Juros básicos despencam para 6% ao ano, a mais baixa taxa desde 1999


O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu nesta quarta-feira reduzir de 6,5% ao ano para 6% ao ano a taxa básica de juros da economia, a taxa Selic.

Com a decisão, a taxa caiu para o menor patamar desde o início do regime de metas de inflação, em 1999.

10 comentários:

Anônimo disse...

E os bancos cobram 300% no cheque especial? E governo nenhum faz porranenhuma a respeito?

Anônimo disse...

Tremenda hipocrisia...
Os bancos cobram 300% no cheque especial... E governo nenhum faz porranenhuma a respeito?

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkk
Pura piada.
Os bancos por aí estão cobrando MAIS DE 300% no cheque especial? Cadê a lei da usura?

José Corrêa disse...

Mas a impren$a não vai dar o devido destaque!!!

Por isso a cachorrada ladra enquanto a comitiva de Bolsonaro avança!!!

Anônimo disse...

Pura Balela...

Anônimo disse...

Mas os Cartões de Crédito continuam num patamar de 400%. Vergonhoso!

Anônimo disse...

Se você pudesse escolher entre a mulher da sua vida e um cartão de crédito sem limites e sem fatura, o que você escolheria, Visa ou Master?

Anônimo disse...

Quando Bolsonaro vai ter culhão para mexer nos juros dos bancos?
E o imposto sobre grandes reiquezas?
E o reajuste na tabela do IRPF?

Eu votei nele e estou esperando as mudanças prometidas.

Anônimo disse...

O IPVA só na compra do carro ( e não anual- já pagamos pedágio- isso é bitributação) e correção da tabela IRPF ja seria ótimo para economia do Brasil.

Anônimo disse...

Grandes naba!Enquanto os seis bancos estiverem mamando nesse País ou mandando. Duvido que os juros bancários para o povo baixem. Porque esses governantes não Tem vulcão para mecher com eles.