Datafolha constata que quanto mais denúncias atingem o PT, mais cresce o apoio popular ao PT

O Datafolha de hoje publica nova enxurrada de pesquisas que fez junto aos brasileiros, desta vez para saber quem é de esquerda e quem é de direita.

A Folha de S.Paulo, dona do Datafolha, constata:

- A alta nas opiniões de viés mais progressista reverteu a vantagem, constatada em 2014, da direita sobre a esquerda. Os dois grupos voltam agora ao empate técnico. No somatório, direita e centro-direita representam 40% da população. Na pesquisa anterior eram 45%. Já a soma de esquerda e centro-esquerda aumentou de 35% para os atuais 41%. O centro manteve-se com 20%. Um ano após o impeachment de Dilma Rousseff, a pesquisa põe em dúvida a hipótese de que a direita teria se beneficiado do declínio petista e do desgaste sofrido por algumas das principais lideranças do partido.

Segundo Datafolha, quanto mais as roubalheiras do PT acabam em investigações e processos de seus líderes, casos de Lula e Dilma, ou até em prisões, como são os casos de Zé Dirceu, Palocci e Vaccari, mais o povo brasileiro apoia a esquerda, ou seja, o PT.