Polícia Federal quer investigar ministro Dias Toffoli. Autorização foi pedida ao STF.

A Polícia Federal pediu ao Supremo para investigar supostos repasses ilegais a Dias Toffoli, tendo como base a delação premiada de Sérgio Cabral, de acordo com a Folha. O caso tramita em sigilo na Corte.

Segundo o jornal, o ex-governador disse que o ministro recebeu R$ 4 milhões para favorecer dois prefeitos fluminenses no Tribunal Superior Eleitoral. Ele integrou o TSE de 2012 a 2016 e presidiu a Corte de maio de 2014 a maio de 2016. Os pagamentos, segundo Cabral, teriam sido feitos em 2014 e 2015 e envolvido a mulher de Toffoli, a advogada Roberta Rangel.

O material foi enviado a Edson Fachin, que o encaminhou à Procuradoria-Geral da República, a quem cabe pedir formalmente a abertura de inquérito.

Esta é a primeira vez na história que a Polícia Federal pede ao Supremo Tribunal Federal uma apuração que envolve um ministro da própria corte. Através de sua assessoria, Toffoli afirmou não ter conhecimento dos fatos mencionados e que jamais recebeu os supostos valores ilegais, assim como também jamais atuou para favorecer qualquer pessoa no exercício de suas funções.

14 comentários:

pantoniooliveira disse...

Aqueles outros 10 bandidos não vão deixar. O que me assegura que ele é culpado. Pois lá bandido é mocinho.

Anônimo disse...

Todos somos iguais perante a lei, é lenda essa história que ministro do stf não pode ser investigado. Oras, se existe suspeita deve ser investigado, até para se dirimir essa suspeita, senão...????

Anônimo disse...

A CPI ESTÁ NOS MOSTRANDO QUE BOLSONARO TEM NO PALÁCIO SEUS RASPUTINS.

Anônimo disse...

CPI da Lava Toga seria boa em 2021 ou 2022.

Se não fizerem nada, em 2022 o risco de muitos não se reelegerem é alto.

A população pegou o gosto de ser exigente e fiscalizadora.

Anônimo disse...



PROVAVELMENTE VÃO PRENDER O DELEGADO DA POLÍCIA FEDERAL POR

A M E A Ç A Á D E M O C R A C I A !!!!!!!!!!!


VOTO SECRETO AUDITÁVEL JÁ

Anônimo disse...


Anônimo Anônimo disse...

Polibio,sou teu amigo de anos.
Sai dessa DE MÃO DE VACA, ISSO é furada !
Enquanto eu to aqui com 30 por dia e um pacote de sabem o que,
tu fica aí só "monetizando " !!!!!
Me alcança algum ! O numero da minha conta é .....

11 de maio de 2021 15:50

Murilo disse...

Toffoli, o funcionário do Zé Dirceu, ganhava 100 mil por mês da atual mulher, advogada com causas nas cortes de Brasília.
Bem, o resto deixa a PF investigar...

José Corrêa disse...

E agora???

Anônimo disse...

Deixa investigar. Pelo visto é crime antigo. Já prescreveu.

Toffoli vai acabar recebendo um atestado de bons antecedentes.

Anônimo disse...

O Bostil é um hospício mesmo.. tem que pedir permissão para o stf pra investigar membro do stf kkkkkk SÓ NO BOSTIL!!

Anônimo disse...

Sim no Bostil é assim mesmo..

Anônimo disse...


No Brasil a investigação vale pra Governadores, Prefeitos, Senadores, Deputados, Vereadores e até pra autoridade máxima, o Presidente da República, que já resultou em cassação e impeachment de várias altas autoridades. Por que um ministro do supremo se acha acima de todos se nem eleito é?

Anônimo disse...

Se o STF negar acabou. O senado é tão corrupto q nas faz. Daí só o cabo e o soldado; ou desobediência civil nas decisões do STF. Aliás, Renan jamais as cumpriu e tudo certo.

Anônimo disse...

Nada como ter o rabo preso de um e de outro,país da safadeza moral.!!!