Índices desta semana permitirão medir a economia no primeiro semestre

Depois de os índices de inflação conhecidos na última semana terem reforçado a manutenção da tendência desinflacionária, o foco do mercado doméstico nesta semana deverá ser a evolução da atividade econômica no segundo trimestre. Por ora, os sinais têm sido positivos para maio com alguma correção baixista em junho, levando os economistas do Bradesco, por exemplo, a projetar uma retração do PIB de 0,3% no período, segundo comunicado que o editor acaba de receber. 

Referentes a maio, ocorrerás a seguinte sequência de divulgações: 

- Pesquisa Mensal do Comércio, na quarta-feira, que deve mostrar estabilidade das vendas do varejo restrito na passagem de abril para maio.
- Pesquisa Mensal de Serviços do IBGE, na quinta-feira
- IBC-Br, proxy mensal do PIB calculada pelo Banco Central, na sexta-feira, que deve mostrar estabilidade da atividade econômica entre abril e maio. 

Além disso, serão conhecidos os resultados mais atualizados da safra agrícola (que serão divulgados no levantamento da Conab na terça-feira) e do emprego industrial de junho, segundo a Fiesp, na quinta-feira.

Nenhum comentário: