Se você for aluno ou pai de aluno e tiver o que dizer a Bolsonaro, use este número do WhatsApp

O apelo que faz o novo presidente para que seja cientificado a respeito de abusos nas salas de aula, serão atendidos.

Anote este WhatsApp: 021.62.98162.0498.

É do advogado gaúcho Adão Paiani, que trabalha em Brasília para o DEM, em sintonia com o deputado Onyx Lorenzoni, presuntivo chefe da Casa Civil de Bolsonaro.

O que disse Adão Paiani ao editor, hoje:

- O Whats é para que estudantes de qualquer parte do País que quiserem contar o que professores dos seus colégios fazem em sala de aula, estritamente no caso de lavagem cerebral ideológica de caráter comunista ou de subversão das regras legais de convivência social.

Adão Paiani quer provas materiais, como documentos, áudios ou vídeos, além de narrativa que respondam estas questões: quem, como, onde, quando e por que razão. Mais nomes e endereços do estudante, cuja identidade será mantida em sigilo.

Depois de investigado e comprovado o fato, o caso irá diretamente para a mesa de Bolsonaro.

24 comentários:

Cristiane Carvalho disse...

tem.um.numero a mais corrija para que possamos adicionar

Anônimo disse...

quero saber é se a ação do MP de SC tem respaldo legal em proibir que alunos façam denuncias em um site criado pela deputada do PSC...

como pode ser proibido alguém de receber denuncias?

por que posso, por exemplo, denunciar ao Polibio, como jornalista que é, mas não posso denunciar para o parlamentar que tenha sido eleito para me representar?

Roger Moreira disse...

Tem números demais aí. Você poderia conferir, por favor?

Anônimo disse...

editor, ser sabujo de cuturno de milico e porta voz pano de chão da ultra direita foi o papelzinho q o por do sol da vida deixou....q vergonha alheia ehehe

Helmuth disse...

ATENÇÃO! O NÚMERO CORRETO É ABAIXO, POIS TEM UM 7 A MAIS.:

Adão Paiani

@adaopaiani
28 de out
Mais
Fiscalização da Eleição
Denúncias podem ser feitas através do whatsapp 62.98162.0498 - exclusivo para mensagens de áudio, vídeo, fotos ou texto, com local do fato com nome e número do título de eleitor do denunciante. Não serão atendidas chamadas pelo celular ou aplicativo.

Taylor disse...

TIREM O ALGARISMO "7" QUE FICA CORRETO.

Anônimo disse...

Tem número a mais

Anônimo disse...

PSL, erro meu...

Anônimo disse...

Para quem critica esse modelo de fiscalização, reflitam mais. Se os coordenadores dos cursos, diretores escolas e universitários fossem mais profissionais e menos militantes, não teríamos chegado a esse ponto.

É inversão de valores culpar quem quer normalizar a situação e absolver os culpados do caos na educação brasileira.

Cansei de ver professores defenderes ideologias em sala de aula, seja qual for. Explicar a matéria de forma geral e imparcial é diferente de fazer militância. Já tive aulas onde o professor foi profissional e explicou esses temas polêmicos com desenvoltura e alguns que eram militantes falando questões pessoais e tentando influenciar os alunos.

Porém deveriam tomar mais cuidado com essa fiscalização, primeiro deveriam marcar uma reunião com os reitores das universidades, secretários de educação estaduais e municipais. Fazer um congresso ou reunião em brasília, se possível anualmente, para normalizar essa situação. Depois disso que deveriam criar mecanismo para o povo fiscalizar.

Em muitas universidades já existem avaliações internas dos alunos sobre os professores e dos professores sobre os alunos, esse mecanismo já deveria resolver isso. Mas pelo visto toda essa estrutura institucional não impediu o surgimento de radicalismos ideológicos.

João Fernando Cunha da Cunha disse...

TEM NÚMERO DEMAIS, CARO POLÍBIO!
VOCÊ PRECISA URGENTEMENTE DE UM REVISOR!
O SERVIÇO QUE VOCÊ PRESTA AO BRASIL É INESTIMÁVEL!
NÃO PERMITA QUE UM DETALHE COMO ESSE(número a mais)PREJUDIQUE SEU TRABALHO!

Anônimo disse...

"OU O BRASIL ACABA COM A SAÚVA, OU A SAÚVA ACABA COM O BRASIL !"

Anônimo disse...

Um advogado privado que diz que vai mandar pro presidente, que não tem ingerência sobre isso... Nunca vi nada do que esse papo furado do Paraná diz se confirmar... Basta os pais saberem o que está acontecendo no Colégio de seus galhos e trocaram de escola, caso não concordem. O resto é conversa fiada. Como se o Bolsonaro não tivesse coisas mais importantes para se preocupar.

Anônimo disse...

(02/11) FALAR POUCO, O NECESSÁRIO... PENSAR, PLANEJAR, ORGANIZAR, CERCAR-SE DE COMPETENTES E, A PARTIR DE 02/01/2019, EXECUTAR! É ISTO QUE DEVE FAZER O PRESIDENTE ELEITO. O RESTO É ESPECULAÇÃO PURA. E ISSO TUDO COM UM GRANDE APARATO DE SEGURANÇA!

Anônimo disse...

os dedo duros do dops qrem os números kkkk...vermes

vcs/ RJ disse...

Boa iniciativa do presidente, a recente manifestação do supremo sobre a independência das universidades, onde a pluralidade de ideias que foi afirmada, não existe nas nossas universidades públicas, totalmente dominadas pela esquerda, entretanto a toda ação corresponde a uma reação igual ou maior em sentido contrario. Podem esperar a reação da direita nas universidades virá, conflitos acontecerão e a culpa será do Supremo mais uma vez. A universidade não é lugar de disputa partidária, querem fazer política partidária, façam fora das universidades públicas. Não é possível continuar usando dinheiro de impostos para garantir "bunkers" de esquerdopatas que estão defendendo as mamatas que eles adoram.

Anônimo disse...

(62) 98162-0498

Anônimo disse...

Anônimo das 21:17h, os "vermes" acordaram, são a grande maioria e querem um país decente com professores decentes. Estamos saturados de hipócritas, cínicos e sebosos doutrinadores vermelhos para o quais o Brasil não interessa, o que interessa a eles é uma ideologia retrógrada, perversa e que forma cidadãos "exemplares" como tu, uma anta travestida de "intelequitual libertário"!

Roger Moreira disse...

Ser um bunda-mole anooe covarde a serviço do crime é o seu destino. Que miséria

Roger Moreira disse...

Bobagem. Mania de burocracia. Deveríamos fiscalizar toda ação. Isso é ser uma sociedade civilizada. Parou em vaga de idoso? Roubou? Furou fila? Tudo. Se ninguém mais for conivente com o jeitinho brasileiro as coisas entram nos eixos.

Roger disse...

Comunista infiltrado é uma preocupação legítima

Anônimo disse...

uiuiuiui fascista

Anônimo disse...

uiuiuiu enrustido

Léo Valter Tschiedel disse...

Acho que seria interessante publicar um telefone 'correto', ou republicar este. A meu ver, tem o 021 ( Rio) e 62 ( Brasília) + o número propriamente dito. É muito número!

Maiquel Oliveira disse...

Não entendi muito bem mas acho que o novo presidente não pode ser contrariado!!!!isso acho que é ditadura de tanto falar acho que vamos nos transformar na Venezuela mesmo