João Luiz lança cheio de ira o livro “Conspiração Rodin”

Já roda o livro “Conspiração Rodin”, 308 páginas, obra do ex-deputado e ex-presidente do TCE do RS, João Luiz Vargas.

. João Luiz escreveu o livro cheio de ira.

. A obra será lançada nos primeiros dias de março.

7 comentários:

Anônimo disse...

Conspiração? heheeheheheh
piada do começo do ano baita larapio...

CARLOS SGARBI disse...

Quem te que ficar irado e o OTARIO CIDADAO que sustenta um paria como este, alem dos outros coleguinhas dele, que alem de nao servirem para nada, aposentam-se ganhando milhares e milhares de reais. O dia em que o OTARIO CIDADAO, que banca a farra, rebelar-se, este tipo de aproveitador do dinheiro da sociedade, como qualquer ser, tera que TRABALHAR. Ele, os que fizeram parte do tempo dele, assim como aqueles que estao no TCE em tempos atuais.

Anônimo disse...

foi mais um que passou boa parte do tempo puchando o saco do PT.Depois que levou uma boa rasteira virou inimigo.

Anônimo disse...

Acho uma BOA o PT gosta de criar cenas e por a culpa nos outros. Na tragédia de Santa Maria já botaram a culpa no prefeito Chirmer quando o culpado é o TARSO e sua POLÍCIA. Eles tão prendendo gente mas quem tem que ir preso é o PT. São os donos da verdade e os reis do roubo esse PT que joga as pessoas pro fundo do poço e depois tenta destruir a reputação dos adversários.

Anônimo disse...

A começar pelo teu "cumpanheiro" que tirou um dedo para não "trabaia", SR. Carlos SGarbi!

Depois ficou afilhado do Golvery para te enrolar com toda a esquerda e a direita (se é que existe isto no Brasil);

De tanto encomodar as montadoras extrangeiras na época, anos 70, ficou preso por um mês. Resultado, recebeu agora também mais a tal indenização de bagunceiro, "anistiado politico".

Depois enrolou 30% da população, o suficiente para ser presidente e assim receber também mais uma renda vitalicia e hereditária.

Ambos, Lula e João Vargas, Sr. Sgarbi! Integram a corte brasileira
juntamente com os concursados, sustentados pela plebe trabalhadora e mantidos pelo voto dos ignorantes e mercenários.

Sr. Sgarbi! Não misture, o que é joio com joio, trigo com trigo.

Andre Luis disse...

Interessante, com relação aos fatos revelados contra os procedimentos de Tarso e do Ministério Público, não houve nenhuma reação dos mesmos.
Por que os promotores da operação-golpe-contra-yeda-Rodin, não reagiram ao livro denúncia Cabo de Guerra?
Por que se calaram os promotores? Por que abandonaram o processo da operação Rodin? Por que a procrastinação de pedir continuamente dados do Banco Central através da juíza do Caso, Simone Barbisan? Afinal, por que os promoteres querem mais dados do Banco Central, se eles já fizeram as "denúncias", golpe, 5 anos atrás. Quer dizer que 5 anos depois de ter denunciado, os promotores ainda querem que a Juiza procure por provas contra os perseguidos políticos da operação Rodin? É isto?

Anônimo disse...

André Luiz, ninguém processa o editor pq ele nao tem bens!!! O "cara" paga custas, advogado, etc... Para o final nao ter o que penhorar do editor...