Dumping impede investimentos de quase R$ 1 bilhão no Pólo de Triunfo

Os grupos Lanxess e Synthos confirmaram nesta quarta-feira que colocaram em banho maria os investimentos previstos para o RS, pelo menos enquanto não obt8iveerem posição dda Camex sobre suas denúncias de prática de dumping externo nas vendas de borracha sintética para o Brasil.

A Synthos, que é polonesa, também não conhseguiu resolver até agora a dúvida sobre garantia de abastecimento e preço do insumo que a Braskem terá que fornecer. O grupo pensa investir R$ 640 milhões em Triunfo.

No caso da Lanxess, o que há é uma atualização da planta que já existe no Pólo, com investimentos previstos de R$ 320 milhões.

Nenhum comentário: