Moro autoriza provas da Odebrecht em investigação sobre palestras de Lula

O juiz federal Sérgio Moro autorizou nesta segunda-feira, que a Polícia Federal use a delação de executivos da Odebrecht e a documentação ligada aos depoimentos em investigação sobre as palestras do ex-presidente Lula.

O petista controla a empresa LILS Palestras, Eventos e Publicações - aberta em 2011, após ele deixar o governo.

A Operação Lava Jato suspeita que os pagamentos de palestras do petista, no Brasil e em países das américas Latina e Central e África, pode ter ocultado propinas. Os investigadores apuram o recebimento direto de R$ 9 milhões de seis empreiteiras acusadas de cartel e corrupção na Petrobrás, e outros pagamentos indiretos e de outras empresas.

Criada para que o ex-presidente pudesse dar palestras, a LILS movimentou entre 2011 e 2015 um total de R$ 52,3 milhões. Foram R$ 27 milhões recebidos, a maior parte de empreiteiras e grandes empresas, e R$ 25,2 milhões em débitos.

32 comentários:

Anônimo disse...

Temer não comprou o Congresso:

Brasil 31.10.17 06:18 - O Antagonista

O entusiasmo do editorialista do Estadão pelo presidente da República é comovente.

Ele disse:

“Michel Temer tem sido mais eficiente que seus antecessores petistas, porque governa com o Congresso, e não comprando o Congresso.”

Unknown disse...

Alô petralha... incluam no "maravilhoso" curriculum do Lulla!!!

Anônimo disse...

ACREDITE: ESTADÃO DIZ QUE TEMER NÃO COMPRA CONGRESSO, COMO FAZIAM OS PETISTAS
Valter Campanato/Agência Brasil | Reprodução
Editorial publicado nesta terça-feira 31 pelo jornal O Estado de S.Paulo tem chamado a atenção nas redes sociais tamanho o descaramento; para o jornal, é "falsa" a versão de que Temer "só continua de pé porque apelou para o mais rasteiro toma lá dá cá"; texto cita um estudo para afirmar que o custo da governança praticado por Temer "foi até aqui muito mais baixo do que o de Lula e de Dilma Rousseff"
31 DE OUTUBRO DE 2017 ÀS 10:38 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

LULA ABRE AÇÃO CONTRA MORO POR GRAMPEAR SEUS ADVOGADOS
Ricardo Stuckert | Ag. Senado
Os advogados do ex-presidente Lula entraram nesta segunda-feira 30 com mandado de segurança no TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) contra o juiz Sergio Moro, que teria cometido ilegalidades ao não destruir gravações telefônicas que estariam protegidas pelo sigilo profissional garantido por lei a advogados; entre os áudios, há conversas em que Cristiano Zanin Martins dá orientações jurídicas ao ex-presidente; a defesa destaca que a Polícia Federal analisou "as estratégias jurídicas discutidas entre os advogados do escritório" e diálogos dos advogados com Lula e pede que 462 áudios específicos relacionados ao escritório dos advogados sejam inutilizados
30 DE OUTUBRO DE 2017 ÀS 20:18 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

Lula recorre para que Moro seja impedido de usar grampo ilegal:

31/10/2017

Jornal GGN - Os advogados de Lula entraram com um recurso [em anexo] no Tribunal Regional Federal da 4ª Região para impedir que Sergio Moro utilize nos processos da Lava Jato o conteúdo de um grampo irregular feito "por engano" no escritório que defende o ex-presidente.

Nesta segunda (30), atendendo pedido da defesa, Moro decidiu que o material - são mais de 400 horas de gravação que violam o direito de sigilo entre cliente e advoagdo - não deve ser compartilhado com o Ministério Público Federal. Mas não atendeu à demanda para que todo o produto do grampo seja inutilizado.

Segundo a defesa de Lula, a decisão contraria uma promessa que Moro fez ao ministro Teori Zavascki.

Leia, abaixo, a nota escrita pela assessoria do escritório.

O Teixeira, Martins & Advogados, que defende o ex-presidente Lula, apresentou hoje ao
Tribunal Regional da 4ª. Região um mandado de segurança contra as decisões proferidas pelo
juiz Sérgio Moro, no qual pedem que conversas que foram ilegalmente interceptadas do
principal ramal do escritório sejam inutilizadas.

Em 19/02/2016 Moro autorizou que o ramal fosse grampeado sob a justificativa de que ele
pertenceria a uma empresa de palestras do ex-presidente Lula, o que se apurou ser falso. A
companhia de telefonia havia alertado o juiz em duas oportunidades de que o telefone
pertencia ao escritório Teixeira, Martins & Advogados.

Na mesma ocasião, inúmeros outros ramais foram interceptados por Moro. Segundo certidão
emitida pela Secretaria da 13ª. Vara Federal Criminal de Curitiba, foram gravadas 111.024
chamadas, em um total 417h30m51s de duração. Nesse total estão 462 chamadas do
escritório que defende Lula.

Como uma das gravações interceptadas envolveu a então Presidente Dilma Rousseff, os
processos foram avocados para o Supremo Tribunal Federal em 22/03/2016, por decisão
proferida pelo falecido Ministro Teori Zavascki.

Na ocasião Zavascki questionou Moro sobre o grampo no escritório que defende Lula e o juiz
afirmou que desconhecia o fato. Moro ainda encaminhou a Teoria duas correspondências, uma em 29/03/2016 e outra em 04/04/2016 nas quais afirma que as conversas nos ramais do
escritório não foram divulgadas e que seriam inutilizadas.

No entanto, Moro recebeu de volta o processo em 24/06/2016 e não tomou a providência. O
fato somente foi percebido pelos advogados de Lula após a Secretaria da 13ª. Vara Federal
Criminal de Curitiba haver emitido uma certidão no último dia 25 de outubro, na qual relaciona
o ramal do escritório dentre as conversas disponíveis. Moro havia autorizado que o MPF e as
defesas tivessem acesso ao material.

Hoje, no entanto, Moro atendeu em parte o pedido do Teixeira, Martins & Advogados, que
pediam que Moro cumprisse o que havia dito ao STF em relação à inutilização do material. O
juiz acolheu em parte o pedido, impedindo “em princípio” que as partes tenham acesso às
conversas gravadas no ramal do escritório e que a inutilização seria apreciada no futuro.

O escritório então pediu ao TRF da 4ª. Região que seja determinada a imediata inutilização das conversas telefônicas: “Aqui não se está a discutir, pede-se vênia para insistir, eventual
“indiferença” para as investigações, mas sim a necessidade de que conversas telefônicas
ilegalmente interceptadas de um escritório de advocacia sejam inutilizadas na forma da lei,
cumprindo a própria palavra que a autoridade coatora havia empenhado perante o supremo
tribunal federal”.

Segundo o escritório, Moro está tornando o Brasil “reincidente” no cenário internacional por
violar sigilo entre advogado e cliente. O País foi recentemente condenado pela Corte
Internacional de Direitos Humanos no caso Escher, que envolvia a gravação de conversa entre
advogado e cliente.

Anônimo disse...

Toda e qualquer prova deve ser utilizada contra corruptos. Parabéns Juiz Moro.

Unknown disse...

O molusco "consultor" está "palestrando" no Nordeste!!!
O "Power Point" é o mesmo!!!

Alberto disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

DEFESA DE LULA COBRA PERÍCIA TAMBÉM EM DOCUMENTOS DO MPF

"A realização de perícia nos recibos relativos à locação contratada por D. Marisa irá confirmar inequivocamente que eles são idôneos e foram emitidos regularmente pelo proprietário do imóvel, com declaração de quitação. Temos segurança de que esses documentos são íntegros e colaboraremos para a realização da perícia caso ela seja deferida e para que a verdade dos fatos prevaleça", afirma o advogado do ex-presidente, Cristiano Zanin Martins; ele também defende, "para observar a igualdade", que o juiz Sérgio Moro "autorize a realização de perícia também nos documentos que o MPF apresentou e que tiveram a idoneidade questionada pela defesa do ex-Presidente Lula"
9 DE OUTUBRO DE 2017 ÀS 19:40 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

Moro é o maior cabo eleitoral de Lula. Essa sua sanha em perseguir o ex-presidente, isso desde que o sequestrou de seu apartamento e o levou na marra pra Congonhas, passando pelo vazamento pra GLOBO de gravações sigilosas dele com a Dilma, até sua condenação a 9 anos de prisão sem provas, por causa do tal "triplex" sem escritura, tudo isso associado ao fato de que com Temer e Aécio ninguém mexe, mesmo ambos tendo sido gravados e tido sua corrupção COMPROVADA, só faz Lula subir mês a mês nas pesquisas pra 2018. O povo tem a percepção dessa perseguição a Lula, ao mesmo tempo que há uma omissão total da justiça e do Congresso ( o mesmo que avalizou o golpe e tirou Dilma do poder ) para com Temer e Aécio. Até o fim do ano Lula bate nos 40%...

Anônimo disse...

Vão investigar as palestras do Sr. Mouro e do Dellagnol também? O lula começou a fazer palestras depois de sair do Serviço público, já os que o acusam usam o serviço público para fazer palestras.

Anônimo disse...

Contra Lula,sou a favor! A favor de Lula, sou contra! Palavras do juiz imparcial do Paraná! Tá muito na cara!

Anônimo disse...

Saiu outra pesquisa eleitoral, o desespero bate às portas dos golpistas, sejam eles de toga ou não.

Anônimo disse...

Moro autorizando algo contra o Lula?Novidade.....agora pergunta se ele autoriza pericia nos documentos de acusação da MPF....não né.

Anônimo disse...

Isso ja era esperado. A cada ibope uma investida. Moro meu heroi investigue a Andreia Neves por favor, ela não tem foro privilegiado, como o irmão aécio....

Anônimo disse...

O juiz Moro e seus Procuradores mais uma vez procurando pelo em ovo em busca de holofotes. Todos sabemos que se esses processos contra o Lula se esgotarem, todos eles voltarão para o anonimato. Rolaria até uma "deprê.

Anônimo disse...

Já virou regra né? Aparece uma pesquisa com Lula na frente e no dia seguinte o juiz do Paraná inventa uma nova ação....

Anônimo disse...

Provas? Que provas? Eles não as têm! Nenhuminha só! Agora o juizeco parcial, em mais uma atitude de perseguição política, chama documentos de prova em uma autorização, só para criar esse tipo de noticiazinha requentada, ahhh isso pode! Enquanto isso TRILHÕES são perdidos em leilões entreguistas do pré-sal e fica por isso mesmo... Bilhões são usados para manter Aécio e Temer no poder e nAda... PMDB e PSDB destroem a CLT, a previdência, o salário-mínimo, a educação e saúde públicas e nada...

Anônimo disse...

LULA PUBLICA PALESTRA QUE O MP DIZ NÃO EXISTIR

"Segundo o Ministério Público Federal, essa palestra que aconteceu em 7 de maio de 2014, em Luanda, Angola, não existe", diz post na página do ex-presidente no Facebook, acompanhado de um vídeo de 10 minutos com trecho da palestra e o áudio da íntegra da fala de Lula; segundo a acusação do Ministério Público Federal, Lula teria favorecido a Odebrecht com empréstimos no BNDES em troca da contratação da empresa de seu sobrinho em Angola e de palestras suas no país africano; segundo a defesa do ex-presidente, a acusação é "absurda", primeiro, porque "as decisões do BNDES são colegiadas", e Lula não participava delas; além disso, "se Lula não é funcionário público desde 2011 não pode lhe ser imputado o crime de corrupção ou tráfico de influência", afirmam os advogados
14 DE OUTUBRO DE 2016 ÀS 15:22 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

Lula revela a lista de empresas que contrataram suas palestras:

Em nota à imprensa, Instituto do ex-presidente considera violação de sigilo 'um ato criminoso' e anuncia que pediu investigação

18 Agosto 2015 - Fausto Macedo, Andreza Matais e Vera Rosa - Estadão

O Instituto Lula abriu nesta terça-feira, 18, a lista completa das empresas que contrataram palestras do ex-presidente da República desde 2011. A medida foi tomada depois que Lula solicitou ao Ministério da Justiça, ao Ministério da Fazenda e à Procuradoria-Geral da República que apurem a violação de sigilo de sua empresa, LILS, segundo nota à imprensa divulgada pelo Instituto Lula. (...)

Anônimo disse...

Lula publica vídeo de palestra que MP diz não ter existido:

14 out 2016 - DCM

A equipe do ex-presidente Lula publicou nesta sexta-feira 14 no Facebook uma palestra dele em Angola, na África, que o Ministério Público Federal afirma não existir.

“Segundo o Ministério Público Federal, essa palestra que aconteceu em 7 de maio de 2014, em Luanda, Angola, não existe”, diz o post, acompanhado de um vídeo de dez minutos com trecho da palestra e o áudio da íntegra da fala de Lula.

Segundo a acusação do Ministério Público Federal, Lula teria favorecido a Odebrecht com empréstimos no BNDES em troca da contratação da empresa do sobrinho de Lula no primeiro casamento, a Exergia, em Angola, e de palestras suas no país africano.

Segundo a defesa do ex-presidente, a acusação é “absurda” por uma série de motivos. Confira abaixo a íntegra do esclarecimento dos advogados sobre o assunto:

A acusação: Lula teria trocado empréstimos do BNDES pela contratação da empresa de sobrinho em Angola e palestras no país

Porque é absurda: As decisões do BNDES são colegiadas, tomadas por funcionários do banco, e Lula não participava delas quando era presidente tampouco após deixar a presidência, em 2011. As decisões do BNDES são devidamente assinadas pelos responsáveis pelos empréstimos do banco, que não estão na denúncia. São mais de 40 pessoas que analisam e participam do processo de aprovação de cada empréstimo. Lula fez palestras, todas devidamente registradas e comprovadas, como vários outros ex-presidentes. Atos perfeitamente legais para um cidadão privado, que agora os procuradores querem rever, sem provas, munidos apenas de preconceito e insinuações. Além disso, se Lula não é funcionário público desde 2011 não pode lhe ser imputado o crime de corrupção ou tráfico de influência. As relações entre Odebrecht e Exergia (da qual o filho do ex-cunhado de Lula é sócio) são relações entre duas empresas privadas. Lula não recebeu qualquer valor da Exergia, o que é provado pela quebra de sigilo bancário e fiscal do ex-presidente, que não mostra um centavo vindo da empresa.

Anônimo disse...

Defesa de Lula lista 72 palestras e diz que dinheiro confiscado por Moro tem origem legal:

23 jul 2017 - Viomundo

Entre 2011 e 2014, depois de deixar a presidência e deixar de ser funcionário público, Lula realizou 72 palestras para 45 instituições e empresas de diversos setores econômicos, nacionais e estrangeiras, como a Microsoft, Iberdrola, Telmex, Nestlé e Bank of América.

Teve palestra no Museu de História Natural em Londres e na Biblioteca do Congresso Americano, em Washington.

No Brasil, além de grandes bancos e construtoras, a Infoglobo, do Grupo Globo, contratou a LILS para uma palestra de Lula na Associação Comercial do Rio de Janeiro, pagando o mesmo valor por palestra que todas as outras empresas.

A realização de cada uma dessas palestras foi comprovada ao Ministério Público Federal por meio de fotos, vídeos e registros na imprensa, além de ter sido confirmada em depoimentos à Justiça por vários contratantes.

Relatório com lista e relação de palestras já foi publicado há muito tempo na internet.

Lula poderia ter feito muito mais palestras profissionais do que fez, mas abriu mão de diversos convites pagos para falar, gratuitamente, para sindicatos, movimentos sociais, organizações multilaterais e governamentais, sobre temas como o combate a fome, integração continental e cooperação para o desenvolvimento e a paz mundial.

Participou de atividades, gratuitamente, em países como Etiópia e Malauí, dentro da missão de promover políticas públicas de combate à pobreza e à fome.

Em 2014, quando tinha 68 anos de idade, e depois de um câncer, Lula decidiu aplicar parte dos recursos da LILS em um plano de previdência privada (PGBL), que tem como beneficiários seus filhos, que não são bilionários nem donos da Friboi.

São os cerca de R$ 7 milhões bloqueados na Brasilprev. Um outro plano também bloqueado, no valor de R$ 1,8 milhão, tinha como beneficiária a esposa de Lula, Marisa Letícia, falecida esse ano.

Tudo dentro da lei, e feito com toda a documentação. (...)

Anônimo disse...

CPMI DA JBS APROVA REQUERIMENTO PARA OUVIR TACLA DURAN
Reprodução | Divulgação
Requerimento apresentado pelos deputados Paulo Pimenta (PT-RS) e Wadih Damous (PT-RJ) na CPMI da JBS para que o advogado Rodrigo Tacla Duran seja ouvido sobre as denúncias que fez contra a Lava Jato e envolvendo o juiz Sergio Moro; os dois deputados estiveram na Espanha na semana passada para se encontrar com Tacla Duran, que segundo Pimenta confirmou a eles todas as denúncias já feitas por meio de entrevistas
31 DE OUTUBRO DE 2017 ÀS 12:07 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

A LILS foi criada para lavar, uma grande lavanderia .!!!

Anônimo disse...

PALESTRA DO LULA?O QUE UM OPERÁRIO CORRUPTO,QUE SÓ QUERIA O PODER PODE PASSAR DE BOM PARA UMA PLATÉIA?VAI FALAR SOBRE BOLSA FAMÍLIA?SOBRE OS CHAVISTAS?COMUNISMO?COMO ROUBAR UM PAÍS TODO E NÃO IR PRESO?ME POUPE.É TUDO FALCATRUA,TUDO FANTASIA PARA ENCOBRIR A ROUBALHEIRA DESTE CANALHA.TEM QUE IR PRESO LOGO,ELE E A QUADRILHA PETISTA.

Anônimo disse...

Operário que chegou a Presidência da República duas vezes, com aprovação de 87% anonimo das 15:50. O julgamento de lula não acaba com o juiz moro e nem no TRF4, acaba nos Tribunais Superiores. Não cante vitória antes de terminar o jogo, neo nazista de plantão.

Anônimo disse...

Na realidade pelo que já foi apurado nas delações e documentos às ditas palestras era uma forma de legalizar o recebimento de propina, una forma de mascarar a realidade.

Anônimo disse...

Na realidade pelo que já foi apurado nas delações e documentos às ditas palestras era uma forma de legalizar o recebimento de propina, una forma de mascarar a realidade.

Anônimo disse...

Dizem que as palestras era uma forma de legalizar o recebimento das propinas. Una forma de mascarar o dinheiro recebido ilicitamente.

Anônimo disse...

É preciso investigar a fundo isso tudo. Propina agora tem diversos nomes.

Anônimo disse...

Com certeza vários delatores devem ter entregado como se dava a legalização do dinheiro nas denominadas "palestras".