Dilmês cede o passo ao português

Nos pronunciamentos públicos, sai o dilmês e entra o português.

4 comentários:

Anônimo disse...

Boa Editor!
Entra a sensatez!
Como é que um animal destes conseguiu ficar tanto tempo no governo de um país como o Brasil? Deu no que deu!

Anônimo disse...

Já percebi pela fala dos ministros e do próprio Pres. Temer.
Chega de falatório, de expressões esdrúxulas, de termos de baixo nível e, principalmente, de "grelo-duro"! Essa horrorosa expressão que define as petistas chinelonas é o apogeu do linguajar cachaceiro/mandiocão.

Anônimo disse...

Ouvir um burro zurrar é melhor do que ouvir Luladrão e Dimandioca emitindo sons guturais!

Unknown disse...

Graças a Deus...