Ainda o "x" do problema no caso do 8 de Janeiro, por Fernão Lara Mesquita

 

4 comentários:

Anônimo disse...

Pândego e bem acompanhado .....

Anônimo disse...

Um rei tinha todo o tempo do mundo, os problemas que ele resolvesse seriam méritos seus, os que ele criasse, problemas que ele mesmo teria que resolver.
Já num Presidencialismo o tempo é escasso para errar ou para a certar, pior ainda quando o eleito for um ladrão contumaz, aí o tempo será curto e todo ele absorvido com denodo na sua "especialidade".

Ariel disse...

Uma bela e sábia aula....

Anônimo disse...


O x do problema é que os abobados patriotários cairam que nem patinhos na armadilha do serviço secreto e contribuiram eficaz e imbecilmente para o desmonte de um movimento totalmente sem sentido.
Na minha cidade, até recentemente, havia um grupo de uns 10 que ia todas as tardes, lá pelas 18 horas, rezar Ave Maria na esquina do Tiro de Guerra.
E terminavam a oração (que era repetida várias vezes) com... "Santa Maria, mãe de Deus, rogai pelo Brasil e por nós, na hora da nossa morte. Amém"
- Como se dizia antigamente: é o fim da picada!
- Eu já acho que esse pessoal usava xampu de maconha no cabelo.