Grupo ligado à Rodrigo Maia tenta envolver militares. Etchegoyen nega ida para o comando do Exército.

General Etchegoyen: "São ilações irresponsáveis"

A nota a seguir é do site DefesaNet, especializado em assuntos militares. A nota informa que em mais uma tentativa de desestabilização do governo e no impulso de tentar derrubar Michel Temer, os aliados de Rodrigo Maia envolvem os militares

Leia mais:

No atual momento de Guerra Informacional, uma das características da Guerra Híbrida em curso, todos os pontos são importantes.

A publicação Relatório Reservado publicou uma nota, em sua edição Nº 5567, de segunda-feira(10JUL2017), com o título “Rodrigo Maia já rascunha o seu Ministério”, que transcrevemos abaixo.

Há uma passagem realmente interessante:

“A exceção seria feita ao ministro chefe do GSI, General Sergio Etchegoyen, que,  posteriormente, poderia ser promovido aos cargos de ministro da Defesa ou comandante  do  Exército.

Esta passagem não é uma mera frase pois o ministro-chefe do GSI, e sua equipe tem sido um dos pontos chaves do governo. 

DefesaNet contatou o Gen Ex Sergio Westphalen Etchegoyen, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional para seu posicionamento.

A mensagem recebida do próprio Gen Ex Etchegoyen foi a seguinte:
“Mais uma enorme ilação irresponsável”.
A resposta, embora sucinta, é definitiva e indicadora do posicionamento do ministro-chefe do GSI.

A palavra “ilação” é muito simbólica no atual momento.

CLIQUE AQUI para saber mais.