Desemprego cresce 70,2% em apenas um ano na região metropolitana de Porto Alegre

E vai ficar pior, porque o governo, os empresários e os trabalhadores não conseguem desenhar modo de estabilizar a economia e retomar o crescimento, portanto os empregos.


A taxa de desemprego pulou de 5,7% para 9,7% da população economicamente ativa na região metropolitana de Porto Alegre, considerado o período de apenas um ano.

O Dieese, que divulgou hoje os números, calculou a expansão em 702%.

72 mil pessoas foram despedidas num ano.

A taxa é a maior para janeiro desde 2009, quando atingiu a marca de 10%. No primeiro mês de 2010, o indicador também ficou em 9,7%. 

Conforme o Dieese, o resultado está atrelado ao fato de a redução de 6,6% do nível de ocupação (menos 118 mil postos de trabalho) ter sido superior à saída de pessoas do mercado (menos 46 mil ou -2,4%). 

Nesse cenário, a queda foi puxada pelo setor de serviços, cujo índice ocupacional teve baixa de 8,1% em 12 meses, o que corresponde a 84 mil trabalhadores. A indústria de transformação registrou um recuo maior no índice, que caiu 10,8%, mas menor em relação ao nível de ocupados — menos 32 mil. 

2 comentários:

Anônimo disse...

Essa situação deve ser culpa do Sartori. Já que a dilma petralha do partido mais HONESTO E ÉTICO DO PAÍS nada tem que ver com desemprego. Assisti ao programa da quadrilha na TV, por eles o país tá no melhor dos mundos, o que existe de errado é culpa da imprensa golpista, da oposição(né L.F.Veríssimo...?) e como sempre, culpa do FHC.

Diogo Zaddor disse...

Ei, Mano da plaquinha? Votou em quem, hein?!
Ahhhh... na dilmAnta, é?! Entonces, fuck youself and get off! Kiss you ass, worm hole!!!
Votou no Aécio... welll, localize um esquerdofrênico qualquer, enrole a plaquinha e aumente a hemorróida dele porque ele merece, com certeza! Faça com que ele se lembre em quem votou cada vez que for descarregar os intestinos no vaso! Do it!!!