Mais Médicos vai mudar de formato e de nome

O ministro da Saúde, Luiz Mandetta, revelou neste final de semana que lançará nos próximos dias uma nova versão do Mais Médicos.

Que mudará de formato e até de nome.

As prefeituras terão mais autonomia para tocar o programa.

6 comentários:

Anônimo disse...

ja vi que tudo que iria acabar (Mais Medicos,EBC, ministérios) durante a campanha eleitoral vai mesmo é apenas ser repaginado e vendido como outra coisa para os eleitores desatentos...

agora ate indulto pra presos vai ter...

quem acredita que vao acabar com a reeleição, conforme ventilado na campanha?

ta difícil, hein?

Anônimo disse...

Teu sonho e o mito não querer ser candidato na próxima eleição....xupa petralha

Anônimo disse...

É preciso criar mais cursos de medicina para ter mais médicos.

A máfia branca, no governo Temer, conseguiu a falcatrua de proibir a criação de novos cursos de medicina por 5 anos. Foi uma garantia de manutenção do cartel. Faltando profissionais no mercado eles garantem os descumprimentos de horários nos hospitais públicos, os supersalários e outros privilégios.

Anônimo disse...

Anônimo disse...
Teu sonho e o mito não querer ser candidato na próxima eleição....xupa petralha
9 de fevereiro de 2019 21:46


e o teu sonho deve ser o de continuar bancado salario de comissionado que provavelmente ganha um salario que tu nunca verás na tua vida...

Anônimo disse...

Teu sonho e o mito não querer ser candidato na próxima eleição....xupa petralha

o teu ídolo vai dar ate indulto para os presidiários, aqueles que ele dizia durante a campanha que não daria indulto algum...

e agora?

agora és à favor dos bandidos também?

e a TV do Lula que virou TV Bolsonaro?

és a favor de jogar dinheiro publico naquilo la também?

cuidado, podes ter virado um mortadela e nem te desse conta ainda...

Anônimo disse...

Na EBSERH, os médicos contratados por concurso público para carga horária semanal de 20hs, fazem apenas um turno de 24 por semana e somem. Dai o hospital tem que completar com contratos temporários por RPA.

Um médico 24 corridas dentro o hospital, que deveria ser 5 plantões de 4 horas.

Essa é uma das muitas mazelas no setor público médico hospitalar.