma de escolha de membros dos tribunais superiores.
D) fim dos privilégios dos políticos, fim das mordomias dos vagabundos.
E) recall bienal dos cargos eletivos

Anônimo disse...

Mourão é bem de esquerda... não existe direita no Brasil.

Anônimo disse...

As amaldiçoadas constituições Cidadãs que nos infernizam ao longo das décadas, não possibilitam que o Brasil possa valorizar o trabalho e o empreendedorismo, aqui só se sustentam o parasitismo, a vagabundagem e vigarices.
Setor público já deveria estar na lata do lixo.

Anônimo disse...

APLAUSOS!!!!!!

Anônimo disse...

Se democracia e isso que vivemos, prefiro a década de 70 e Zé fini.Era feliz e sabia.Média de crescimento econômico de 7,5% ao ano em média na Democracia Militat, média de 2,4% ao ano nessa democracia pós 1984 com orçamentos anuais de até 10 vezes maiores que no Regime Militar, algo muito errado acontece.

Anônimo disse...

“Se é a vontade do povo brasileiro eu promoverei a Abertura Política no Brasil. Mas chegará um tempo que o povo sentirá saudade do Regime Militar. Pois muitos desses que lideram o fim do Regime não estão visando o bem do povo, mas sim seus próprios interesses.”

Profecia do General Ernesto Geisel.

Anônimo disse...

“Se é a vontade do povo brasileiro eu promoverei a Abertura Política no Brasil. Mas chegará um tempo que o povo sentirá saudade do Regime Militar. Pois muitos desses que lideram o fim do Regime não estão visando o bem do povo, mas sim seus próprios interesses.”

Profecia do General Ernesto Geisel.

Selminha Rocha disse...

É isso aí, vivemos numa pseudo democracia..e todos aqueles q se chafurdam na velha cantilena do jargão "estado democrático de direito", nós sabemos bem a quem eles admiram.

Anônimo disse...

Perfeito. As reformas só saem mediante muita conver$$$$a. Agora explica isto para os jornalistas idiotas, petralha e corruptos do RS e Brasil. São a escória

Alaor disse...

Precisamos reformar a constituição, mas antes disso temos que renovar o supremo diminuindo a idade limite para 70 anos, depois um novo congresso expurgando o que faltou expurgar na última eleição, ou seja, só após as eleições de 2022.

Arthur disse...

A extrema-imprensa está invertendo o sentido do tuíte do Carlos Bolsonaro, "o vereador que ameaça a democracia" kkkkkkk Muito bem Sr Políbio!

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

E o que seria refundar a república?

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

PSL escala Flávio Bolsonaro para desarticular CPI da Lava Toga:

Filho do presidente é o único dos quatro senadores do PSL que não assinou a petição pela abertura da comissão:

9 SET 2019 - Terra

O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) recebeu do presidente nacional do partido, deputado Luciano Bivar (PE), pedido para entrar na articulação contra a criação da CPI da Lava Toga. Filho do presidente Jair Bolsonaro, Flávio é o único dos quatro senadores do PSL que não assinou a petição pela abertura da comissão.

A CPI é vista com poder para afetar a relação entre os Poderes. A articulação para enterrar a CPI é liderada pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que classificou a tentativa de criação da comissão como inconstitucional. "Se há entendimento de que a comissão não pode investigar decisão judicial, como vou passar por cima disso?", questionou.

A senadora Maria do Carmo (DEM-SE) anunciou que vai retirar o nome na lista, que contava com 28 assinaturas; segundo ela, atendendo a Alcolumbre. O presidente do Senado, por sua vez, negou ter pedido diretamente a senadores que retirassem assinaturas, mas admitiu que tentou convencer parlamentares sobre seu posicionamento contrário à Lava Toga.

Procurados pelo Estadão/Broadcast, os senadores Major Olímpio (PSL-SP) e Soraya Thronicke (PSL-MS), afirmaram que não vão mudar de posição e negaram ter sido procurados por Flávio. A senadora Juíza Selma (PSL-MT) não quis se manifestar. Na noite desta segunda-feira, 9, a expressão "assina Flavio Bolsonaro" era o assunto mais comentado no Twitter entre internautas brasileiros.

Luciano Bivar disse ao Estadão/Broadcast ter pedido aos senadores do PSL que reconsiderassem o posicionamento, porque percebe na proposta um "uma afronta ao Poder Judiciárioo". "Precisa-se fazer um entendimento melhor do que fazer uma CPI, isso não faz sentido", disse o presidente da legenda, acrescentando que é preciso "apostar na governabilidade no nosso país."...

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

Na história, os puxa sacos dos regimes autoritários são os primeiros a levarem ferro.

Anônimo disse...

A rota marítima da cocaína( UOL).

Anônimo disse...

Lava Jato arquivou inquérito antes da PF encerrar investigação básica:

09/09/2019 - Poder360

O doleiro Alberto Youssef, que assinou o 1º acordo de delação premiada na história do país, encontrou escutas que gravavam as conversas em sua cela
© Valter Campanato O doleiro Alberto Youssef, que assinou o 1º acordo de delação premiada na história do país, encontrou escutas que gravavam as conversas em sua cela

A força da tarefa da operação Lava Jato pediu o engavetamento de 1 inquérito da Polícia Federal sobre a instalação de 1 grampo na cela do doleiro Alberto Youssef. Nas investigações, a Polícia Federal tentava descobrir o que motivou a instalação da escuta e se existiu alguma tentativa de abafar o caso.

De acordo com o delegado encarregado, Márcio Magno Carvalho Xavier, a conclusão das investigações foi feita de forma “abrupta e antecipada”. As informações foram divulgadas na manhã desta 2ª feira (9.set.2019) pelo jornal Folha de S.Paulo.

Na época do arquivamento, Xavier era corregedor de assuntos internos da PF, em Brasília, e tentou estender o prazo das investigações.

Em uma manifestação assinada em 2017 e encaminhada à Justiça Federal, Xavier argumentou que o requerimento dos procuradores para arquivar o processo policial antes mesmo da realização de diligências básicas e da confecção do relatório final era “atípico”.

No entanto, o pedido do Ministério Público para arquivar o caso foi aceito pelo juiz federal do Paraná, Nivaldo Brunoni. O mesmo magistrado que em 25 de agosto determinou que o Conselho Nacional do Ministério Público retirasse de pauta o processo contra o procurador-chefe da força tarefa da Lava Jato Deltan Dallangol.

Os autos do processo continuam em sigilo e arquivados. No entanto, o jornal Folha de S. Paulo obteve o documento no qual Xavier faz a sua manifestação.

Trata-se de 1 inquérito que investigava a instalação de 1 grampo na cela de Youssef. Foram gravadas 260 horas na cela do doleiro. Entre os arquivos estão conversas de outros investigados na Lava Jato, como o ex-gerente da Petrobras Paulo Roberto Costa e a também doleira Nelma Kodama.

O inquérito foi aberto inicialmente para investigar suspeita de falsidade ideológica de 1 documento que o agente Dalmey Werlang teria produzido sobre o caso. Teria sido Werlang quem instalou o grampo na cela.

No decorrer das investigações, o objetivo se tornou verificar quem teria ordenado que Werlang instalasse a escuta e se alguém tentou acobertar a descoberta do material. Foi neste momento que o Ministério Público pediu o arquivamento do inquérito.

Werlang também está envolvido na instalação de outro grampo clandestino, desta vez na Superintendência da PF de Curitiba. Em ambos os casos ele disse ter seguido ordens de superiores que estavam na chefia da Lava Jato e que atualmente compõem a cúpula da Polícia Federal, em Brasília, depois que Sergio Moro se tornou ministro da Justiça e Segurança Pública e responsável pela PF.

Anônimo disse...

Moro omitiu conversas de Lula com Temer para evitar perda de foro:

FERNANDO BRITO · 09/09/2019 - O Tijolaço

A imprensa está “comendo mosca”.

É mais do que evidente a razão de Sérgio Moro ter extirpado parte dos diálogos grampeados de Lula quando este estava sob escuta telefônica, que acabou sendo escandalosa e ilegalmente usadas pelo juiz de Curitiba.

Parte, sim, foi retirada por revelar o desinteresse pessoal de Lula em obter o cargo de ministro e, muito menos, o foro privilegiado.

Mas pelo menos duas conversas, as travadas cm Michel Temer, foram amputadas porque eram – tal como foi com o telefonema com Dilma Rousseff, a evidência gritante da usurpação de competência do ex-juiz.

Dilma tinha se transformado para a mídia, às vésperas do impeachment, em “inimiga pública número um ” e, portanto, “valia tudo” contra ela.

Ainda assim, todos recordam, Moro foi colocado abaixo de pau pelo ministro Teori Zavascki, mesmo que o ministro reconhecesse que, àquela altura, era ” irreversíveis os efeitos práticos decorrentes da indevida divulgação das conversações telefônicas interceptadas”.

Somar à invasão de competência sobre a investigação da Presidente também a invasão sobre o então vice-presidente, que também só poderia ser grampeado com autorização do Supremo, poderia ser fatal a Moro.

Além do mais, traria prejuízos imenso para a conspiração que se desenvolvia para derrubar Dilma.

Ou alguém pode achar que quem “lembrou” de incluir comentários de D. Marisa Letícia sobre os batedores de panela iria “esquecer” as conversas com um vice-presidente?

Não duvido que o tema seja tratado nos diálogos do Telegram.

A manipulação, tanto quanto a conspiração, é clara.

Anônimo disse...

Concordo com o Carlos. Quem não concorda ou não está vendo direito o que acontece ou está se beneficiando nesta situação caótica. Não existe segurança jurídica e o resto é consequência.

Anônimo disse...

Lava Jato ignorou fraude relatada por Cunha em processo de cassação :

10/09/2019 - UOL

Procuradores da Operação Lava Jato optaram por não dar prosseguimento a uma denúncia de manipulação de escolha do relator do processo de cassação do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB-RJ), preso desde outubro de 2016, mesmo considerando-a importante.

O relato da suposta fraude foi feito pelo próprio ex-deputado ao propor delação premiada -- não aceita pelo MPF (Ministério Público Federal). O procurador da Lava Jato Orlando Martello mencionou supostas "bolas mais pesadas no sorteio da relatoria" do Conse... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2019/09/10/lava-jato-ignorou-fraude-relatada-por-cunha-em-processo-de-cassacao.htm?cmpid=copiaecola

PS: Não demorou muito a "cantada de vitória dos Lavajateiros", o Intercep já largou outra "bomba de neutrons" em cima dos Prevaricadores do MPF

Anônimo disse...

Dallagnol falta à audiência na Câmara dos Deputados e é chamado de 'fujão':

10/09/2019 - UOL

O procurador federal Deltan Dallagnol não compareceu a uma audiência pública na Câmara dos Deputados hoje que debateu o vazamento de mensagens privadas envolvendo autoridades da Operação Lava Jato. No lugar reservado a ele na comissão, foi colocada uma placa com os dizeres "Dallagnol Fujão".

Autor do requerimento que pedia a presença do chefe da força-tarefa da Lava Jato na audiência, o deputado federal Rogério Correia (PT-MG) disse que a falta de Dellagnol foi um "desaforo" com os brasileiros. "A... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2019/09/10/dallagnol-comissao-camara-ausencia.htm?cmpid=copiaecola

Anônimo disse...

O Carlos simplesmente falou que na malemolência com que as coisas ocorrem no Brasil só faz mesmo é favorecer os ladrões e bandidos e, daí, toda essa hipócrita tempestade em copo d´água de agora, quando então sempre surgem os mesmos atores de sempre, tipo Randolfe e Cia.

Anônimo disse...

O Bolsonaro tem apanhado na imprensa e no congresso nacional, não deixam que faça nada, o patrulhamento é terrível e até agora, tudo o que disse, embora muitos achem ser "delírios", não se afastou um milímetro disto que chamam de democracia.
Perde no congresso e não reage, assimila a derrota por ser do jogo democrático. Porque então esta gritaria histérica dizendo ser ele fascista, militarista ou com pendor para ditadura? Não esta cumprindo o "script" democrático?
Quando algum de seus filhos diz alguma coisa, logo vem as interpretações diferentes do sentido do que foi dito, Até pessoas que não conhecem o Brasil, como a Bachelet e o senil e esclerosado Mick Jäger, vem dizer bobagens sobre o pais. Os traidores da pátria,logo ecoam estas sandices.
Agora me digam, pode-se comparar o governo Bolsonaro com o do lula, que aprovou o que quis através de mensalões, petrolões e outras roubalheiras mais, que FRAUDOU a tal democracia comprando votos de parlamentares e ludibriou a lei eleitoral enganando a justiça e o povo para eleger a Dilma, e depois ainda foi parar na cadeia? Era democracia a fraude generalizada empregada por lula e PT, para se eternizar no poder? Governos eleitos através de fraudes, nada se diferem de ditaduras mantidas pelas armas, ambas ignoram a vontade popular e governam na base da força, militar ou da corrupção.
Portanto em matéria de democracia, o Bolsonaro esta dando um banho no lula, Dilma e PT. Até agora o que o "capitão" fez, foi tudo dentro da lei, ou alguém já denunciou alguma ilegalidade? Não da para comparar governo honesto com governo de ladrões.


Ass:SACANÉSIO

Joel Robinson disse...

BRASIL ACIMA DE TUDO
DEUS ACIMA DE TODOS
ECONOMIA
Reforma Tributária
Nossa reforma visa a unificação de tributos e a radical simplificação do sistema tributário nacional As propostas incluem
a)
gradativa redução da carga tributária bruta brasileira paralelamente ao espaço criado por controle
de gastos e programas de desburocratização e privatização
b)simplificação e unificação de tributos federais eliminando distorções e aumentando a eficiência daarrecadação
c)descentralização e municipalização para aumentar recursos tributários na base da sociedade
d)discriminação de receitas tributárias específicas para a previdência na direção de migração para
um sistema de capitalização com redução de tributação sobre salários
e)introdução de mecanismos capazes de criar um sistema de imposto de renda negativo na direção de uma renda mínima universal e
f)melhorar a carga tributária brasileira fazendo com que os que pagam muito paguem menos e osque sonegam e burlam, paguem mais.BOLSONARO2018

Joel Robinson disse...

TIDO PROMESSAS VÃS.MUITA CONVERSA E NADA DE AÇÃO. OLHE A ARGENTINA...

ganhatudo disse...

Democracia no Brasil só haverá quando todos foram realmente iguais perante a lei, como diz a Constituição. Enquanto o STF continuar trabalhando contra essa determinação ele estará praticando atos de inconstitucionalidade. #LAVATOGAJA

Anônimo disse...

Ditadura nos vivemos agora. E o resquício de democracia que temos, devemos aos militares. Eu sinto saudade do regime militar. Neste, os governos se preocupavam com desenvolvimento do Brasil, com o bem estar do povo. Os de agora, tirando o Bolsonaro, se preocupam com o poder pelo poder e roubar os cofres públicos.

Anônimo disse...

Tem razao o Editor. Nossa Democracia está fraturada , desde o início do Governo eleito , quando a " Resistencia" capitaneada pelo PT e associados resolveram boicotar todos os Projetos do Governo. É uma açao concertada no plano nacional, com apoio da esquerda internacional. Nao enxerga isto, quem nao quer !! Tia Glória

Unknown disse...

Verdade.

Anônimo disse...

Os maiores produtores de COCAINA da América do Sul sao a Colombia, Peru e Bolivia , todos eles fronteiriços com o Brasil. A matéria do UOL é preocupante !

Anônimo disse...

Concordo !!

Anônimo disse...

"DEMOCRACIA CORROMPIDA"!

DISSE TUDO ATÉ PARA OS CORRUPTORES ENTENDEREM.

MUITO BOM, RESUMIU BEM!

"DEMOCRACIA CORROMPIDA", COMO UM MANTO USADO POR BANDIDOS COMO LULA E SUA QUADRILHA,COMO UM LOBO VESTINDO PELE DE OVELHA!

ACERTOU NA MOSCA!

A PROVA É DOS QUE DISCORDAM E SE MANIFESTARAM SEM ARGUMENTO, DEBOCHANDO E RINDO DAQUILO QUE É UMA GRANDE VERDADE.

"DEMOCRACIA CORROMPIDA" NÃO PODERIA SER MELHOR DEFINIDO O QUE NOS QUISERAMM IMPOR COMO DEMOCRACIA LEGITIMA.

OS PODERES FORAM CORROMPIDOS E DE CIMA PARA BAIXO OS VALORES TODOS TAMBEM FORAM CORROMPIDOS,DESMERECIDOS, SENDO VALORIZADA A FALCATRUA E O ROUBO DAS COISAS PÚBLICAS.

A HORA DE BOTAR O GUIZO NOS TOGADOS, REDUTO FALTANTE PARA ENTRARMOS NUMA NOVA ERA QUANDO DAI SIM, ESTARA PROVADO:

LEI É PARA TODOS,PRESIDENTES,TOGADOS E POVO!

O PRESIDENTE DO STF CONFESSOU ROUBO E UNS OUTROS FIZERAM O QUE FIZERAM AOS NOSSOS OLHOS DEBOCHADAMENTE,DESAVERGONHADAMENTE,SEM TEMOR, O PRESIDENTE ERA CONIVENTE

FALTA BOTAR OS GUIZOS NESTES GATOS!

A PROXIMA MISSÃO SERÁ IR AS RUAS QUEIMAR TOGAS!

AGORA JÁ SÃO VISIVEIS AS CONDIÇÕES PARA UMA DEMOCRACIA DECENTE,DEPENDE DE NÓS.

LÁ ESTAREMOS POR UMA DEMOCRACIA DECENTE DE VERDADE,SERÁ A FESTA DAS FESTAS!

Anônimo disse...

" Anônimo Anônimo disse...

Se democracia e isso que vivemos, prefiro a década de 70 e Zé fini.Era feliz e sabia.Média de crescimento econômico de 7,5% ao ano em média na Democracia Militar

É isso que importa, o nome que derem,não interessa, interessa é a ordem e o progresso presente dia a dia.

..DAÍ VEIO A COBRA COM A CONVERSA MENTIROSA ,
DOS POLITICOS QUE TUDO SABIAM, COM "CONSTITUIÇÃO CIDADÃ",

DEMOCRACIA CORROMPIDA,
O POVO ACREDITOU,PAGOU E PAGOU CARO.

AGORA O POVO TERA QUE CONSERTAR,

JÁ FOI PARA A RUA E TERA DE IR DE NOVO PARA CONCLUIR A OBRA

SÓ CABE A NÓS POVO,NOSSOS GUERREIROS BOLSONARO,MORO,MOURÃO, ENFRENTARAM,FAZEM O QUE PODEM E PÕE ATÉ O PESCOÇO EM JOGO NUMA EMPREITADA HERÓICA APOIADA PELO POVO.

OS TOGADOS ,O MAIOR CANCER AINDA A EXTIRPAR

NA HORA "H" ESTAREMOS TODOS PRESENTE PARA MOSTRAR O QUE QUEREMOS

LEIS PARA TODOS, TOGADOS E PRESIDENTES!

ESQUERDISMO,SOCIALISMO,COMUNISMO SÓ DESGRAÇA TROUXE PARA A HUMANIDADE

Mardição disse...

No Brasil só existirá democracia com os tanques do Exército nas ruas.

Anônimo disse...

Com Toffoli
Rodrigo Maia
David alcolumbre
Não temos qualquer chance de vencer a vigarice

Anônimo disse...

Não entendeu nada, como sempre, Petista BURRO e escroto!!!

Carl disse...

Nossa democracia é uma "democracia de cartas marcadas". Os 3 Poderes estão amarrados e só há movimento naquilo que o establishment quer que se mova. Não vamos a lugar nenhum! Sempre será mais do mesmo! O filho de Bolsonaro, que não é burro, falou muito bem.

Anônimo disse...

Marun diz que Cunha está preso porque se recusou a mentir em delação:

“Se ele tivesse concordado em me caluniar estaria solto e eu, com a minha vida destruída”, disse Marun sobre Cunha

10/09/2019 - UOL

Carlos Marun (MDB-MS), que foi ministro-chefe da Secretaria de Governo durante o governo Temer, afirmou hoje que Eduardo Cunha (MDB-RJ), ex-presidente da Câmara, está preso porque se recusou a mentir em proposta de colaboração premiada com a Operação Lava Jato. As afirmações de Marun à reportagem repercutem texto publicado no UOL hoje, com base em mensagens dos procuradores no aplicativo Telegram, entreg... -

Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2019/09/10/marun-diz-que-cunha-esta-preso-porque-se-recusou-a-mentir-em-delacao.htm?cmpid=copiaecola

Anônimo disse...

Bolsonaro havia prometido que não recriaria o imposto

10 SET 2019 - Portal Terra

Após o presidente Jair Bolsonaro ter prometido inúmeras vezes que não recriaria a CPMF, o governo apresentou nesta terça-feira (10) uma proposta para taxar operações financeiras, incluindo saques e depósitos em dinheiro e pagamentos em cartão de crédito e débito.

A contribuição foi anunciada pelo secretário especial adjunto da Receita Federal, Marcelo de Sousa Silva, em um fórum em Brasília e substituiria a tributação sobre a folha de pagamento e o imposto sobre operações financeiras (IOF).

Pela proposta do governo, cada saque ou depósito em dinheiro seria taxado em 0,4%, enquanto pagamentos em cartão de crédito e débito teriam alíquota de 0,2%, tanto para o pagador quanto para o recebedor.

"Estamos ano a ano com uma regressão percentual de pessoas empregadas formalmente, e isso não pode ficar de fora da reforma tributária, porque o impacto mais significativo talvez seja a desoneração sobre folha", disse Silva, segundo a Folha de S. Paulo.

A CPMF, que vigorou de 1997 a 2007, incidia sobre todas as movimentações bancárias, como depósitos, saques e transferências. Sua alíquota inicial era de 0,2%, mas ela subiu até atingir 0,38%.

Durante a campanha e em seus primeiros meses de mandato, Bolsonaro negou repetidas vezes a intenção de recriar a CPMF. "Já falei que não existe CPMF", disse o presidente em 9 de agosto passado...

Anônimo disse...

O Brasil está mal de vizinhos. Desse jeito desenvolver o país é muito mais difícil.

Anônimo disse...

Carlos Bolsonaro nega apoiar ditadura após tuíte: "Canalhas":

10 SET 2019 - Portal Terra

O vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, voltou ao Twitter nesta terça-feira para tentar explicar sua declaração, feita na véspera - de que não é possível se conseguir por vias democráticas a transformação que o Brasil quer na velocidade desejada - e garantiu que sua fala foi apenas uma "justificativa aos que cobram mudanças urgentes".

10/12/2018 - Portal Terra

"O que falei: por vias democráticas as coisas não mudam rapidamente. É um fato. Uma justificativa aos que cobram mudanças urgentes. O que jornalistas espalham: Carlos Bolsonaro defende ditadura. CANALHAS!", escreveu nesta terça.

O texto inicial de Carlos foi interpretado no meio político como uma defesa da ditadura ou de um golpe e recebeu críticas variadas.

"Por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos... e se isso acontecer. Só vejo todo dia a roda girando em torno do próprio eixo e os que sempre nos dominaram continuam nos dominando de jeitos diferentes!", escreveu o vereador na segunda-feira.

Para o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), declarações como a de Carlos merecem "desprezo".

"O Parlamento brasileiro, a democracia, estão fortalecidos. As instituições estão pujantes, trabalhamos a favor do Brasil. Então uma manifestação ou outra em relação a este enfraquecimento tem, da minha parte, o meu desprezo", disse Alcolumbre no Twitter.

Também questionado sobre as declarações de Carlos, o vice-presidente Hamilton Mourão --que até quinta-feira está no exercício da Presidência-- afirmou que a democracia é fundamental e "um dos pilares da civilização ocidental".

Mourão afirmou ainda que é possível sim fazer as mudanças que o governo quer pela via democrática, e por isso ele e Bolsonaro foram eleitos.

"Temos que negociar com a rapaziada do outro lado da Praça (referindo-se ao Congresso). É assim que funciona. Com clareza, determinação e muita paciência", defendeu.

O tuíte de Carlos foi feito com o pai internado em São Paulo depois de passar por uma cirurgia para corrigir uma hérnia que se formou na cicatriz dos procedimentos para tratar da facada que levou durante a campanha eleitoral. Apesar de já ter tuitado algumas vezes e ter feito vídeos do hospital, o presidente não se manifestou sobre a afirmação do filho.

Carlos pediu licença da Câmara de vereadores do Rio de Janeiro para tratar de assuntos particulares na última sexta-feira e tem acompanhado o pai no hospital. No sábado, durante o desfile do 7 de setembro, em Brasília, repetiu sua postura na posse e foi no carro com o presidente enquanto este desfilava na Esplanada dos Ministérios.

Anônimo disse...

Carluxo deixou o editor pendurado com o Pincel na Mão?


E ainda chamou de Canalha?

Anônimo disse...

Tal pai, tal filho fala uma coisa e em seguida desmente o que falou. Lembra que ele chamou os nordestinos de paraíba.

Anônimo disse...

IGUAL A AGENDA PRESIDENCIAL
Pela manhã : fala merda !!!
Ao meio dia : diz que não falou !!!
A noite : explica a merda que falou !!!

Anônimo disse...

Talves o nobre vereador, que quase nunca está na camara do RJ trabalhando, tenha se visto no espelho ao pronunciar o tal adjetivo.

Anônimo disse...

Mas será que vivemos em uma democracia? Um regime democrático implica conivência com ladrões e corruptos? Implica em penas leves e benefícios para marginais violentos e traficantes, enquanto cidadãos de bens são impedidos de se defender? Em uma democracia cidadãos e famílias são por acaso forçados a aceitar uma ideologia que vai contra suas crenças e valores, como ideologia de gênero?
.
Eu, pessoalmente, acredito que vivemos na verdade em uma cleptocracia, apenas envernizada na medida necessária para dar-lhe um aspecto externo de democracia.

Anônimo disse...

Após dizer que pararia queima de máquinas de garimpo, chefe do Ibama no PA é demitido:

Coronel da Polícia Militar havia sido nomeado no último dia 2

10/09/2019 - Folha de São Paulo

O Governo Jair Bolsonaro demitiu na tarde desta terça=feira (10) o novo Superintendente Regional do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente) no Pará, o coronel da Policia Militar Evandro Cunha dos Santos.

A exoneração, assinada pelo Ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente), erá publicada na edição de quarta-feira (11) do Diário Oficial da União. O servidor público foi afastado por ter feito a declaração sem respaldo do governo federal.....

Anônimo disse...

Sob o comando de Flávio Bolsonaro, base governista sai derrotada da CPMI da Fake News:

Sob o comando do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho de Jair Bolsonaro, o governo sofreu mais uma derrota no Congresso Nacional ao tentar impedir a votação de nove requerimentos que pediam a convocação de representantes de empresas de redes sociais para prestar depoimento na CPMI da Fake News.

Com isso, representantes no Brasil de empresas como WhatsApp, Telegram, Twitter, Facebook, Google, Instagram e outros serão convocados a prestar depoimento.

Flávio e os deputados do PSL Carla Zambelli (SP), Filipe Barros (PR) e Caroline de Toni (SC), tentaram evitar a votação dos requerimentos da deputada Luizianne Lins (PT-CE). Além dos artigos dos regimentos internos da Câmara e do Senado, a base do governo Bolsonaro chegou a chamar a CPMI de "tribunal de exceção" contra Bolsonaro.

"Eu queria perguntar qual o fato determinado para se convocar qualquer representante do WhatsApp?", disse Flávio, evidenciado a preocupação com a convocação.

"O objeto da CPMI é o suposto uso de fake news nas redes. Não consigo entender o questionamento sobre ouvir os representantes dessas empresas. Para mim, já tem uma coisa de confissão de culpa. Como vamos investigar uma coisa sem ouvir as empresas que operam isso?", rebateu a deputada Luizianne Lins

Com maioria favorável à aprovação, Flávio e a base do governo utilizaram a estratégia que costumam chamar de "desserviço da oposição": tentaram obstruir. Protocolaram pedido de adiamento de votação dos requerimentos e não registraram o voto para a apreciação não ter número de votantes suficientes e a sessão ser encerrada por suposta falta de quórum.

No entanto, ao não registrar o voto, o PSL permitiu que o presidente do colegiado, Ângelo Coronel (PSD-BA), anulasse a votação do seu requerimento, com a alegação de que o autor supostamente não estava presente.

"Como o autor não registrou voto e, portanto, não está presente, o requerimento perde objeto e considero prejudicada a votação", disse Coronel.

Barros respondeu: "Estou aqui". E o Coronel rebateu: "Mas não registrou presença. Então, a votação está prejudicada. Vamos votar os requerimentos".


* Fonte: Jornal O Globo.

José Corrêa disse...

A tal constituição de 1988 só prevê direitos, não deveres!!!

Tem que ser reduzida ao mínimo, e deixando claro que crimes de corrupção e atentado ao Estado terão penas de 30 anos sem progressão de regime prisional!!!

E a pena de morte deve ser sim avaliada!!!

Anônimo disse...

É curioso ver alguns aqui enchendo a boca pra chamar o editor de "ditador", mas ficam molhadinhas quando ouvem "Fidel", "Maduro", etc

Rose disse...

Mas que conversa fiada, sr. Editor! A fala de carlos b. não admite interpretações. É tão dura, letal e negra quanto a arma que seu irmão eduardo ostentou na cintura. Duas mensagens idênticas por meios diferentes.

Anônimo disse...

Vou deixar meu Like para o seu comentário. Merece. 👍

Anônimo disse...

#LavaTogaJá 🙌

Unknown disse...

Melhor opinião

Anônimo disse...

O Carlos Bolsonaro disse isso pro pai dele e pro irmão dele?

Kide Perna de Anão disse...

Dona Rose, por gentileza, tome no seu cu.

Anônimo disse...

É inadmissível, Sr. Editor, que o Sr. defenda ditadura e ataque a democracia, vido essa ameaça de onde vier, principalmente desse paspalho, cujas ideias o Sr. segue cegamente! O Sr. está se tornando uma decepção total!

Anônimo disse...

Políbio = lacaio de ditador?

Anônimo disse...


Por que Flávio Bolsonaro é contra a Lava Toga?
https://omny.fm/shows/estad-o-not-cias/por-que-fl-vio-bolsonaro-contra-a-lava-toga/embed