Governo gaúcho decide que estudante com frequência inferior a 75% das aulas pode passar de ano

O governo estadual gaúcho decidiu alterar as formas de avaliação dos estudantes da rede estadual de ensino. 

Uma das mudanças é a permissão para que alunos que não tiveram frequência mínima em 75% das aulas possam fazer uma prova final e, caso alcancem a média 5, sejam aprovados. Até então, quem não tivesse esse percentual de presença era automaticamente reprovado.

13 comentários:

Murilo disse...

O ensino brasileiro é uma bosta !

Anônimo disse...

Pode colar ou ter o beneplácito para ter nota 5 ?

Anônimo disse...

Empurrados

Lili disse...

Esses governos sempre arranjando um jeito de desvalorizar a educação, os professores são obrigados a passar os alunos, sejam infrequentes, sem conhecimentos mínimos das matérias, sem competências básicas do ano frequentado ... Por isso, o Brasil é um dos piores em avaliações externas, Querem mesmo é formar uma legião de analfabetos funcionais!!

Anônimo disse...

Pra esquerda, quanto mais burros, melhor. E antes que algum jumento esquerdiota venha zurrar que: “ainnnh, psdb não é esquerda”, recomendo aprender alguma coisa sobre o Teatro das Tesouras.

Anônimo disse...

É, faz sentido, pq alunos com educação decente costumam pensar por si e não aceitar qualquer coisa e isso não interessa aos governos.

Anônimo disse...

O ideal seria deixar a turma fumando aí pelas esquinas e depois entregar o diploma no fim do ano. Seria bem mais fácil. E mais sincero. Não sei porque tanta enrolação ...

Anônimo disse...

Medida que só prejudica os estudantes. Cadê vez pior o ensino e casa vez mais gente despreparada. É um absurdo.

Anônimo disse...

Boa. Qto mais JUMENTOS melhor. Crianças com 10/11 anos não sabem a tabuada de 5; ler só alguns. Portanto, o RS ajuda na fabricação de analfabetos funcionais. Vai faltar curral pra tanto burro.

Paulo Dora disse...

Estímulo a vadiagem, quando deveria ser o oposto.

Anônimo disse...

Governo gaucjo= Secretaria de Goiás apoiada por Lemann.

Anônimo disse...

E desta forma vai aumentando o analfabetismo funcional.

Anônimo disse...

Certíssimo. Melhor estudar em casa e ir bem na prova. Dia de chuva ou muito frio nem vale a pena ir e ter aula com o substituto ou ficar no pátio.