"Votar pela manutenção do Coaf com Moro é uma questão de honra para o PSL", diz Bibo Nunes

A bancada do PSL decidiu que votará contra a transferência do Coaf para o ministério da Economia.

"Decidimos isto na sexta-feira, porque não iremos ceder a chantagens políticas", disse ao editor o deputado federal Bibo Nunes.

O deputado acha que apenas o Novo acompanhará os votos do PSL.

Ele acha que Bolsonaro está entre a cruz e a espada:

- Essa gente avisou o presidente que em caso de voto contra no caso do Coaf, a maioria não dará voto à MP da Reforma Administrativa.

Bibo Nunes acha que o PSL e o governo precisam manter fidelidade às promessas feitas aos eleitores:

- É uma questão de honra.

12 comentários:

Anônimo disse...

bibinho malandro ...quietinho...pssss

Ariel disse...

Acho que caminhamos em dirção ao confronto, então, vamos lá e o povo que decida como já fez no Impeachement da anta!

Luciano disse...

Off Topic Polibio, você conhece Jerônimo Goergen do PP, ele está contra a flexibilzação de porte em área rural. O decreto permite o proprietário andar armado dentro da área de sua propriedade, e para o porte em si, fora dela, pode-se até presumir a efetiva necessidade para proprietários de área rural, mas estes não estão eximidos de passar por todos os outros passos do processo de obtenção de porte, um processo caro, que inclui revisão de antecendentes, não estar sendo processado criminalmente, ter residência fixa e além das taxas, passar por teste de aptidão psicológica e técnica para PORTE que é mais rígido do que o definido para a posse. O mst já tem acesso ao que quiser e não precisa dessas regras e não vai respeitá-las.

Adilio Faustini disse...

Segundo Juizes a medida adotada pelo Congresso em mudar o Coaf é inconstitucional.Fonte:O Antagonista.

Anônimo disse...

Deputado bolsonarista do RS paga jantar com dinheiro público em feriadão e ameaça jornalista:

13 maio, 2019 - DCM

Do portal VIOMUNDO:

O deputado federal Bibo Nunes, do Rio Grande do Sul, é do mesmo partido que o presidente Jair Bolsonaro, o PSL.

Há alguns dias ele discutiu e ameaçou, ao vivo, o radialista/jornalista Elias Silveira, da Rádio Osório.

Motivo: Elias questionou o parlamentar ter pago com recursos públicos um jantar numa pizzaria de Xangri-lá, município no litoral Norte do RS, em pleno feriadão do Carnaval.

Anônimo disse...

Exato! Estão discutindo o sexo dos anjos na câmara! Extrapolando as funções do legislativo!

Anônimo disse...

Vai pro inferno tu e esse PSL.

#Karambit disse...

Esse biba que vá atrás de tratamento psiquiátrico. Todo nervosinho, gosta de dar showzinho bancando o machinho e processar todos que não vão com a banca dele...nunca teve perfil de político por causa deste comportamento exibicionista e nojento. Como apresentador era civilizado.

Anônimo disse...

Justiça autoriza quebra de sigilo bancário de Queiroz e Flávio Bolsonaro:

03 maio 2019 - Revista Forum

O juiz Flávio Nicolau, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, atendeu a um pedido do Ministério Público do Estado e autorizou a quebra de sigilo bancário do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e de seu ex-assessor e homem de confiança, Fabrício Queiroz. O pedido foi autorizado em abril e a informação só se tornou pública nesta segunda-feira (13).

De acordo com o magistrado, a quebra de sigilo bancário de Flávio e Queiroz é “importante para a instrução do procedimento investigatório criminal”.

Além dos dois, a quebra de sigilo bancário se estende a outros 88 ex-funcionários do gabinete de Flávio, seus familiares e empresas relacionadas. Entre eles estão Danielle Nóbrega e Raimunda Magalhães, irmã e mãe do ex-PM Adriano Magalhães da Nóbrega, tido pelo Ministério Público do Rio como o homem-forte do Escritório do Crime, organização de milicianos suspeita de envolvimento no assassinato de Marielle Franco. O ex-policial, hoje foragido, já chegou a ser homenageado por Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Queiroz é investigado desde janeiro deste ano, quando o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) apontou movimentações atípicas na conta bancária do ex-assessor. Seu paradeiro ainda é desconhecido. (...)

Anônimo disse...

O Moro ia ficar sabendo que o bibo pagou pizza no carnaval e pediu reembolso pra Câmara?

Anônimo disse...

Coisas do Brasil
1. Bolsonar foi eleito com o voto anti-PT
2. Guedes e Moro garantem a credibilidade do governo.
3. Os kids-bolso e o astrólogo acham que o Bolsonaro é um mito, logo a arrogância enjoativa na imprensa destas pessoas. Esta atitude criou a oposição dentro do própio governo que o irá inviabilizar.
4. O eleitor não é burro; é o dono de seu voto
Esperem

Anônimo disse...

Polibio, esse final de semana último no almoço de dia das mães (sim na minha familia ainda comemoramos !) um casal de amigos do meu cunhado relataram que são teus leitores assiduos, e conversa vai conversa vem nos confidenciaram que uma sobrinha deles que está quase se formando na PUC, é praticamnete uma ignorante com pouquissimo conhecimento da vida real e de conhecimentos gerais, nos só nos entreolhamos e ninguem falou mais nada ,ali numa roda onde quase todos são bolsonaristas, nós temos uma opiniao bem formada sobre estas coisas, mas vamos em frente né , o brasileiro não desiete nunca e o todo mal que o comuno-petismo causou na educaçao do brasil nos vamos recuperar , com toda certeza