Banco Central dos Estados Unidos mantém juros zerados

O Federal Reserve (banco central americano) adiou mais uma vez a aguardada elevação da taxa básica de juros nos Estados Unidos, que está entre zero e 0,25% desde a crise econômica de 2008.

Em comunicado após a reunião de dois dias que terminou nesta quarta-feira, o comitê de política monetária do Fed, o Fomc, disse que observa a evolução da inflação e do desemprego, além do desempenho da economia global, para interromper a política monetária em prática. 

5 comentários:

Anônimo disse...

Lá nos states os banqueiros precisam se puxar mais para terem lucros, ao contrário do Brasil onde a máfia dos banqueiros está mancomunada com a máfia petraglia!

Anônimo disse...

Editor, conta pra nós de quanto é o déficit americano. Fica chato falar que lá eles não adotam políticas de austeridade, né?

Anônimo disse...

LÁ O JURO É CONTIDO PARA ESTIMULAR O CONSUMO, AQUECER A ECONOMIA E CONSEQUENTEMENTE DESENVOLVER A PRODUÇÃO INDUSTRIAL.
AQUI O JURO É ABSURDO, ESTRATOSFÉRICO, PARA FREAR O CONSUMO E CONSEQUENTEMENTE DESAQUECER A PRODUÇÃO INDUSTRIAL. EU NÃO CONSIGO ENTENDER ESSA POLÍTICA ECONOMICA APLICADA EM NOSSO PAÍS. OU O AMERICANO QUE ESTÁ ERRADO? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.........








Anônimo disse...

FED possivelmente aumentará os juros americanos em dezembro quando ocorrerá a próxima reunião. Se isso acontecer o Brasil e os paises emergentes em geral irão amargar. Dólar sobe e investidores caem fora do Brasil.

Anônimo disse...

a ex presidanta irá amargar se dólar subir. Brasil com pernas fracas e despesas do setor público subindo.... pobre brasileiro!