Vendas de papelão ondulado cresceram na passagem de maio para junho

Na época em que o editor trabalhou sob o comando do jornalista Hélio Gama na Editoria de Investimentos da revista Veja, uma preocupação da editoria era mensurar a todo momento as encomendas de papelão ondulado, porque seu desempenho permitia imaginar em que direção iriam as vendas da indústria e do comércio. Este papelão é o que forma caixas para produtos mais pesados. E é assim.

As vendas de papelão ondulado somaram 282.252 toneladas em junho, de acordo com os dados divulgados na última sexta-feira pela Associação Brasileira de Papelão Ondulado (ABPO). Com isso, houve crescimento de 0,4% entre maio e junho e de 2,4% na comparação com mesmo mês do ano passado. 

Espera-se desempenho positivo do setor de papelão ondulado em junho, registrando ligeira melhoria da produção industrial no período.