Senado vai votar projeto de Serra que retira participação obrigatória da Petrobrás na exploração do pré-sal

A aprovação da medida provisória que modifica o IR sobre ganhos de capital (leia na nota a seguir), ontem a noite,  destrancou a pauta do Senado e o plenário da Casa começará a discutir agora o projeto de lei do senador José Serra (PSDB-SP) que propõe o fim da participação obrigatória da Petrobras na exploração do pré-sal.

4 comentários:

Anônimo disse...

O PT é contra, pois quebrou a Petrobras porque isto é uma questão de soberania!

Anônimo disse...

Agora o antigo bordão - "O PeTróleo é nosso" - já não faz mais tanto sucesso. Antigamente José Serra e seus projetos que buscavam quebrar monopólios da Petrobrás eram vistos como "entreguistas" e "neoliberais".
Em relação ao pré-sal foi feita uma legislação tributária que garante royalties para os estados e prefeituras produtores de petróleo. A partir desse momento ocorreu um despertar nacionalista nos governadores e prefeitos que nunca se viu antes. Esses royalties do pré-sal são disputados a tapas, socos e pontapés por governadores, prefeitos e pelo Governo Federal.
E o povo? E o trabalhador? É o trouxa da jogada! Cabe a eles o papel de pagarem na bomba pelo combustível mais caro, pagarem milhares de impostos diretos e indiretos por conta do combustível (insumo de tudo o que se compra e vende no país), pagarem imposto de renda, CPMF,e tudo o mais de impostos e, principalmente, o mais importante de tudo: votar nas eleições e manter tudo como está!

Anônimo disse...

Onde está a riqueza do Pré-sal tão proclamada pelo Lula. Enganou o povo direitinho com este papinho e levou três emeições prometendo o que nunca aconteceu: empregos, saúde e educação com taos recursos.

Anônimo disse...

Os ladrões do PT estão de olhos no futuro, querem deixar um DOTE para
as "futuras gerações petralhas" ter o QUE ROUBAR.