Palocci não delata Lula. MPF acha que o petista enrola a Lava Jato.

A Procuradoria-Geral da República não está satisfeita com os depoimentos oferecidos até agora pelo ex-ministro Antonio Palocci, que haviam sido anunciados como altamente comprometedores contra os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff.

Isto porque ainda é incipiente o volume de informações e provas apresentadas por ele, fazendo com que o acordo de delação premiada que poderia livrá-lo da cadeia não tenha se mostrado suficientemente interessante para os procuradores.