Sobrinho do senador Paim dobra de salário no Trensurb. Ele foi para uma reclamatória trabalhista e levou.

O ex- auditor da Trensurb e atualmente operador de trem, Claudio Cesar Paim, sobrinho do senador Paulo Paim, conseguiu aumentar seu salário para R$ 20 mil, através de uma liminar. 

Paim ganhava R$ 9 mil mensais.

O editor buscou a informação na Justiça do Trabalho.

Quem compulsou os autos, como o editor, percebeu que a direção da Trensurb não entrou com recurso.

30 comentários:

Anônimo disse...

Absurdo!

Tem de privatizar imediatamente e demitir estes corruPTos!

Anônimo disse...

Por essas e outras que a privatização é urgente e inevitável. Única forma de acabar com o assalto dessa quadrilha, como aconteceu na CEEE, Corsan e tantas outras.

Anônimo disse...

só mais um motivo para privatizar tudo!

Anônimo disse...

LEMBRE-SE:

A Justiça do Trabalho existe para proteger o trabalhador dos patrões exploradores!!!!


KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

KKKKKKKKKKKKK sempre assim com a máfia............

Unknown disse...

E assim o Brasil afunda!!!
A CEEE quebrou pois seus "foncionários adevogados" não defendiam a ex-estatal nas causas judiciais, pois elles ganhavam se a estatal perdesse!!!

Anônimo disse...

A troco de que santo o sobrinho de um petista tem cargo numa estatal federal? Que tivesse nos governos petistas, entende-se, mas hoje o PT faz oposição ferrenha ao "dono" da Trensurb!

Unknown disse...

Todo Paim é um câncer!!!

Unknown disse...

Só em uma Justiça do Trabalho podre isso é possível!!!

Anônimo disse...

Contra isso só privatização.

duarte disse...

Polibio

Os petitas nao acreditam,dizem que é mais uma armação do editor. Como ter acesso ao processo??

Att

Anônimo disse...



E VIVA A DISNEYLANDIA DO SERVIÇO PUBLICO...É UMA FESTA....

E VOCÊ QUE VIVE DA INICIATIVA PRIVADA É QUE PAGA O SALARIO DO RAPAZ...SABE COMO!!!!.COM MAIS IMPOSTOS...E MENOS GRANA NO TEU BOLSO....

Anônimo disse...

Anônimo das 10:23 está certíssimo.

Anônimo disse...

Privatização já, mas efetiva. Privatizado pelos partidos e corporações já está. E o contribuinte assiste a tudo, tal qual rebanho bovino indo ao açougue.

Anônimo disse...

O sobrinho de PAIM foi auditor do Trensurb? E hoje é operador, ganhando R$20 Mil ? Como é boa a vida de parentes de sindicalistas poderosos no Brasil .!!!

Anônimo disse...

A direção do Trensurb NÃO entrou com recurso. É tudo combinado. Como iria entrar com recurso contra o sobrinho do Senador do PT , o manda-chuva do Trensurb ???

Anônimo disse...

A direção do Trensurb NÃO entrou com recurso. É tudo combinado. Como iria entrar com recurso contra o sobrinho do Senador do PT , o manda-chuva do Trensurb ???

Anônimo disse...

Imperioso destacar que conforme entendimento pacífico dos Tribunais,
“exercendo o empregado a função por mais de 10 anos, não pode empregador
retirar a gratificação de função, sem justo motivo, tendo em vista o princípio da estabilidade financeira” conforme dispõe a Súmula nº 372 do Colendo TST.

Anônimo disse...

Por que a Trensurb está falida.
Em 2017 a receita, até agora, foi de R$75.053.877,43
A despesa foi de R$170.926.292,48
Só com estas maracutais postadas nesta notícia a Trensurb gasta por mês, R$200 mil mensais.
Enquanto isso o Presidente Borille não faz nada para melhorar a situação. Só está interessado em receber o salário de R$25 mil por mês e a empresa que exploda.

Anônimo disse...


Operador de Trem (nove mil reais e já ganhava bem...) é guindado a um cargo de auditor (vinte mil reais...) e nele permanece tempo suficiente (via de regra, dez anos), para "na mudança" ter "direito adquirido reconhecido". Se a assertiva estiver correta, certamente não é só no caso do trensurb, mas em muitas outras estatais....

Alberto disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

CADE O MPF? A direção é responsável como os assessores jurídicos! Não vai dar em nada. Mas ao menos deveriam responder ao MPF.

Anônimo disse...

Agora vem uma chuva de reclamatórias dos "colegas" para equiparação salarial.
É pra isso que a turminha não gosta de privatizar.

Anônimo disse...

A MÉDIA de SALÁRIO de um Operador de METRÔ , nível Master, o mais alto, no Brasil é de R$ 3 MIL . Claro , se ele tiver o sobrenome PAIM e for sobrinho de Senador o salário é mais alto. Entretanto, salário de R$ 20 MIL , nem na FRANÇA , para operadores de trens de alta velocidade, os TGV. !!! Tia Glória.

Anônimo disse...

Respondendo ao anônimo 11:27 há um engano quanto a súmula 372. A Direção da Trensurb já considerou que a súmula não se aplica a empresa e todas as incorporações dadas aos petistas a partir de 2012 foram ilegais.

Antonio Sanches disse...

Isso acontece com o ex- superintendente Ernani Fagundes,ex-gerente comercial Antônio Freitas, ex-assessor da presidência Edson Silva,com o ex- presidente Humberto kasper e outros tantos FGs que se beneficiaram dos cargos petistas,isso tudo denunciado pelo sindicato dos metroviários junto ao ministério público.