Lula defende renúncia de Temer. Ele promete eleger-se presidente para acbar com a corrupção.

O ex-presidente Lula defendeu ontem a renúncia imediata do presidente Michel Temer. Lula propós eleições diretas e avisou que será candidato e ocupará a vaga de Temer para pacificar e acabar com a corrupção no Brasil.

Nós queremos que o Temer saia logo, mas não queremos um presidente eleito indiretamente — disse Lula, ontem,  durante a posse dos novos integrantes do diretório municipal do PT em São Bernardo do Campo, São Paulo.

Este foi o primeiro pronunciamento do ex-presidente desde o escândalo das delações da JBS, nas quais, como Temer, também foi delatado como sendo destinatário de propina.