Artigo, Helena Vieira - Afinal, o que é a Teoria Queer? O que fala Judith Butler?

- A autora, Helena Vieira,explica a seguir o que é a Teoria Queer 

Tornou-se consideravelmente comum vermos ativistas, sobretudo transfeminitas (como eu), falarem de Teoria Queer. Esses dias, fui interpelada por uma amiga que me perguntava: “Diabéisso de Teoria Queer?”

De fato, é uma forma de saber que a Universidade não tende a ensinar aos estudantes de graduação, e, apesar de existir muito material na internet sobre o assunto, é raro que paremos nossas vidas para procurar um texto que responda: O que é teoria Queer? Antes, contudo, é importante entendermos o que é “queer”. Que termo é esse?

O nome: Queer

Queer é uma palavra inglesa, usada por anglófonos há quase 400 anos.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

15 comentários:

Anônimo disse...

"...a Universidade não tende a ensinar aos estudantes de graduação..."

Como não? É só o que se vê. Entram meninas de familia ou meninos com um futuro brilhante e saem sapatões, feministos (pra não dizer outra coisa), sjw, ... Se esse é o quase, não quero nem saber como seria se esse lixo fosse realmente ensinado.

Anônimo disse...

Oportuno e esclarecedor.

Anônimo disse...

Eles teorizam tanto, enrolam tanto, que nem eles mesmos conseguem se entender.
Vejam o caso de LGBT, daqui a pouco, será necessário todo o alfabeto para designar o grupo ou os grupos que surgem todos os dias.
A mim, que sempre achei que bastava dizer que sou do sexo masculino, macho, heterossexual, me deram outra definição: cisgênero. .
Eles não se contentam e rotularem a si mesmos, rotulam também os outros.

Mordaz disse...

É uma luta pelo poder entre os doentes mentais e os normais. Com um discurso vitimista os doentes impõem uma agenda ao normais que estão despreparados para resistir vítimas de uma visão cristã de perdão e anulamento do seu poder. Toda esta teoria ignora a biologia a e necessidade de geração de um amanhã sadio e reproduzível. A geração de novas gerações e não a prática onanística estéril e egoísta.

Anônimo disse...

Deixa pra lá. Fico com a interpretação cromossômica do significado de gênero. Socialmente, todos podem ser qualquer coisa: anjos, demônios, Napoleões,machos, fêmeas, ou qualquer coisa entre isso ou fora disso, etc.

Mordaz disse...

Queer pode ser traduzido pela palavra portuguesa de "degenerado". Aquele que não consegue se socializar dentro do seu gênero biológico. Que fracassou no seu desenvolvimento mental, emocional e biológico a atingir a normalidade pelo qual o sexo e gênero se destinam.

Anônimo disse...

Não vou ocupar os escaninhos da minha memória com teorias absurdas.
Homem é homem e mulher é mulher.
Quem quiser ser diferente que seja.
MAS DEIXEM AS CRIANÇAS EM PAZ.

Anônimo disse...

Teoria é teoria.

Anônimo disse...

resumindo isso tudo é um lixo bizarro vindo de doentes mentais na mais alta devassidão e perversão!

Anônimo disse...

Esta "especialista" não sabe a origem da palavra "queer". É de raiz germânica e significava inicialmente atravessado, transversal, em direção cruzada. Daí sua aplicação aos comportamentos anormais. Em alemão moderno existe o termo "quer" (pronuncia-se kver) indicando a posição transversal mas não usado como no idioma britânico.

Anônimo disse...

Enéas já falava isso, que um homem sempre será XY e uma mulher XX, por mais que se tente por vias hormonais e cirúrgicas modificar um ser masculino ou feminino.

O que tem haver a sexualidade de uma pessoa com concluir sua graduação???

Estudei, me formei e sou heterossexual. E QUAL O PROBLEMA SEUS MARXISTAS DEGENERADOS?

Fora a essa teoria queer.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
oriana disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Ricardo A. N. Dornelles disse...

Quanto terreno baldio nesse cérebro! Quanta parolice empertigada! Quanta falta do que fazer! Quanta verba de desdentado para estiolar! Que vá aprender a fazer algo de útil que justifique o ar que respira e a comida que consome!