Poucas famílias de Porto Alegre levaram seus filhos para multivacinação e vacinação contra Pólio no Dia D

A foto é de Anselmo Cunha, prefeitura.


O movimento foi intenso nas 68 unidades de saúde de Porto Alegre, onde os profissionais atuaram no atendimento ao público das 8h às 17h. No Centro de Saúde Modelo, as crianças foram recebidas pelo Zé e Maria Gotinha. Apesar do grande movimento durante o Dia D, a cobertura ainda está abaixo do esperado pela secretaria municipal de Saúde.

 O Dia D de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação imunizou 5.205 crianças com as gotinhas neste sábado, em Porto Alegre. A campanha nacional contra a poliomielite começou em 5 de outubro e totaliza 11.072 doses aplicadas.

Com relação à atualização da caderneta, foram aplicadas 13.720 doses das demais vacinas até sexta-feira, 16, conforme dados do E-SUS, considerando as duas primeiras semanas da campanha. 

9 comentários:

Anônimo disse...

Vamos esclarecer, só divulgaram o dia D, que eu vi na mídia um ou dois dias antes, se esqueceram de colocar propaganda paga, os jornais e TVS, só divulgaram na sexta, é simples, hoje eles não fazem mais nada de graça.

Anônimo disse...

Eu tive polio na infância e as consequências da doença são muito difíceis de lidar. Anos de fisioterapia, de cirurgias. Dificuldade para andar. Na minha época não havia vacina. Os pais não podem deixar os filhos expostos a essa doença, que hoje é prevenida com a vacina.

elias disse...

Nunca fizeram. Você pagava 10 vezes mais e não ficava sabendo.

Unknown disse...

Os mesmos pais que não levam os filhos,hoje , estão vivos e sem sequelas (menos a imbecilidade) devido a seus pais que os vacinaram. Tem que ser muito idiota e canalha não vacinar os filhos.

Anônimo disse...

Ninguém confia nestas vacinas, a classe médica está desmoralizada

Anônimo disse...

A turma do fique em casa precisa ser responsalizada por isso. Tem muitas pessoas apavoradas ainda.

Anônimo disse...

Povo idiotizado despreza uma vacina super segura e se c*gam de medo da peste chinesa que tem baixissima letalidade no grupo de 0 a 9 anos. A póliomielite pode trazer consequências pro resto da vida. Mas gado é gado, não tem jeito!!

Anônimo disse...

Levei meus filhos no Posto de Saúde IAPI (Porto Alegre) na manhã deste Sábado.
Estava vazio!

Como bem observou o "anônimo 18/10 - 08:50hs", pode ser que a briga com as empresas de mídia tenha respingado na campanha de divulgação.
Particularmente, soube da campanha de Outubro através dos canais digitais que acompanho. Entre eles, este blog!

Anônimo disse...

Não entendi na machete fala em pouco movimento em relação a vacinação,junto no início do texto diz o movimento foi intenso e qual é o certo?