Vendas fracas de Natal confirmam previsões de ano mais modesto para o comércio deste ano - o pior da década.

Dados da Boa Vista Serviços, que em Porto Alegre tem como um dos sócios brasileiros o CDL, indicaram perda de ritmo nas vendas co comércio neste Natal. O crescimento foi de 2,5%, ante os 4,1% registrados em 2012, segundo a empresa. Não há dados históricos para o indicador.

. CEO do shopping TOTAL, Porto Alegre, Eduardo Oltramari concorda com redução do ritmo em relação ao ano passado, mas disse ao editor que as vendas superaram suas projeções.

. Crédito restrito, confiança em baixa, juros em alta e dólar mais caro levaram os brasileiros a reduzir o ritmo de consumo neste Natal, a principal data do ano para o comércio. Balanços preliminares indicam o pior desempenho em 11 anos. Os fatores, somados ao ainda alto endividamento das famílias, provocaram, em 2013, uma desaceleração do comércio depois do forte ritmo registrado nos últimos anos. Até então, o consumo vinha se mantendo como o principal vetor de crescimento da economia brasileira.


. O fraco desempenho do Natal confirma as previsões de economistas de que o comércio deva fechar o ano com o menor crescimento em uma década.

4 comentários:

Anônimo disse...

Como transformar 5% de crescimento de vendas em crise:

As vendas em Shoppings Centers aumentaram 5% em 2013, segundo a associação do setor, próximo aos 6% de crescimento em 2012. Foram abertas novas lojas e, portanto, as vendas distribuídas entre mais lojas. Mesmo com o aparecimento de novas lojas, o faturamento das lojas antigas ficou estável Ou seja, a expansão do consumo foi suficiente para garantir a entrada de novas lojas sem afetar o faturamento das anteriores.

Abaixo, a manchete do G1 ressaltando o crescimento das vendas totais.

Em seguida, da UOL, anunciando o pior Natal em cinco anos, com base na seguinte declaração: ""Esse foi o pior Natal em cinco anos. Se não fosse o crescimento orgânico dos shoppings e as expansões, não teria havido crescimento nenhum", diz Nabil Sahyoun, presidente da Alshop.

Ou seja, se o faturamento não tivesse aumentado e os shoppings não tivessem crescido, não teria havido crescimento algum. Durma-se com essa qualidade de informação.

Anônimo disse...

Ué ??? e o espetáculo do crescimento ????

Anônimo disse...

É porque uma calça para uma jovem de 16 anos é mais de R$ 300,00. Este link explica tudo: http://www.youtube.com/watch?v=hGfeJCwnllk

Anônimo disse...

Políbio,

O PT_PAGO(17:03) é pior que a Velhinha de Taubaté!! rsrsrsrrsrsrs

Era notório o cenário de retração devido a inflação alta, dólar mais caro e dívidas pessoais.

Tenho uma "noticia de qualidade" para o PT_PAGO:

- O POVÃO(aquela manada que vota em vocês) já sacou que a inflação é coisa do diabo!!!

- O POVÃO esta prester a saber o nome e sobrenome do capeta: D.R.!!

Dorme com essa informação, PT_PAGO!!!

JulioK