Aliança pelo Brasil fará ato nacional de adesão no dia 31

O comando da Aliança pelo Brasil, partido idealizado por Jair Bolsonaro, vai realizar um “dia nacional de apoiamento” em 31 de outubro.

A falta de manifestações públicas do presidente em defesa da sigla, porém, é um empecilho para que o projeto deslanche.

“Ele está ocupado governando o país”, justifica o advogado Luís Felipe Belmonte, vice-presidente da legenda.

2 comentários:

Anônimo disse...



Precisamos sim de uma sigla não Socialista/Comunista em que os ideais do Partido seja a preservação dos valores judaico cristãos e patrióticos.

ZAPELINO B disse...

Este partido do Bozo já nasceu morto, literalmente, porque a maioria dos fichados eram pessoas falecidas e só conseguiram até agora 7% do necessário para criar o partido.
A familícia frauda até as inscrições!!!
Está é a melhor prova da fraude das estatísticas favoráveis ao Bozo. Se ele não consegue, sequer formar partido, conseguindo apenas 7 % das inscrições, como que o % das estatísticas lhe é tão favorável???
SIMPLESMENTE NÃO FECHA!!!
Com certeza, estatísticas pagas pelo Bozo e seus sequazes!