Para marqueteiro de Aécio, mensalão não terá impacto

O antropólogo e marqueteiro político do PSDB, Renato Pereira, diz não acreditar que o mensalão “tenha muito impacto” na eleição de 2014. Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, ele afirma que há “uma sobrevalorização” a respeito do possível efeito eleitoral do julgamento, que envolve políticos do PT e deve se estender pelo próximo ano.

. Aos 53 anos, ele foi escolhido pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG) para fazer os programas de TV tucanos. Deve comandar no ano que vem o marketing aecista na corrida presidencial, junto com seu sócio, o também marqueteiro Chico Mendez.

. Nascido na Suíça, filho de diplomatas, acumula a experiência de ter cuidado da propaganda das campanhas vitoriosas do governador do Rio, Sérgio Cabral, e do prefeito da capital fluminense, Eduardo Paes, ambos do PMDB. Fez também as duas campanhas do candidato de oposição derrotado na Venezuela, Henrique Capriles.

CLIQUE AQUI para ver o vídeo da entrevista.

4 comentários:

Anônimo disse...

Finalmente, um marqueteiro que pensa com o cérebro - e não com o fígado - do lado do PSDB.

Anônimo disse...

Mais um personagem emblemático do pensamento conservador ataca maneira como STF presidido por Joaquim Barbosa conduziu julgamento da AP 470; "Alteraram-se visões jurisprudenciais remansosas", disse o ex-governador de São Paulo, Claudio Lembo; "Réus foram expostos à execração pública"; ex-Arena, PDS e hoje no PSD, Lembo também é ex-reitor da Universidade Mackenzie e professor emérito de Direito; referencial político e jurídico; ele criticou o comportamento da mídia tradicional diante do processo;"Alguns veículos aproveitaram a oportunidade para expor as suas idiossincrasias com agressividade"; no mesmo campo ideológico, tributarista Ives Gandra Martins já havia acusado processo sem provas

Anônimo disse...

Aliás, para os marqueteiros de Serra também não foi importante. Deu no que deu.

Anônimo disse...

Entenderam como vai ser a campanha do Aécio Neves?

Aécio vai fracassar, como fracassaram José Serra e Geraldo Alckmin!

Observem um fato: os tucanos não estão nem aí com o MENSALÃO do PT - o maior de todos os escândalos de corrupção da história brasileira - desde o estouro do mesmo, em 2005!

Os petistas/petralhas deveriam ser gratos aos subservientes tucanos! Com candidatos assim, a Dilma só não se reelege se não quiser!

Almirante Kirk