Acordos e ações promovidas pela PGE reduzem o estoque da dívida em precatórios

A atuação da Procuradoria Geral do Estado (PGE) vai reduzir em R$ 1,1 bilhão o total da dívida de precatórios do governo. A Câmara de Conciliação de Precatórios, por meio do Programa Compensa-RS, finalizou ações que reduzirão a dívida estadual, atualmente estimada em R$ 1,1 bilhão. 

Segundo a PGE, desde a criação do instrumento, em 2015, até o mês de junho deste ano, houve 3.836 acordos que reduziram o estoque da dívida em mais R$ 585 milhões. Em 2019, foram firmados 1.342 acordos que ocasionaram a baixa de R$ 186.407.421,80 do estoque da dívida em precatórios. Somente no mês de maio 514 propostas foram encaminhadas, totalizando potencial de baixa de mais de R$ 77,7 milhões. O percentual de aceitação das propostas aproxima-se de 90%. 

Em relação à Força-Tarefa do programa, o trabalho resultou na homologação de 173 pedidos que envolveram a análise de 1.550 precatórios. Dessa análise, o total de baixa no estoque da dívida de precatórios e da dívida ativa do Estado chega a R$ 578 milhões.

3 comentários:

Anônimo disse...

O acordo é, recebe o que nós queremos pagar, ou morre sem receber, e grande parte são pessoas fragilizadas financeiramente que aceitam o "acordo", me desculpem, para mim é canalhice.

Anônimo disse...


O estado é estelionatário.
Deve, não paga e ainda quer dar o golpe nos credores ao propor a redução da dívida.
Tudo por culpa de pseudogestores, por acaso políticos pilantras e não raro corruptos.

Anônimo disse...

Ai tem tretra. Será que os reais credores receberam o total do devido pelo Estado ou foram determinadas empresas que foram beneficiadas?