Artigo, Madruga Duarte - Que o Negrinho do Pastoreio, nosso santo gaúcho, proteja Santa Maria

Estamos de luto, Gaúchos!

A inconcebível  tragédia de Santa Maria faz-me lembrar de quanto gosto dessa cidade. E de quanto ela é importante para nós, do Rio Grande.  Foi sede do Primeiro Congresso Tradicionalista Gaucho. Teve companheiros dedicados à causa.Tem  uma bela universidade. É centro de estudos, especialmente sobre cursos de amplo interesse nosso, ligados a pecuária.Quando, nos idos de 50, andamos pelo Estado com a peça do Barbosa Lessa (Não te assusta, Zacaria), a acolhida na cidade foi das mais carinhosas e emocionantes que tivemos. As pregações  do Lessa e do Paixão, sobre Tradicionalismo, encontraram sempre apoio dos locais.

Pois agora – acreditem!  A cidade foi vitima do destino. E que destino!
Que o Negrinho do Pastoreio, nosso santo gaúcho, a proteja.

Esta noite sonhei  com o Rio Grande. Lembrei-me do nosso lema no 35 CTG:  Em qualquer, chão – sempre gaúcho. E pude, nele, meditar – por que fazem essas arapucas dançantes sem a mínima segurança? Por que os responsáveis as permitem? Eles deixariam, com tranquilidade, os seus filhos jovens, as usarem?  E eles as usariam? O que – de fato – será feito para impedir casos similares em futuro?

Eu morava em Buenos Aires na  época fatídica em que ocorreu algo do gênero com a boite Cromañon   E senti, naquele momento, toda a força da tragédia. O titubiante governo argentino veio com ideias mirabolantes para corrigir o problema. De fato, fez algo? Nécas de tibiribas!

E as Cromañons  se disseminaram, certamente com uma bula  do inferno.E as autoridades aí estão, com suas promessas sem cumprimento, sem moral, sem vergonha alguma.  (Ressalte-se a bela e profunda decisão da Presidente Dilma – que interrompeu sua presença numa conferência internacional e voou do Chile para Santa Maria/RS. E chorou lágrimas de verdade).

Prece ao Negrinho:
Negrinho do Pastoreio
Tu que é santo no meu pago
Vê se pialas as loucuras
E deixa os gaúchos em paz
Usando a sua vida, já dura
Na busca do bem estar

Na foto ao lado, manifestação de 10 mil pessoas em Santa Maria, ontem, chorando pelos mortos, pelos feridos e pelas famílias enlutadas. 

6 comentários:

Anônimo disse...

Nada de prece ao Negrinho do Pastoreio !!! Nada disso ...

O que vitimou esses jovens foi o "jeitinho" de ser do brasileiro e do gaúcho, com suas leniências e irresponsabilidades.

Faltou ESTADO, faltou fiscalização. Sobrou vigarices e amadorismo, na liberação da "câmara de gás".

Fizeram vistas grossas, isso sim !

Anônimo disse...

Deculpem, Amigos gaúchos, mas se o negrinho do pastoreio chegou ao ponto de ser "O santo gaúcho" é porque o Rio Grande está mal.

Anônimo disse...

O major dos bombeiros disse tudo que havia a ser dito. O problema é da legislacao frouxa. Vide sua declaracao CLARISSIMA abaixo. E enquanto isto o presidente da camara dos deputados - que faz leis- diz que a legislacao de Santa Maria é durissima, e vai usar ela como exemplo para o plano nacional de incendio. Ao inves de resolver os legisladores vao amplificar o problema. Demorou, mas me convenci que o problema sim é a falta de qualidade das leis produzidas no Brasil.

As palavras do comandante no correio do povo de hoje:

Com as cenas de terror da madrugada do último domingo na memória, o major considera necessária uma mudança urgente na legislação. “Quanto vistoriamos esta boate, fizemos uma análise e notificamos quanto à questão de existir apenas uma porta”, contou. “No entanto, essa notificação foi derrubada pela Justiça, pois a lei não exigia duas portas para um estabelecimento daquele porte. Ou seja: estava tudo legal perante a legislação brasileira”.

Anônimo disse...

Negrinho do pastoreio um cacete, tem que pedir a Deus unico e verdadeiro prá se fazer presente no coração dos pais que perderam os filhos por irresponsabilidade das autoridades.
Não é o momento mas na hora certa vou falar do que acontece nos fins de semana.
Eduardo Menezes

Anônimo disse...

O "comandante" tenta agora apagar o FOGO nos seus "cumpanheiros"!

Graças a CF/1988 as corporações podem, não deveriam, ser omissas em suas obrigações. Mas há execessões, os FISCAIS DOS TRIBUTOS E TAXAS NÃO são OMISSOS! Porque será, ei?

Anônimo disse...

negrinho do pastoreio ????? Que infelicidade... tradicionalista não nega que vive fora da realidade.