Lula aconselha o deputado Wadih Damous, ex-presidente da OAB do Rio: "Tem que achincalhar o Moro e amedrontar a Lava Jato"

Ex-presidente da OAB do Rio, Damous é da tropa de choque petista. Ele topou esta conversa criminosa de Lula. 

Numa escabrosa e criminosa conversa que teve com o deputado petista Wadih Damous, ex-presidente da OAB do Rio, Lula diz claramente o que é preciso fazer para desmoralizar a Operação Lava Jato e com isto escapar da cadeia:

- Os deputados do PT precisam achincalhar e desmoralizar o juiz Sérgio Moro. Essa turma da Lava Jato precisa ter medo e parar.

Wadih Damous concorda.

Lula vai adiante:

- Um filho da puta desses fala o que quer... Não é possível. Tem que achincalhar publicamente. Eles precisam ter medo da gente.

CLIQUE AQUI para examinar a conversa passo a passo.

8 comentários:

Anônimo disse...

isso ai presidiu a la carioca da Ordem dos Advogados do Brasil!!!!!!!!!

inacreditável...

olhem o naipe dessa gente!!

AHT disse...

Se ódio, necessidade de vinganças e esse linguajar do Lula não são coisas próprias de um chefão criminoso, então é o quê?

Anônimo disse...

Lula dentro de deu cinismo psicopático aconselha seu cupincha a usar métodos tipicamente fascistas!

Anônimo disse...

ASSIM SERÁ COM TODOS QUE O AJUDAREM A CHEGAR AO PODER ABSOLUTO.

PRIMEIRO MANDAMENTO: NÃO DEVE HAVER PESSOA QUE POSSA DE ALGUMA FORMA ATRAPALHAR A DITADURA, SEMPRE FOI, E É ASSIM. SEM VESTÍGIOS.

Anônimo disse...

Essa figura humana maravilhosa apresentou um projeto para acabar com a delação... agora tá explicado o porquê!

fred oliveira disse...

Como Lula fala dessa forma de um juiz e nada lhe acontece? o fato de ser ministro nao impede que lhe seja dada ordem de prisao, mesmo que tenha que partir desse supremo esquisito. Chamar um juiz de f. d. p. e' absurdo.

Anônimo disse...

Eu, pelo menos, tenho a consciência limpa, pois nunca votei neste maloqueiro. Sujeitinho baixo-nível, canalha e mau-caráter este Jararaca dos infernos. Certo estava o saudoso Dr. Enéas quando disse na cara deste psicopata que ele não tinha a menor capacidade de governar um país. Se até há uns 15 anos era modismo se declarar petista, hoje é motivo de vergonha!

Anônimo disse...

Comportamento de mafiosos, não é por acaso que mataram Celso Daniel, ele era uma ameaça aos planos de poder destes quadrilheiros.