Entenda as respostas mais fortes do governo Sartori no combate aos bandidos do RS

A foto ao lado é de Felipe Daroit, Rádio Gaúcha. A foto está disponibilizada no Google. É cena desta manhã na Loja Claro (leia nota, abaixo). - 


Ainda é muito cedo para que os bandidos entendam e a população perceba, mas a reação que o governo Sartori iniciou há duas semanas na área de segurança pública já permite entender que existem razões para maior otimismo.

Acompanhe:

Desde o início da tomada na Vila Cruzeiro, no fim de setembro, mais de 100 criminosos foram presos somente nas operações especiais das polícias gaúchas. Há reforço policial em Novo Hamburgo, Força Tática da BM itinerante em Porto Alegre, BOE na Cruzeiro e operações subsequentes do Denarc. Em 11 dias de ação na Cruzeiro já são 28 presos. Nas operações do Denarc foram 60 (46 + 14). Força Tática da BM mantém média de 10 presos por dia desde a retomada dos trabalhos no dia 05/10.

BM NA VILA CRUZEIRO
São 300 homens do 1º BOE, ocupando o complexo conhecido como “Grande Cruzeiro”. Foco no restabelecimento da normalidade na comunidade. Presença e visibilidade. Efetivo não desfalca os batalhões de Porto Alegre.

FORÇA TÁTICA
Ação ocorre todos os dias da semana, por 20h. Itinerante, migra conforme o dia. Foca na visibilidade, sensação de segurança, abordagem a veículos, coletivos, barreiras de fiscalização. Zonas de grande concentração de pessoas e forte atividade comercial mapeada. CDL POA e demais entidades do comércio apresentaram lista de locais críticos ao secretário, que repassou para a BM.

OPERAÇÕES DO DENARC
Duas grandes:
- A “Operação Gênesis” desarticulou o tráfico nos condomínios do Minha Casa Minha Vida. Nove meses de investigação. 46 presos. 652 policiais mobilizados maior operação em números de policiais envolvidos da história da PC.
- A “Operação Laranja Mecânica” desmantelou a quadrilha do traficante Xandi, morto em janeiro no litoral. Focou no espólio do criminoso, sequestrando um patrimônio de R$ 5,5 milhões. 14 presos. 370 policiais mobilizados. Maior ação contra a lavagem de dinheiro do tráfico já feita pela PC.

OPERAÇÃO EM NOVO HAMBURGO
A Brigada Militar de Novo Hamburgo vem realizando operações como barreiras em locais aleatórios, visando coibir a ação criminosa e promover a sensação de segurança. São abordadas e identificadas pessoas em diferentes áreas da cidade.
Entre segunda (5) e terça-feira (6/1O), foram verificados 257 carros, 89 motocicletas e confeccionados nove autos de infração. Ainda, foram identificadas 517 pessoas e realizada uma prisão por tráfico de drogas, no bairro Santo Afonso. O indivíduo portava 31O pedras de crack escondidas em um brinquedo, sendo conduzido à delegacia.
Reforço do efetivo vem de pelotões de operações especiais de outros municípios da região metropolitana. Não desfalca os batalhões para o policiamento rotineiro.

NÚMEROS IMPORTANTES:
Apreensão de drogas: 7,8 toneladas em 2015
Traficantes presos: ultrapassamos 500 só em ações do Denarc (recorde é 565, de 2009)
Prisões: mais de 70 mil em 2015

16 comentários:

Anônimo disse...

BM e PC mostrando serviço. Saiam da frente bandidos.

Unknown disse...

Dá-lhe Sartori... Chega de ser conivente com os "amigos" do Tarso, do assessor do ex-secretário de segurança e do próprio Michels!!!

Anônimo disse...

Tem dedo do PTrevas e dos partidos alinhados da esquerdalha, nesta onda de violência no RS. É o famosos LUMPEN, quando os comunas se unem aos marginais.

Anônimo disse...

Excelente trabalho.
Agora falta a justiça receber elogios não permitindo que criminosos voltem para as ruas.
É retrabalho e regasto de verbas públicas esta liberação pura e simples de criminosos investigados sobre longos períodos que voltam para as ruas em poucas horas/dias. É uma falta de respeito tanto pelo trabalho realizado elos policias como pelo contribuinte. Esta mais do que na hora da justiça mudar sua visão sobre a liberação destes criminosos.

Anônimo disse...

http://cristalvox.com.br/2015/10/09/cristalvox-pede-socorro-ao-governador-sartori/

Anônimo disse...

Só pirotecnia....o cidadão de bem gaúcho sabe que o reflexo dessas diligências não minimiza a sensação de insegurança da coletividade...a realidade é outra...Polibio não conseguirá mudar a realidade

Anônimo disse...

Blá, blá,blá,blá....

Anônimo disse...

É isso aí Sartori, não dá colher de chá prá bandidagem. Faz o que o Pinóquio gastador, incompetente não fez pelo estado, apenas deu aumentos salariais prá func.público. Depois do atraso genro, que o CPERS descobriu que as escolas estão sucateadas.

Anônimo disse...

Polibio voce esta de brincadeira ou não checou os fatos. aqui em Novo Hamburgo não tem mais operação nenhuma. Foi tudo uma panfletagem no final de semana e hoje não tem brigadiano na rua coisa nenhuma. Só se é uma outra Novo Hamburgo que eu não more ou não conheça.
Foi ao centro da cidade a pé e não vi nenhum brigadiano!
Joel Robinson de Novo Hamburgo.

Roger Krolow disse...

70 mil foram presos pela polícia. Quantos foram soltos pela justiça? E quantos foram presos mais de uma vez? Seria bom ter esses dados.

Anônimo disse...

vanate governador sartori

Anônimo disse...

E quantos dos criminosos presos nas operações citadas, ainda se encontram atrás das grades ? Claro, eu sei, a culpa nesse caso não é do governo. É da leniência das leis e decisões de juízes mais realistas que o rei!

Anônimo disse...

Tá errado editor. A resposta é pagar o salário em dia e pagar hora extra que a brigadada e a policia vira dia e noite atras da bandidagem.

Anônimo disse...

A bandidagem nunca esteve tao a vontade como agora no governo Sartori/PMDB.
Irao votar macissamente na reeleicao do Sartori na próxima

Anônimo disse...

Os Gauchos devem dar voto de confiança ao Sartori, aos poucos ele colocará a casa minimamente administráveis, não será do dia para a noite que isso ocorrerá, afinal foram 4 longos anos de má gestão pública.O DF está passando o mesmo problema depois da passagem do furacão PT,Perda Total.

Anônimo disse...

Pouco adianta prender se serão soltos em poucos dias ou horas!!!!
Hora de mudar o Judiciario!!!