Governo de Minas fará novos exames para saber se JK foi assassinado em 1976

Lacerda, de óculos, ajudou a derrubar Jango, mas acabou expurgado pelos militares. Na foto, ele cumprimenta Jango no seu exílio em Montevidéu, com quem acertou a Frente Ampla, depois proscrita pelos militares. JK não pode viajar ao Uruguai.



Em 1976, morreram JK, Jango e Lacerda, três opositores do regime militar, adversários entre si, mas que naquele momento articulavam a chamada Frente Ampla para restabelecer o estado democrático de direito. Eles morreram de maneira surpreendente, um após o outro. Até hoje suspeita-se que foram assassinados.

Os repórteres Patrícia Britto e Paulo Peixoto, do UOL, informaram esta tarde que o governo de Minas Gerais concordou em realizar novos exames para tentar esclarecer a morte do presidente Juscelino Kubitschek, em um acidente de carro em agosto de 1976. Leia mais:

O ex-presidente e seu motorista, Geraldo Ribeiro, morreram após o veículo em que viajavam, na rodovia Presidente Dutra, se chocar com um caminhão, próximo ao município de Resende (RJ), quando faziam o trajeto São Paulo-Rio. Há suspeitas de que o acidente tenha sido provocado.

A pedido do presidente da Comissão da Verdade da Câmara Municipal de São Paulo, vereador Gilberto Natalini (PV), o governo de Minas determinou que uma nova perícia seja feita no fragmento metálico encontrado junto aos restos mortais de Ribeiro quando as ossadas do motorista de JK foram exumadas, em 1996.

Exames feitos na época apontaram que o material consistia em fragmento de um prego do caixão de Ribeiro, mas Natalini afirma que foram levantadas suspeitas de que o metal seja parte de uma bala de arma de fogo.

CLIQUE AQUI para saber o que foi a Frente Ampla.
CLIQUE AQUI para ler crítica ao livro Beijo da Morte, Carlos Heitor Cony e Ana Lee, no qual os autores tentam provar os assassínios.

9 comentários:

Anônimo disse...

Acho que o Brasil precisa de Gestores que se preocupam com o presente e o futuro.Eles só pensam naquilo,ou seja,no passado.Ou é no Governo Militar, no Jango e agora no Juscelino?Enquanto isso o Brasil descendo a ladeira.

Anônimo disse...

Idiotia coletiva!

Anônimo disse...

O AUTOR DO BLOG PARECE UM TANTO AFEITO A ESQUERDA...

Anônimo disse...

De tanto criarem suposições, de repente alguma seja verossimil e aceita para fins de proselitismo.

Anônimo disse...

Políbio: o que pensas sobre a morte de Ulisses Guimarães, que comandou a assembléia constituinte que originou a atual Constituição Federal, reimplantando o regime democrático no Brasil? Foi estranha e até hoje sem explicação satisfatória! Eu não entendo por que o caso dele nunca é lembrado quando comentadas as outras mortes estranhas de políticos.

Anônimo disse...


RESTABELECER UM ESTADO DE DIREITO E DEMOCRÁTICO....

O JKALOUCO, SERÁ Q ESQUECERAM Q ELE HAVIA PROIBIDO CINEMAS NOS DIAS DE SEMANA E SÓ FINS DE SEMANA E CORRIDAS DE CAVALOS NOS PRADOS TB ERAM PROIBIDOS DURANTE A SEMANA.
ESTOU DE ACORDO COM O MANIFESTANTE DAS 20,27 HS.

Anônimo disse...


ao manifestante das 21,00 hs.

e o acidente de avião em q morreu um presidente militar.

carla disse...

palhaçada devem se preocupar com a merda que esta virando este pais.. brasiuuuuuuuuuuuuuuuuuu.....

Anônimo disse...

Há uma onda de revisionismo no ar!