Fiesp/Ciesp: emprego industrial manteve trajetória de queda em fevereiro. Desemprego vai aumentar.

A indústria paulista registrou redução líquida de 12 mil postos de trabalho em fevereiro, conforme divulgado ontem pelo sistema Fiesp/Ciesp. Com isso, o nível de emprego recuou 1,0% entre janeiro e o mês passado, excetuada a sazonalidade, acentuando a trajetória negativa do indicador. Em relação ao mesmo período do ano passado, a queda foi de 10,2%, impulsionada pelo recuo em todos os segmentos pesquisados, com destaque para a fabricação de produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos (-19,7%) e metalurgia (-20,7%). 

O pessoal do Bradesco, em informe desta manhã, diz que o resultado reforça a percepção de elevação da taxa de desemprego nacional nos próximos meses.

2 comentários:

Anônimo disse...

Da nojo ouvir os petistas falarem. Ninguém pode se valer de um cargo, mesmo de presidente da república, para encobrir crimes. São nojentos esse petistas. O povo ta enojado de vcs petistas.

Anônimo disse...

A CORAG JÁ ESTÁ FAZENDO PROTESTOS NA FRENTE DO PALÁCIO COM PANFLETOS,REF. AO PROJETO DO DIA 24,ONDE VAI PARA VOTAÇÃO A SUA EXTINÇÃO JUNTO COM A FDRH.DE NADA VAI ADIANTAR,ESTÁ DECIDIDO.NA CORAG SÃO +- 120 SERVIDORES,80 SÃO APOSENTADOS.MUITA GENTE.UM CONTINGENTE DE SERVIDORES QUE ATÉ JÁ DEVERIAM ESTAR EM CASA.O ESTADO É UMA MÃE.IMAGINA SE NUMA EMPRESA PRIVADA VAI TER TANTOS APOSENTADOS E COM TANTA GENTE NOVA ESPERANDO VAGA DE TRABALHO.NÃO TEM MAIS COMO SUSTENTAR ISSO TUDO.IMPOSSÍVEL.