No rastro de Veja, Istoé entra em crise financeira e fecha escritório de Brasília

Na esteira da crise financeira que conduziu Veja ao desastre, a Istoé anunciou que decidiu reduzir seus custos e fechou seu escritório em Brasília.

8 comentários:

Anônimo disse...

ate o fim do governo não vai sobrar nada dessa mídia suuuuper isenta...

os caras deram um salto no escuro rumo ao suicídio ao se recusarem a manter a militância fora das pautas dos jornais e revistas...

o leitor ja percebeu...

pouca gente acredita nas matérias do jornalismo brasileiro de hoje...

Anônimo disse...

O que é de papel vai acabar. Não adianta. A gente recebe no celular em tempo real todas as notícias. Sinal dos tempos.O grande problema é onde acomodar os desempregados. Serão milhões em todo o mundo.E não existe um controle da natalidade.É tudo no oba oba.O planeta não suporta mais.Vai nas vilas e gente que não tem comida,mas tem 10 filhos.Infelizmente tudo isso vai explodir.

Anônimo disse...

Mais que financeira, a crise é de credibilidade. Não é possivel mais acreditar na grande imprensa.
Cada noticia que vejo vou diretamente conferir na internet.

Anônimo disse...

ÓTIMO.

Anônimo disse...

As revistas ainda posso fazer a escolha do que ler.... MAS... a rede esgoto até quando ??? Comento a tal redinha aqui, pois sou OBRIGADO a conviver com o esgoto todos os dias no horário do almoço, café .... sempre tem um televisor ligado na imundiça petista !!!!

Anônimo disse...



A REPÚBLICA ANTROPOFÁGICA
A REPÚBLICA ANTROPOFÁGICA
A REPÚBLICA ANTROPOFÁGICA
A REPÚBLICA ANTROPOFÁGICA

Depois da saída do PT e das esquerdas do poder, os lobos e as raposas da direita tratam de se devorar uns aos outros!


Anônimo disse...

É o efeito da internet. Infelizmente muitos negócios irão falir, mas outros irão surgir. Entao tem que se reinventar.

Anônimo disse...

Vai explodir? Já está "explodindo"... vide o que aconteceu recentemente na Nova Zelândia e no Siri Lanka provocado por mentecaptos terroristas. E ainda tem a malária, o ebola, a AIDS no continente africano e até um novo surto de sarampo! (já erradicado) nos EUA. Por aqui, temos nossas mazelas cotidianas como a miséria, a corrupção, o atraso econômico e social, o tráfico de drogas, a milícia, a violência absurda e os surtos de dengue, Zika, chicungunha, sarampo, gripe etc. 🌋