Governo do Estado anuncia medidas que irão fortalecer os produtores de vinho


O governador Eduardo Leite anunciou hoje, atendendo a uma demanda antiga dos empresários do setor vitivinícola, a eliminação da substituição tributária para o vinho e os espumantes. 

As alterações necessárias devem ser concluídas em julho. O estado pretende deixar de aplicar a tributação nas operações internas a partir de 1º de setembro.

A eliminação pressupõe alterações nos protocolos ICMS celebrados entre estados, e deve ser concluída em julho, em reunião do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). 

Nada muda em relação às operações interestaduais.

3 comentários:

Anônimo disse...


E ,

Anônimo disse...

>>

Já sei!! O governo gaúcho irá permitir o produtor colocar ainda mais água no vinho!!

<<

Anônimo disse...

Uma maneira dos produtores se fortalecerem é fazerem um vinho de qualidade. É muito ruim o vinho nacional comparado a um chileno no mesmo valor. Mesmo aumentando em 50% os impostos, não chega nem perto. Se tiver qualidade, vende ao natural.