Gilmar Mendes, STF, compara Receita Federal à polícia secreta de Hitler, a Gestapo

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, afirma que a Receita Federal não pode ser convertida numa Gestapo.

Como se sabe, a Gestapo foi a criminosa polícia política e secretas de Hitler, o que significa que o ministro delira em plena luz do dia, porque não há ditadura e nem regime nazista no Brasil.

Disse o ministro, tentando escapar das investigações a que se submetem todos os contribuintes brasileiros:

- Receita não pode ser convertida numa Gestapo ou num organismo de pistolagem de juízes e promotores (...) Agora, se eles fazem isso com ministro do STF, o que não estarão fazendo com o cidadão comum?

O ministro nunca demonstrou preocupação igual quando entes como a Coaf investigaram e vazaram dados sigilosos sobre o senador Flávio Bolsonaro.

CLIQUE AQUI para saber tudo sobre a Gestapo.

22 comentários:

Anônimo disse...

Beiçola, o semideus, sua batata tá assando.

Emmanuel Carlos disse...

Interessante: quando a "gestapo" se vira contra o cidadão comum ... aí não tem problema; quando a "gestapo" vai atrás do inimigo político, aí não tem problema ... Mas, foi só a "gestapo" chegar à sua porta ... e, aí não pode.
Perguntinha: quem é que está querendo parar a "getapo", e parece que tem poder para tal?? Só para a "gestapo" quem manda nela ...

Anônimo disse...

MENDES TRANSFORMA STF EM COVIL?

SE ESCONDE E SE PROTEGE NO STF PARA FAZER O QUE DER NA "TELHA"?

NADA,NADA,NADA, TÁ CHEGANDO A VEZ DOS CAPA PRETA,

OS TOGADOS ESTÃO SE PROTEGENDO NA TOGA MAS VAMOS VER, "QUEM NÃO DEVE,NÃO TEEME"!

NÃO SAÃO DEUSEWS, NEM SEQUER SEMI DEUSES, "SE ACHAM" MAS NÃO SÃO.

QUEM NÃO DEVE NÃO TEME

MINISTRO NÃO DEVIA "DEVER" NO SENTIDO DE PROCEDER,POIS QUEREMOS CONFERIR

NÃO SÓ DE MENDES, TÁ CHEIO DE LEVANDOWSKIS E TOFOLIS,UM "NINHO DE COBRAS"!

Anônimo disse...

Quem não deve, não teme !!!

Anônimo disse...

O beiçola já está perdendo o controle emocional. O elemento que tem culpa quando é adequadamente inquirido e cutucado começa a cair em contradição. É questão de tempo. Se for apertado mais um pouquinho acabará dizendo coisas que o comprometerão de vez.

Anônimo disse...

Qdo a RFB rasga a constituicao contra nós mortais o STF apoia e da risadas...

Qdo descobrem milhoes nao declarados dos semi deuses elles reclaman e se protegem...

Democracia ķkkkkkkkkk

IPTU. SE AUMENTAR NAO VAMOS PAGAR!!

Anônimo disse...

Caro Políbio
Por essa o Beiçola não esperava. O beiço deve estar atingindo os pés depois dessa. Ele pensa que o seu poder de ministro é infinito. Vai cair do cavalo, quer dizer, já caiu. O próximo é o Toffoli com a mesada de 100 mil e a reforma pela OAS de sua mansão.
Esther

Anônimo disse...

A tática dos patifes: para se defenderem não apresentam comprovantes da inocência mas atacam e denigrem aqueles que os desmascaram.
Lembrete: cidadão comum, se honesto e decente, não se preocupa com os órgãos de controle, pois suas atitudes o deixam imune a qualquer denúncia ou investigação.

Alaor disse...

O Gilmar Mendes é a alma mais honesta do país, do mesmo nível do Lula.

Anônimo disse...

o império da capa preta estrebucha...

ja se fecharam todos em copa, no melhor do pior estilo corporativista que pode existir...

agora são eles contra o Brasil, esta escancarado...

Anônimo disse...

Neste ponto ele está certo, a Receita Federal há muito tempo está pesando a mão.

Anônimo disse...

O papel da Receita Federal é fiscalizar os contribuintes. Ninguém está imune à fiscalização. O que não pode é ficar divulgando: fulano foi multado em tanto. No Brasil quando se arrecada na fonte de quem tem rendimento do trabalho é fácil fiscalizar. Porém, há muitos outros campos da tributação, mormente quando há rendimentos oriundos de empresas, de prestação de serviços autônomos de advocacia, da pecuária, etc. Uns se acham protegidos sob o manto do famigerado programa "PPE-Pessoas Politicamente Expostas", querendo dizer que por se tratar de figuras públicas são intocáveis, ou então necessita de autorização superior, do Papa, talvez? Não esquecer que Al Capone, nos Estados Unidos, foi capturado pelo Fisco, quando de outra forma estava difícil enquadrar o chefão mafioso. Nação séria fiscaliza todos. A "Gestapo" não tem nada a ver com isso.

Anônimo disse...

A receita só pode investigar a classe média. O DEUSES DO OLIMPO DO SUPREMO, não podem ser investigados. Estão isentos de qq investigação, são inimputáveis. Essa é a democracia desse supremo, senão dirão que é a GESTAPO que está atacando eles.

Com a idade que estou não acredito mais nesse país. O Brasil merece um presidente, mesmo esfaqueado, como o Bolsonaro. Pior do que está não fica.


Anônimo disse...

Há muito tempo que venho escrevendo que esses ministros do STF faziam o que lhes dava na telha sem se preocupar com nada nem com ninguém, com total impunidade. Para se ter uma ideia, se não fosse por fortes pressôes poíticas e miliares já teriam soltado Lula faz tempo. Há fortes indícios de que acabou a vida boa dos ministros. O ideal seria que pelo menos uns 4 deles renunciassem ao cargo.

Thiago disse...

Gilmar, na sua habilidade de fazer contos, quem seria o Lewandowski, este Ministro que gosta de mandar prender pessoas que discordam dele em avião?

Anônimo disse...

Comunas, aquele beiço na grelha alimenta mais que sanduíche de mortadela...

Anônimo disse...

com o cidadão comum fazem o que sempre fizeram , agora vai começar a doer em vcs tambem......

Anônimo disse...

Por favor, a que ponto chegamos! É 1 completa inversao de valores. Depois não querem a revolta do povo.

Anônimo disse...

O Beiçola está errado, ele simplesmente não viu AINDA que a RECEITA FEDERAL está sob nova direção e que não joga no time dele. De amiguinho da administração anterior, por esta ele poderá dar com os burros na água, ser empichado e preso. E se forem descobertos prêmios recebidos para se tornar um grande soltador, bom, aí.... Bem assim começou a lava jato, Sérgio Moro pesquisou um doleiro, o Youssef e aí surgiu um monte de inocentes que foram para a cadeia curtir melhor suas inocências.

Anônimo disse...


Se não tem culpa, abra as declarações e mostre ao país que é um ministro sério, mas já se sabe que não é , por isso começa a jogar merda no ventilador para que não busquem as incoerências no seu IR. Juiz é igual a qualquer cidadão, mas estes senhores se acham acima da lei. Bota no paredão que ele abre a boca e conta tudo.

Anônimo disse...

Não sou nenhuma fã do Gilmar Mendes, mas não se combate ilegalidades com outras ilegalidades. A questão não é se as constas do Gilmar ou da mulher dele estão sendo verificadas, o que é algo que deve ocorrer com qualquer contribuinte. O problema é que tem servidor público cometendo ilegalidades, que é a quebra do sigilo. Aconteceu com o Gilmar, aconteceu com o Flávio Bolsonaro. As contas deles devem sim ser cruzadas e investigadas, se for o caso, mas não pode a quebra inconsequente do sigilo. O sigilo é um dever de todo servidor público. Imagina que, por um equívoco, tu caias na malha fina. Ao invés da Receita Federal te notificar, ela publica o teu imposto de renda na internet e diz que os teus dados não batem. Tu acharias correto isso? É bom que se diga que todo cidadão tem o dever de cumprir as leis, assim como os servidores públicos têm a obrigação do sigilo quando trabalham com esse tipo de dado. Mas parece que o importante é fazer um média com a mídia e não cumprir a lei. Os jornalistas estão fazendo o seu trabalho, a culpa não é deles, o dever funcional é uma obrigação do servidor público.

Anônimo disse...

A instituição vai deixar assim, não vai pedir nem uma retratação???