Empresários de Novo Hamburgo denunciam escárnio do governo Dilma

Ao contrário do silêncio ensurdecedor da Fiergs, que continua muda, surda e cega diante do caos político criado pelo governo Dilma, que só faz tornar mais dramáticas as crises econômica e social, a Associação Comercial e Industrial de Novo Hamburgo, Grande Porto Alegre, voltou a tomar posição clara de denúncia da desordem institucional cadenciada pelo Planalto.

Na nota intitulada "No limite do escárnio", a entidade se diz aturdida com as proporções do caos político.

Em Novo Hamburgo, a ACI resolveu substituir a bandeira do Brasil por uma bandeira preta.

Leia a corajosa nota: 

A Nação recebeu, aturdida, no dia 16 de março, a notícia da nomeação do ex-presidente Luis Inácio da Silva para o cargo de ministro chefe da Casa Civil.

A decisão da presidente Dilma Rousseff quebra os protocolos vigentes até a presente data, no que diz respeito à escolha e à posse de ministros de Estado.

CLIQUE AQUI para ler.

11 comentários:

Anônimo disse...

Devem ser aqueles caras roseadas cornos que queimam as mulheres que poem chifres nesses filhos da puta....bem tipinho de n Hamburgo mesmo

Anônimo disse...

Enquanto isto a Abicalcados mantém o seu silêncio.... Por que o silêncio?

Anônimo disse...

GRANDE ACINH VALEU.

Anônimo disse...

eu já admirava o pessoal do ACI!!!! agora então...
quem trabalha com calçado aqui no Paranhana reconhece o prestígio da entidade!

Parabéns pela postura ACI!!!!!

Anônimo disse...




Esses me representam!!

Anônimo disse...

Finalmente tomaram uma posição corajosa.

Anônimo disse...

O silêncio da Fiergs é revelador: Zelotes!!!

Anônimo disse...

FIERGS DO B !

Anônimo disse...

Políbio,

Os últimos anos da FIERGS deveriam ser "estudados" com lupa.

Nunca vi tamanha subserviência ao Planalto. Talvez na época da ditadura militar.

Até a FIESP quer a renuncia!!

JulioK

Anônimo disse...

FIERGS tem a bolsa BNDES, logo.....

Anônimo disse...

Vai morar em. Cuba recalcado debiloide!